Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Pub
Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
» Redescobrindo o Brasil
por Saulo wds Hoje à(s) 14:05

» [Notícia] Mig44 foi 2.º no GP de Aragão
por Serzedo Hoje à(s) 09:40

» BOA NOVA
por Serzedo Qui Set 21 2017, 14:20

» BMW CKLT Jantar das Terças Feiras By João Luis
por Joao Luis Ter Set 19 2017, 22:42

» Uma Viagem ao Centro do Mundo...
por Joao Luis Ter Set 19 2017, 21:59

» [Notícia] Ana Carrasco é primeira mulher a vencer num Mundial
por carlos lopes Seg Set 18 2017, 21:54

» Rota dos Balcãs - 2017
por Vítor Soares Seg Set 18 2017, 13:51

» picos da europa 2017
por Carlospira Qua Set 13 2017, 21:46

» [Notícia] Federação de Motociclismo oferece árvores
por Serzedo Qua Set 13 2017, 09:40

» Casamento Nádia & Fábio
por Serzedo Ter Set 12 2017, 20:34

» No Cabo de Gata
por Saulo wds Seg Set 11 2017, 12:45

» como transportar moto do brasil para portugal
por luisfilipe Sex Set 08 2017, 22:00

» AJUDA PARA CASTANHEIRA DE PERA
por Joao Luis Sex Set 08 2017, 01:37

» Mais do mesmo... mas diferente: Tomates aos Picos!
por Joao Luis Qua Set 06 2017, 18:16

» TRAVELER´S EVENT
por mistralV104 Sex Set 01 2017, 21:26

» De Lisboa aos Picos da Europa (4 dias)
por diariodoviajante Seg Ago 28 2017, 11:53

» 4 dias por Toledo, Segóvia e Ávila
por diariodoviajante Seg Ago 28 2017, 11:50

» [Ensaio] Suzuki V-Strom 650 - 2017
por Cesar Filipe Sex Ago 25 2017, 17:03

» O Caminho de Mota para a India
por Saulo wds Qui Ago 24 2017, 12:52

» [Crónica] - N2 de Faro a Chaves em 2 dias e meio!
por nunomsp Qua Ago 23 2017, 22:30

» De Lisboa a Sagres pela Costa Vicentina
por nunomsp Qua Ago 23 2017, 22:22

» 3 dias pelo Alto Alentejo e Beira Baixa
por nunomsp Qua Ago 23 2017, 22:21

» planear viagens com o TyretoTravel
por nunomsp Qua Ago 23 2017, 22:17

» Diário do Viajante
por diariodoviajante Ter Ago 22 2017, 14:20

» Passeio a Santiago de Compostela
por Cesar Filipe Qua Ago 16 2017, 22:01

» As melhores estradas para conduzir... em Portugal!
por Saulo wds Ter Ago 15 2017, 11:29

» [Notícia] Rossi 'enxotou' ministra checa
por Serzedo Sex Ago 11 2017, 12:30

» gp. aparecida, valpaços, xassos...
por Serzedo Sex Ago 11 2017, 12:10

» SIERRA NEVADA - Las Alpujaras
por Carlospira Qui Ago 10 2017, 22:31

» Competição
por Rico Sousa Ter Ago 08 2017, 15:32

» Escócia 2017
por Swift Ter Ago 08 2017, 11:46

» [Notícia] Mig44 3.º no GP da Repúlica Checa
por Serzedo Dom Ago 06 2017, 16:36

» Viagem a Évora na nova (usada) mota
por Serzedo Qua Ago 02 2017, 14:15

» 22º Encontro Mundial dos Amigos 2CV
por Espsanto Seg Jul 31 2017, 10:31

» Rodagem dos 1000kms
por Carlospira Qua Jul 26 2017, 13:51

» [Notícia] Max Biaggi despede-se do motociclismo
por carlos lopes Ter Jul 25 2017, 21:07

» [Encontro] Porto recebe passeio de motos clássicas
por Espsanto Qui Jul 20 2017, 22:40

» GRANADA ( Al Andaluz II parte)
por nunomsp Ter Jul 18 2017, 10:50

» [Teste] Suzuki V-Strom 1000 - Fiel Companheira
por nunomsp Ter Jul 18 2017, 10:19

» Benelli trk 502 ABS
por klebsiela Qui Jul 13 2017, 07:29

» Bósnia 20 anos depois
por Carlospira Ter Jul 11 2017, 05:55

» [Notícia] Miguel Oliveira surpreendido com 3.° lugar
por Serzedo Seg Jul 10 2017, 23:51

» [Legislação] Estacionamento para pessoas com deficiência
por Serzedo Sex Jul 07 2017, 09:37

» VIAGEM PELO AL ANDALUZ
por Elisio FJR Ter Jul 04 2017, 11:55

» 2016 - Les Pyrénées e Côte d'Azur
por hugo machado Ter Jul 04 2017, 09:22

Tempo
Al!ve FM

Quarta-feira das 21h às 24h Burn - A hora dos motards

Mapas
Flux RSS


MSN 
AOL 


Doação por Paypal

Passeando até à Escócia!

Página 16 de 19 Anterior  1 ... 9 ... 15, 16, 17, 18, 19  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por rjvieira em Dom Out 30 2011, 22:21

Não me canso de ler... espectacular Very Happy

Um abraço.

________________________

Spritmonitor.de As minhas Viagens de Mota / As Minhas Fotografias
avatar
rjvieira
Já conduz... mal!
Já conduz... mal!


http://ricardovieirafotos.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Trophyvitor em Dom Out 30 2011, 22:28

Eu já esgotei os meus elogios.... Vénia Vénia Vénia

Já o disseram, mas eu vou perguntar te...esta é de longe a mais deslumbrante crónica que tu já publicaste, foi tb a tua viagem mais deslumbrante?? Partindo do principio que todas foram diferentes...

Beber

________________________
Já ronca!!!!
avatar
Trophyvitor
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Gracinda Ramos em Dom Out 30 2011, 23:02

Trophyvitor escreveu:Eu já esgotei os meus elogios.... Vénia Vénia Vénia

Já o disseram, mas eu vou perguntar te...esta é de longe a mais deslumbrante crónica que tu já publicaste, foi tb a tua viagem mais deslumbrante?? Partindo do principio que todas foram diferentes...

Beber

Obrigada!

Esta foi a viagem mais estranha que fiz…
Cada dia foi uma surpresa, desde o primeiro até ao último!

Foi a primeira vez que tive uma avaria em muitos milhares de quilómetros.
Esta avaria foi a meio da viagem e baralhou a minha memória e as minhas emoções e fez com que se criasse um “antes” e um “depois”! Esse “depois” foi como um aproveitar o tempo e escolher muito bem o que ver, pois o tempo era pouco.

A sensação de voltar à estrada fez com que o que tinha visto até ali se esbatesse um bocado e o que vi depois parecesse pouco! Por isso eu cheguei a casa, no fim da viagem, vazia, e achando que vira pouco, que perdera muito, que o tempo tinha sido muito cinzento, que de certa forma perdera uma oportunidade de ver tanta coisa que ficara para trás…

À medida que fui fazendo a crónica, cada momento, cada apontamento, foi fazendo regressar tudo e foi sendo uma surpresa para mim o quanto eu fiz e vi nestes 27 dias, mesmo tendo parado 5!
Daí a extensão da crónica, o pormenor e o deslumbramento que vou manifestando!

Já elegi a Grã-Bretanha como o país mais bonito que visitei até hoje, juntamente com a Suíça, só perde em relação a esta, pela falta de sol e pela fraca comida…

Beijucas


Última edição por Gracinda Ramos em Dom Out 30 2011, 23:11, editado 1 vez(es)

________________________
Beijucas!   Olá


Viajar é mais assustador para quem fica do que para quem vai!



http://gracindaramos.wordpress.com/
avatar
Gracinda Ramos
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


http://gracindaramos.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Gracinda Ramos em Dom Out 30 2011, 23:11

rjvieira escreveu:Não me canso de ler... espectacular Very Happy

Um abraço.

Obrigada!
Já só faltam 6 dias para chegar ao fim! Olá

________________________
Beijucas!   Olá


Viajar é mais assustador para quem fica do que para quem vai!



http://gracindaramos.wordpress.com/
avatar
Gracinda Ramos
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


http://gracindaramos.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Elisio FJR em Seg Out 31 2011, 10:49

Indecentemente fabuloso este filme em forma de saga!!!

Mais M

________________________
MY LIFE IS A HELL!!!
avatar
Elisio FJR
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Serzedo em Seg Out 31 2011, 11:51

Simplesmente brutal, estou aqui à espera de mais. Palmas

"V"

________________________
Google+ | | Mototurismo a dois | | Spritmonitor.de
Andar de mota é uma arte e cair... faz parte!! Fábio Pereira é o meu nome, Serzedo a minha terra.
avatar
Serzedo
Manda chicotadas.
Manda chicotadas.


http://www.mototurismoadois.pt.vu

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Gracinda Ramos em Seg Out 31 2011, 13:53

Elisio FJR escreveu:Indecentemente fabuloso este filme em forma de saga!!!

Mais M

Obrigada!
É mesmo uma saga! Laughing


Serzedo escreveu:Simplesmente brutal, estou aqui à espera de mais. Palmas

"V"

Obrigada!
Está a acabar! Mas ainda há muita coisa gira para ver e contar! Fixe

________________________
Beijucas!   Olá


Viajar é mais assustador para quem fica do que para quem vai!



http://gracindaramos.wordpress.com/
avatar
Gracinda Ramos
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


http://gracindaramos.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Gracinda Ramos em Qui Nov 03 2011, 00:18

27 de Agosto de 2011

A reformulação da viagem, após a avaria, obrigara-me a deixar um percurso muito longo, no regresso a Londres, para tentar aproveitar ao máximo o tempo que pudesse na Escócia, por isso este dia foi passado quase totalmente a conduzir e fiz 1.050 km até ao meu destino.



Não resisti em partir sem dar uma volta pela zona. O tempo estava chuvoso mas mesmo assim fui dar a volta ao lago mais famoso, em tom de despedida. A vontade de ficar mais um pouco tornou a despedida triste, ainda por cima era bastante cedo e não havia ninguém nas ruas… enfim, todos os ingredientes para uma despedida como convém!



Há vários símbolos e representações do monstro do lago junto ao centro da NessieLand



Havia motards alojados no local, deixei a minha motita junto das deles para ficarem amigas.



Estava tudo a dormir ainda…



Tirei as últimas fotos com o lago como fundo





Fiquei ali a olhar longamente a paisagem, não tinha mesmo vontade nenhuma e partir!





Segui o meu caminho por via-rápida. Tinha muitos quilómetros para fazer não havia tempo para nacionais.

Fiz um grande trajecto atrás de um grupo de 5 motos da polícia, que me fascinou pela coordenação e plena confiança entre si, que demonstravam! Conduziam como se fossem um único veículo, moviam-se sem desfazerem a formação, mesmo quando se tratava de ultrapassar um camião, onde apenas os da direita tinham visibilidade para fazer a manobra! Fascinante forma de conduzir!



A distância entre eles era sempre constante, inclinavam todos exactamente ao mesmo tempo para uma ultrapassagem e nunca desfaziam a formação de 2+2+1! E não circulavam propriamente a velocidade legal! Eu ía a 140km/h, por isso eles iam a mais!



Mas eu também não sou pessoa para fazer uma corrida sem parar e havia ali uma cidade a meio do caminho que eu queria muito visitar. Tinha-me distraído na subida com outras coisas, mas não a podia deixar passar na descida!



Tinha de passar em Chester, uma cidade histórica lindíssima, a meio do país, cheia de ruínhas e casas medievais espantosas. Ali fica a loja mais antiga do mundo a funcionar desde o sec XI, não a encontrei…

Pedi a um polícia, junto da câmara da cidade, que me dissesse onde podia pousar a minha motita, pois não tinha tempo a perder a dar voltas e voltas à procura de um lugar!



E fui explorar a cidade, comer qualquer coisa e deliciar-me com tudo o que havia ali para ver!



A cidade tem imensos edifícios de paredes de madeira que remontam aos tempos de Tudor.



Uma terra encantadora onde apetece ficar uns dias!





Cada volta que se dá revela mais um recanto encantador!





A catedral deixou-me a pena de não a poder visitar, não teria tempo de o fazer!



Uma construção que vem desde o sec XI, mistura os estilos Românico e Gótico e é linda….





The Eastgate Clock, é o relógio mais fotografado da Inglaterra, depois o Big Ben! Está no sitio onde ficava a entrada da fortaleza romana que ali existiu.



Claro que fui procurar o caminho que me levasse lá acima!



O relógio diz ele próprio de que ano é, nem tive de perguntar a ninguém!



Lá de cima a vista sobre a rua com o mesmo nome: The Eastgate streat, para um lado



e para o outro



ali ao lado fica uma casa do ano 1395!!



Então continuei a minha viagem em direcção a Londres, sempre por via-rápida, apreciando o mesmo país que eu visitara por nacionais, dias antes, e o interesse era diminuto, perto que eu sabia que existia por ali para ver!

A minha vontade de sair e engrenar por uma ruela qualquer era grande mas fui-me contendo, nunca mais chegaria a Londres se me pusesse a explorar ruelas…

Lá fui tirando umas fotos de quando em quando, ao ver passar construções em feno nas bordas dos terrenos! Vi vários castelos feitos de fardos de feno mas foi um urso que me espantou!



Um urso construído em fardos de feno não é obra de qualquer um! Espantoso!



Lá cheguei a Londres cheia de fome (o meu estado natural, eheheh) e fui directa ao Ace Café, com a ideia no franguinho com batatas que lá comera “milhares” de dias antes!



Estava por lá uma animação! Um evento que reunia carros e motos antigos



O franguinho estava óptimo e a cerveja deliciosa!



Depois lá fui espreitar a festa, para lá de um carro da policia , no palco, onde dois tipos imitavam o Blues Brothers acompanhados por uma série de fulanas de chapéu. Alguém sugeriu que eu fosse lá para o meio já que também tinha chapéu!



Ok dancem vocês que eu já trago uma “milena” de quilómetros no corpo!



Acabei a noite a conversar lá fora com uns motards muito simpáticos que queriam saber de onde eu vinha “eu venho da Escócia!” pois, mas de que país era eu? “há, sou portuguesa” e tinha vindo de Portugal com a moto no ferry? “não, fiz por terra tudo o que pude!” mas isso dava para aí uma porrada de quilómetros! “claro, aí é que está a piada!” e onde estavam os meus amigos? “os meus amigos?! Estão em Portugal porquê?” puxa eu tinha vindo sozinha? Não tinha medo? “o vosso país não é um país seguro?” sim claro “então de que devo ter medo?”…

Um dia querem vir à concentração dos Piguinos, não se sentiam atraídos por Faro por ser muito quente e eles não estão habituados ao calor, além de ser muito longe do ferry...



Fui finalmente para o hostel, uma casa giríssima que eu já conhecia de ter passado à porta quando estivera em Londres dias antes.



Casa gira, pessoal super simpático e ambiente muito agradável!



Sentei-me de pernas para o ar num grande sofá e liguei-me à net de borla, a falar com o mundo!





Fim do 22º dia de viagem…

________________________
Beijucas!   Olá


Viajar é mais assustador para quem fica do que para quem vai!



http://gracindaramos.wordpress.com/
avatar
Gracinda Ramos
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


http://gracindaramos.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por zephex em Qui Nov 03 2011, 08:42

Lindo Gracinda!!! Lindo!!!
cheers cheers

Cumps.
José Paulo
avatar
zephex
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por legasea em Qui Nov 03 2011, 10:05

Continuo por cá, deliciado!!!
Acompanho todos os teus dias de encantamento em paisagens fantásticas que nos fazem dilatar para as abarcar. Sentimo-nos do seu tamanho.
É bom que passes por uma cidade de vez em quando, para que, qual harmónio, possas conter-te e gozar a diferença.

________________________
prós acamados nas cabanas do tédio......não há remédio.......é deixá-las arder.....
"lacraus"



ADVirtam-SE
avatar
legasea
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Carlos Balio em Qui Nov 03 2011, 10:50

A cada dia revela-se mais surpreendente... espectacular Gracinda.
Esta viagem ainda vai tornar-se num "best-seller" .
Mais uma vez vou repetir-me... obrigada.
Abraço
avatar
Carlos Balio
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Gracinda Ramos em Qui Nov 03 2011, 19:25

Obrigada amigos!
Está a acabar e já estou a ficar com saudades!
É que enquanto conto e mostro como foi vou vivendo de novo! Quando acabar vou murchando de saudades e vontade de voltar a partir! Sad

________________________
Beijucas!   Olá


Viajar é mais assustador para quem fica do que para quem vai!



http://gracindaramos.wordpress.com/
avatar
Gracinda Ramos
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


http://gracindaramos.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Gracinda Ramos em Sex Nov 04 2011, 19:10

28 de Agosto de 2011

E chegava o momento de partir, de sair do reino!

Finalmente voltaria a circular pelo lado certo, finalmente não teria de pensar todo o tempo “vai pela esquerda mulher” “chega-te para a faixa de lá no cruzamento à direita” “cuidado com o «SLOW» ao contrario”… “pelo sim pelo não encosta-te às sebes à esquerda” “ESQUERDA, ESQUERDA!” …

Mas afinal não me apetecia nada voltar… havia tanta coisa para ver que deixara para trás, que só queria um pouco mais de tempo!… mas era hora de partir, tinha o caminho traçado…



Tomei um grande e variado pequeno-almoço, despedi-me do pessoal simpático da pousada, um ambiente ainda mais acolhedor com o sol a entrar pelas janelas.



E fui embora, dar uma última voltinha pela cidade.



Não tinha feito nada do que toda a gente faz quando vai a Londres! Mas não quis partir sem ver de perto um guarda de chapéu peludo!



O Buckingham Palace estava fechado, era cedo e as pessoas amontoavam-se aos poucos junto das grades.



O Wellington Arch, tambem chamado de 'Constitution Arch' em frente ao Buckingham Palace. Dizem que representa a paz no seu carro!





Tirei uma última foto com a minha Magnífica e o Big Bem como fundo, para o álbum dela e segui para Dover. Não valia a pena perder mais tempo a ver o que quer que fosse à pressa. O embarque seria às 11 horas, por isso não iria stressar com corridas.



Desci até à borda do país nas calmas, segui o meu trilho serenamente e posicionei-me para embarcar. Um senhor de Jeep, muito simpático veio oferecer-se para me tirar uma foto junto da moto. E eu lá fiz de modelo.



Logo a seguir um motard, que chegou entretanto ofereceu-se para ser meu fotógrafo também! Aceitei gentilmente (puxa, de repente toda a gente se oferece para me fotografar!) Lá fiz de modelo de novo!



A minha motita foi tratada com todas as mordomias, é o que vale ser-se uma de quatro motos! Se fosse uma multidão delas seria diferente, certamente!



Este ferry que me trouxe era tão confortável como o que me levara!



O dia estava chuvoso e nem me aproximei do convés! Vento e chuva não era o que mais apetecia naquele momento! Mas o azar do mau tempo ainda estava para chegar! E eu que me queixava do tempo em Inglaterra, apanhei a chuva toda em França!

Desembarquei no sítio que já conhecia mas, de repente, tudo parecia surrealista!
Eu contava com tudo menos que iria stressar ao entrar na estrada pela direita! Hesitei, quase parei, o meu cérebro deu um nó e eu não sabia o que estava a fazer! Corri um pouco para chegar até aos carros e seguir atrás deles e tive medo de ficar sozinha na estrada com aquela confusão no meu sótão!

Como podia estar a acontecer tal coisa? Como podia eu, em apenas 18 dias, ter-me habituado tanto à condução pela esquerda, ao ponto de stressar para conduzir pela direita? “acho que os meus alarmes estiveram tanto tempo ligados para eu não fazer bosta a toda a hora que agora não desligam mais!”

Apareceram as rotundas e eu morri de susto em cada uma delas… valha-me Deus, com a porcaria da chuva e do miolo a funcionar ao contrário, ainda me ía matar por ali! Apanhei uma via-rápida, deveria ser mais fácil engrenar na circulação correcta em vias de um sentido apenas. E foi a escolha certa! Cheguei direita a Lile, embora ainda meio baralhada!



Chovia bastante e não me afastei muito do centro, junto da Bolsa Velha, um edifício muito interessante do sec XVII





Logo ali ao lado fica o Teatro Sebastopol e a Câmara de Comércio, na Praça do Teatro, com a sua torre do relógio que toca canções populares a toda a hora!



Dei uma volta pela cidade sem me deter muito nos seus recantos e encantos porque chovia.



Encontrei o rio e a cidadela, que não fui visitar.



Na berma do Rio Vauban.





Há quem viva no rio, não é só em Amesterdão!



Acabei por me por a andar pois a chuva estava a chatear-me mesmo, continuei a descer o país!

Há muito que andava para passar em Luxemburgo e foi desta vez a vez de lá passar.
Luxemburgo é o nome do país, o único Grão-Ducado do Luxemburgo existente, e é também o nome da sua capital. É pequenino mas muito bonito, ainda hei-de visita-lo melhor.



A capital é uma cidade muito bonita, entre dois rios, o Alzette e o Pétrusse.



Do lado da catedral pode-se ver a torre de Plateau Bourbon, do outro lado.





A ponte mais famosa da cidade, a ponte Adolphe, construída de 1900 a 1903, era a maior ponte do género na época. O vão do arco tem 85 metros e a altura máxima é de 42 metros.



Lá em baixo fica o vale do Pétrusse



Andei por ali a passear e atravessei a famosa ponte, claro!



Para ter uma outra perspectiva da cidade, com a catedral de Notre Dame como cenário.





Fui ver a torre do Plateau Bourbon de perto



Era domingo, estava tudo fechado, por isso segui o meu caminho calmamente.

Grande parte da fronteira ente Luxemburgo e a Alemanha é marcada pelo Rio Mosel , um rio muito extenso e lindíssimo que me anda a cativar há muito tempo e que quero visitar de ponta a ponta um dia destes. É afluente do Reno e é ladeado por cidades e aldeias adoráveis!

Uma das razões que me levou a passar por aquelas bandas foi precisamente o rio!



Por isso ninguém se espante de um dia surgir um “Passeando pelo Mosel” na minha vida!







A outra razão que me levou a passar por ali foi Trier! A mais antiga cidade da Alemanha, fundada pelos romanos e cheia de traços da sua presença!

É também a terra onde nasceu Karl Marx e eu nem pude ignorar o facto pois dei com a casa à primeira voltita pela cidade!





O que me chamou ali foi a “Porta Nigra” uma construção romana do sec III espantosa, baptizada assim por causa das pedras que a compõem enegrecidas pelo tempo. Uma obra extraordinária!



Pousei a motita e fui procurar comida! Passeei-me pela zona histórica e senti-me de novo “em casa”! Havia vida por ali, não tinha mais a sensação de abandono que tantas vezes sentira no Reino Unido, quando mesmo antes do anoitecer, tudo estava já deserto!

Encontrei a catedral Dom St. Peter, que é a mais antiga igreja da Alemanha!



E junto à catedral havia vários pátios com mesas, de onde vinham os sons da animação!



Entrei num, muito simpático, a lembrar os pátios sevilhanos, com diversas mesas, toldes e muitas plantas. Estava um grande grupo numa fila de mesas perto de onde me sentei, cumprimentaram-me alegremente!

Expliquei à menina que não sabia ler a lista e ela trouxe-me uma outra em 4 línguas! Inglês, francês, espanhol e Italiano! Genial!

Pedi cerveja, afinal não estava mais no país onde só há cerveja onde ela não é precisa! Era deliciosa.



A comida era divinal! Era comida a sério! Eu nunca tinha dado tanto valor à cozinha alemã como naquela noite! Tinha arroz e tudo!



Enquanto me deliciava com a comida relembrei passeatas anteriores pelo país e conclui que sempre comi bem na Alemanha! Eu apenas não dava o valor devido porque sempre comi bem em toda a Europa! Agora era diferente: eu vinha de Inglaterra…

O grande grupo que estava ali ao lado saiu e voltou a cumprimentar-me alegremente. Sentia-me tão feliz e “aconchegada”!

Adoro os alemães!



Fui passear mais um pouco pela zona antiga da cidade, a noite estava tão agradável e o ambiente era tão simpático!



No dia seguinte teria de catar aquela zona com calma à luz do dia!



Fim do 23º dia…

________________________
Beijucas!   Olá


Viajar é mais assustador para quem fica do que para quem vai!



http://gracindaramos.wordpress.com/
avatar
Gracinda Ramos
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


http://gracindaramos.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por carlosferreira em Sex Nov 04 2011, 20:38

Quando é que me deixas dormir Laughing Babar Babar Babar Mérito Mérito Mérito

________________________
http://pelomundoem2rodas.blogspot.pt/

https://www.youtube.com/user/micasimba/videos
avatar
carlosferreira
Motociclista a começar.
Motociclista a começar.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por jacare em Sex Nov 04 2011, 22:29

Fixe
Mérito

________________________
"A sorte protege os audazes"
avatar
jacare
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Gracinda Ramos em Sab Nov 05 2011, 14:09

carlosferreira escreveu:Quando é que me deixas dormir Laughing Babar Babar Babar Mérito Mérito Mérito

Cucu!

Oh Carlos, provavelmente quando eu "te deixar dormir" deixo de dormir eu! É sinal que acabei a minha história e começo a sonhar com a proxima... Embarassed

Faltam 4 dias... Sad

Beijucas

________________________
Beijucas!   Olá


Viajar é mais assustador para quem fica do que para quem vai!



http://gracindaramos.wordpress.com/
avatar
Gracinda Ramos
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


http://gracindaramos.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Gracinda Ramos em Dom Nov 06 2011, 00:21

29 de Agosto de 2011

O meu caminho de regresso continuaria rumo a sul, mas não tinha de ser uma viagem sem interesse, por isso continuaria sem fazer vias-rápidas e muito menos auto-estradas. Há tanta coisa para ver e visitar naquele caminho que difícil seria escolher o que ver e fazer!

É esta sensação de liberdade de decisão de última hora, conjugada com o trabalho de casa feito e que me acompanha, que me fascina! Eu faço o que quero como quero! Paro aqui ali e acolá, tiro fotos sem fim ao que me apetece, como quando quero e o que me dá na telha e sigo sem perder tempo! É delicioso viajar assim!

A dormida seguinte seria em Dijon, a terra que chamei da maionese, quando na realidade é da mostarda! Mas até chegar lá havia uma série de sítios onde eu queria passar… alguns deles míticos para mim…



Fui passear para Trier, a cidade que me atraíra tinha tudo para me cativar!



Cheguei ao centro pela Porta Nigra, onde eu vira no dia anterior um parque para motos.



Foi um conforto ter onde por a moto sem stress, depois de tanto tempo sem saber onde a estacionar por terras de sua majestade!



E, pormenor curioso, no parque existe um mapa onde estão assinalados todos os parques para motociclos da cidade! Extraordinários estes alemães!



O sol estava delicioso!



Fui descobrir o Hauptmarkt, que quer dizer "mercado principal“ e é a praça central e uma das maiores da cidade. É muito bonita!



Lá atras da primeira fileira de casas fica a Igreja de St. Gangolf que é a igreja paroquial da cidade.

Entra-se por uma porta entre as casas para o pequeno patio de acesso à igreja.





A construção original era muito mais antiga, esta tem uma base gótica tardia já com decorações barrocas



Embora o barroco não seja o estilo que mais me fascina, tenho de reconhecer que aqueles tectos são muito bonios!



Na praça podem-se ver edificios bem antigos e lindissimos!



Esta é uma das praças mais antigas do país, do sec X, e contem contruções de todas as épocas posteriores: medievais, renascentistas e barrocas





Fui visitar a catedral que tem na sua origem uma antiga igreja do século IV. É a mais antiga igreja da Alemanha, erguida em diversas etapas desde o sec XI até XIV.





Lá dentro os pormenores é que me fascinaram, como o orgão que parecia uma peça decorativa de um trabalho de incrustação minucioso lindissimo!



e o tecto do coro aos "pés“ da igreja.



A igreja em si interessou-me muito mais pelo exterior...



Voltei ao Hauptmarkt, ali ao lado onde tudo se passava!





e que vai dar à Poerta Nigra, lá ao fundo, por uma rua cheia de casas giras





A Porta Nigra é uma construção romana impomente e surpreendente, do sec II!



Foi convertida em igreja no sec XII e manteve essa função durante seculos



Sempre tivera a vontade de a ver por dentro, já que as fotos que chegavam até mim apenas a mostravam por fora



Vista de frente é esta coisa extraordinária!





Não me apeteceu ir explorar os outros vestigios romanos, o rio Mosel atraia-me muito mais





E parti em direcção a sul. Recolhera já por ali ainformações preciosas que procurava sobre o rio que quero explorar e só não o segui logo porque as férias estavam a acabar e eu tinha mesmo de voltar para casa!

Passei por Metz, uma cidade que me desperta todo o interesse pela sua catedral e por ser a capital da região da Lorena, o pomo da discordia entre alemães e franceses por muito tempo.

A Tour de la Temple Garnison é visível a grande distancia e promete ser o templo que não é…



ela é, efectivamente, apenas uma torre! Na realidade ela já foi parte de uma igreja neo-gótica do sec XIX, mas depois de Metz ter andado de mão em mão, entre Alemanha e França, a França mandou desmonta-la. Esse trabalho ficou a meio e a torre permanece hoje imponente no meio da cidade, sozinha!



No meio do rio Mosel, que aqui se chama Moselle, le Temple Neuf, um templo protestante em estino neo-românico, do inicio do sec XX, provoca um efeito surpreendente!





A cidade é muito interessante e percorri as suas ruelas em todas as direcções



até ir encontrar a Place d'Armes onde pousei a moto para ir ver a catedral



A catedral de St Etienne é espantosa, em pedra amarela, é uma das maiores de França e tem a maior extensão de vitrais do mundo o que lhe valeu o nome de "la lanterne du Bon Dieu » (a lanterna do bom Deus)!



É linda!







E os seus vitrais estão por todo o lado!





Continuo a achar que quem a vê por fora não prevê o que é por dentro, embora o seu exterior seja bonito!



Voltei ao rio. Muita coisa há para visitar na cidade, mas ela fará parte do meu "Passeando pelo Mosel“ e aí catarei o resto! Eheheh



O rio é encantador em todos os recantos que lhe conheci!





Acho que o vou visitar já no proximo ano!



Continuei o meu caminho e passei em Nancy... mas não gostei da experiencia! O céu estava emcoberto, as voltas que dei foram aborrecidas e a cidade não me inspirou, por isso não perdi ali mais tempo. Um dia visita-la-ei como deve ser e logo se verá se é feia ou se apenas não gostei do que vi!

Mais à frente, na Commune de Dinoze, fica o Cemitério Americano d’Epinal…



Este é um dos 5 Cemitérios-Memoriais Americanos em solo francês e o segundo que visitei, o primeiro foi em 2009 na Normandia…







Ali vive-se uma porção de silêncio e vazio indescritíveis!





5 255 soldados estão ali enterrados num espaço de 22 hectares de terra, o local libertado em 1944 por soldados americanos.



Ali perto um jardineiro satisfez as minhas duvidas de como se corta aquela relva cravejada de cruzes !



Na realidade eles usam um tractor que tem um dispoditivo que faz as laminas contornarem cada cruz !



Numa viagem em que visitei tantos cemitérios antigos, encerrei este tema com um cemitério impressionante e cheio de história. Mais dia menos dia acabarei por visitar os restantes cemitérios militares de França…



Mas as minhas visitas « religiosas » não tinham terminado ainda e a que se seguia era aquela que me fizera descer o país por ali !

Cada um de nós tem os seus sonhos e desejos e eu queria visitar aquele monumento espantoso desde o meu tempo de faculdade, por isso segui para Ronchamp para procurar a Chapelle de Notre Dame du Haut !



Depois de uma subida por uma rua que nada deixava ver para lá das arvores que a ladeavam, deparar com a magnifica capela de Le Corbusier foi o êxtase total!



O interior da capela é impressionante e, embora dissesse algures que era proibido fotografar lá dentro, não resisti !



Le Corbusier foi um arquitecto Suiço considerado um dos arquitectos mais importantes do sec XX, a sua obra é espantosa, de linhas simples e sintéticas, entre dialéticas de cheio-vazio, luz-sombra ou recto e curvo…





Curioso que um artista herege dedique o seu talento a uma obra religiosa que permanecerá historicamente ligada a si !



Naquele local existiu um templo medieval já degradado e que foi arrazado com os bombardeamentos da 2ª guerra, uma placa com uma pomba em cima diz «aqui nesta colina, franceses morreram pela paz»



A capela tem um altar no lado de fora, exactamente no exterior do altar mor de dentro



que dá para o relvado em frente.









Ali de cima da colina pode-se ver a paisagem que inspirou Le Corbusier e que o levou a aceitar projectar um templo religioso daquela beleza e importancia!



Segui o meu caminho cheia de alegria! Tinha realizado mais um sonho!



Fim do 24º dia…


Última edição por Gracinda Ramos em Dom Nov 06 2011, 22:14, editado 1 vez(es)

________________________
Beijucas!   Olá


Viajar é mais assustador para quem fica do que para quem vai!



http://gracindaramos.wordpress.com/
avatar
Gracinda Ramos
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


http://gracindaramos.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por mazevedo em Dom Nov 06 2011, 11:36

Bem, estou sem palavras... Uma viagem de vida! Olá Parabéns e Mérito claro! cheers
avatar
mazevedo
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Trophyvitor em Dom Nov 06 2011, 13:22

Gracinda Ramos escreveu:



Esta tb te fica bem a fazer de banner.... Very Happy Brutal...és tu...dêem-te estrada.... Beber

Olá

________________________
Já ronca!!!!
avatar
Trophyvitor
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Carlos Balio em Seg Nov 07 2011, 15:32

Fabuloso Gracinda...
Estas belas fotos descritas por palavras tuas, fazem-nos viajar, e imaginar os locais por onde passaste.
Obrigada mais uma vez
Abraço
avatar
Carlos Balio
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Gracinda Ramos em Seg Nov 07 2011, 18:06

mazevedo escreveu:Bem, estou sem palavras... Uma viagem de vida! Olá Parabéns e Mérito claro! cheers

Obrigada!
Uma viagem que abriu o sonho para a proxima!
E já estou a "trabalhar" nela! Tenho de trabalhar muito para a realizar.... Surprised


Trophyvitor escreveu:
Gracinda Ramos escreveu:



Esta tb te fica bem a fazer de banner.... Very Happy Brutal...és tu...dêem-te estrada.... Beber

Olá

É um bocado assim, é!
Pego na moto e apetece-me sempre ir por aí fora de novo!
Será doença, será vicio? Shocked


Carlos Balio escreveu:Fabuloso Gracinda...
Estas belas fotos descritas por palavras tuas, fazem-nos viajar, e imaginar os locais por onde passaste.
Obrigada mais uma vez
Abraço

Obrigada!
Foram dias muito especiais é bom que gostem do que mostro!
À medida que chego ao fim da narrativa vou relembrando projectos que desenvolvi em viagem. Há coisas espantosas para descobrir nesta nossa Europa e eu tenho de ir ve-las! Embarassed

Beijucas mil

________________________
Beijucas!   Olá


Viajar é mais assustador para quem fica do que para quem vai!



http://gracindaramos.wordpress.com/
avatar
Gracinda Ramos
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


http://gracindaramos.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Paula Matias em Qua Nov 09 2011, 13:45

E S P E C T A C U L A R....não consigo escrever mais nada Very Happy


+1 Mérito

________________________
Paula Matias
A pendura do Carlos Ferreira Smile Motard

http://pelomundoem2rodas.blogspot.pt/
avatar
Paula Matias
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Gracinda Ramos em Qui Nov 10 2011, 00:36

Paula Matias escreveu:E S P E C T A C U L A R....não consigo escrever mais nada Very Happy


+1 Mérito

Obrigada amiga!

Não tenho tido tempo para acabar esta história... talvez amanhã!

Beijucas

________________________
Beijucas!   Olá


Viajar é mais assustador para quem fica do que para quem vai!



http://gracindaramos.wordpress.com/
avatar
Gracinda Ramos
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


http://gracindaramos.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Gracinda Ramos em Sab Nov 12 2011, 03:24


30 de Agosto de 2011



Dijon foi sempre uma terra que eu quis conhecer, à força de a ver passar nas minhas andanças e de nunca ter podido parar para visitar! Coisas de quem quer aproveitar todo o tempo para outras terras e esquece as que ficam pelo caminho! Mas desta vez não me escaparia!

Da janela do meu quarto podia ver o pátio do Centro Internacional de Dijon onde pernoitara. Uma pousada a lembrar uma cidade universitária!



O pequeno-almoço era “contabilizado”… não acho muita piada a isso, gosto de comer o que me apetecer, pois é de manhã que carrego as baterias para o dia todo e acordo sempre cheia de fome!

Lá fui toda contente explorar a cidade, muito bonita e pitoresca



Pousei a minha Magnífica mesmo à beirinha desta igreja espantosa! A igreja de Notre Dame de Dijon, um exemplar gótico extraordinário, com uma fachada diferente de tudo o que eu vira até ali!



Uma construção do sec XIII muito bonita!









A igreja fica no centro histórico da cidade, por isso não teria de pegar na moto para o explorar!



As casinhas de madeira estão por todo o lado, perfeitamente integradas em fileiras de construções mais recentes. Em volta da igreja tudo é bonito!





O teatro estava muito giro por aqueles dias! Tinha “peúgas” coloridas enfiadas nas colunas que lhe davam um ar jovial!



A Catedral de Saint Michel, renascentista mas com reminiscências góticas, o que a torna única!




Curioso o buraco sobre o portal que permite olhar por dentro de uma espécie de campânula!









A cidade é tão confusa quanto encantadora, numa mistura de estilos que se justapõem, desde o medieval até aos dias de hoje!









Na Place de la Liberration fica o palácio dos duques de Borgonha, onde funciona o Museu de Belas Artes, a visitar um dia…





Praça Francois Rude no centro da cidade, reorganizada no inicio do século passado, encantadora!





A Route de la Liberté, que leva até à Place de la Liberration, cheia de bandeiras. Gosto tanto do efeito das bandeiras!



E ali à frente estava a feira! O que eu gosto de feiras!







Esta gente tem feira 4 vezes por semana, adicionando o mercado, não sei de que vivem as lojas!







Estava na hora de seguir viagem…





Para voltar a parar em Lyon, uma cidade que não visitava há mais de 15 anos!



Lyon é uma das maiores cidades de França e fica já na zona do Ródano-Alpes, a mesma de Genève e o rio que atravessa a cidade é o mesmo que atravessa Genève!





A Cathédrale Saint-Jean-Baptiste de Lyon estava em obras, nem pude ver a sua fachada!

Ao lado estão as ruínas de uma cidade romana, que foi sendo destruída ao longo do tempo para recuperação da pedra para outras construções.



Pelo meio dos edifícios via-se a Basilique de Fourvière que eu queria visitar, mas apenas depois de ver outras coisas cá em baixo!





A praça da catedral só tinha paisagem para o outro lado, já que esta estava toda embrulhada!



A catedral é muito bonita! Com uma origem Românica foi sendo construída por alguns séculos e adquirindo características do estilo seguinte, o Gótico!



Lá dentro pode-se ver um relógio astronómico muito bonito.



O relógio é do sec XIV e indica a data, a posição da lua, do sol e da terra, assim como as estrelas acima de Lyon. É construído sobre de acordo com o conhecimento da época, que afirmava que o Sol girava em torno da Terra.

Várias vezes ao dia uma série de bonecos mecânicos movem-se e retratam a Anunciação.





A zona onde fica a catedral é muito interessante e pitoresca, é sempre, em qualquer cidade! Cheia de ruínhas estreitas, com cafés e esplanadas e casinhas curiosas, como o Museu das Miniaturas!



Fica no bairro antigo de Saint Jean, chama-se Museu das Miniaturas e Decorações de Cinema e podem-se ver lá dentro mais de 100 miniaturas de cenários e situações quotidianas.



Lyon é a cidade onde os irmãos Lois e Auguste Lumiére inventaram o cinema e algumas destas decorações são das primeiras que se usaram para os primeiros filmes





Cá fora as ruínhas são deliciosas



Fui comer qualquer coisa que, em França, a comidinha vale sempre a pena!





E fui lá acima, finalmente, visitar a Basilique de Notre-Dame de Fourvière.

Aquela basílica é espantosa, desde o local em que está construída, uma colina onde existiu um fórum de Trajano, até à arquitectura do edifício, uma espécie de inspiração bizantina!



É um edifício recente, do fim do sec XIX, grandioso e muito bonito!





Tem uma cripta surpreendente, dedicada a St. Jean



Depois sobe-se à catedral em si e é espantosa!









Lá de cima pode-se ver toda a cidade!



Inclusive a esplanada onde eu almoçara e de onde via a basílica!









Lyon foi a capital da Gália no Império Romano e pode-se ver no bairro de Fourvière, um complexo importante de ruínas da época.





com 2 anfiteatros paralelos, um maior e um menos. Aqueles romanos já tinham, ao nosso estilo, “salas paralelas” a funcionar em simultâneo, como os nossos cinemas?

Este (o menor) tem um chão composto por diversos tipos de mármores coloridos vindos de sítios longínquos! Os tipos tratavam-se bem!







E a partir daqui a minha viagem foi feita de recordação…
Engrenei por um caminho que fizera há muitos anos, aquando do regresso da minha primeira grande viagem internacional…





Naquele dia a minha casa era em Avignon, onde eu estivera muitos anos antes, cheia de espanto e alegria por sentir tão de perto a liberdade de explorar o que se me deparava no caminho…



Fim do 25º dia!

________________________
Beijucas!   Olá


Viajar é mais assustador para quem fica do que para quem vai!



http://gracindaramos.wordpress.com/
avatar
Gracinda Ramos
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


http://gracindaramos.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Rui em Sab Nov 12 2011, 07:54

Sublime, Gracinda. Muito obrigado por partilhares.
Só te faltou a foto da coisa mais famosa de Dijon: Um boião de mostarda... Laughing que é a única coisa que de lá conheço... Embarassed

________________________
Felicidade é um modo de viajar, não um destino.
Roy Goodman

https://www.facebook.com/emergenciamotociclista?ref=hl

com4riding.blogspot.com

Andorra 1984

Férias Moto 1983
avatar
Rui
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


http://www.com4riding.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Passeando até à Escócia!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 16 de 19 Anterior  1 ... 9 ... 15, 16, 17, 18, 19  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum