Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Pub
Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
» Fui ver o Mar e a Serra
por Rico Sousa Ter Jul 17 2018, 12:35

» [Notícia] Dani Pedrosa termina carreira no final deste MotoGP
por Serzedo Qui Jul 12 2018, 17:17

» Passeio a Santiago de Compostela
por javiermc69 Ter Jul 10 2018, 19:40

» Route 66 Portuguesa, EN 2
por tmr77 Ter Jul 10 2018, 10:34

» Passeando pela raia
por Swift Seg Jul 09 2018, 15:00

» Suzuki V-Strom 650 XT - Avis, Estremoz
por Swift Seg Jul 09 2018, 14:58

» TRAVELER´S EVENT
por Espsanto Sex Jul 06 2018, 13:20

» [Revista digital] Andar de Moto
por Serzedo Sex Jul 06 2018, 13:17

» XASSOS 2018
por Serzedo Sex Jul 06 2018, 09:34

» Alguma volta programada?
por Rambo Qua Jul 04 2018, 10:46

» Passeio pelo Douro
por Rambo Ter Jul 03 2018, 11:31

» Passeio até Lorvão
por Rambo Ter Jul 03 2018, 11:15

» Outono no Gerês
por tmr77 Ter Jul 03 2018, 10:13

» Deambulações pelo Norte
por tmr77 Ter Jul 03 2018, 10:04

» Picos da Europa Maio de 2018
por Carlos Balio Ter Jun 05 2018, 13:05

» MOTOCAMPING - Em Marvão e Castelo de Vide
por Espsanto Qui Maio 24 2018, 18:44

» Passeio á serra do Carvalho- ( Vila Nova de Poiares )
por Espsanto Qui Maio 24 2018, 17:52

» VII Aniversário Motos&Destinos, Castelo de Vide
por tmr77 Dom Maio 13 2018, 15:50

» Volta ao Mundo de Francisco Sande e Castro
por Espsanto Sab Maio 12 2018, 23:18

» [Notícia] Scooter integrada num carro...
por Serzedo Ter Maio 08 2018, 14:44

» [Notícia] Antigo pentacampeão mundial de motocrosse morre...
por Serzedo Seg Maio 07 2018, 17:18

» [MotoGP] Miguel Oliveira no MotoGP em 2019
por Serzedo Sex Maio 04 2018, 16:54

» [Evento] 24.ª Expomoto - 3 a 6 de Maio de 2018
por Rico Sousa Dom Abr 29 2018, 17:44

» [Moto2] Miguel Oliveira consegue 2.º pódio
por carlos lopes Dom Abr 29 2018, 12:41

» BMW CKLT Jantar das Terças Feiras By João Luis
por Joao Luis Seg Abr 23 2018, 01:02

» Atrelado q ocupa pouco espaço
por Serzedo Sex Abr 20 2018, 11:42

» [Aplicação] Waze tem modo para motociclos
por Serzedo Sex Abr 20 2018, 10:58

» [Aplicação] RISER, para motociclistas viajantes
por Serzedo Qui Abr 19 2018, 09:28

» A estrada mais longa. EN2
por Capt.Akimoto Qua Abr 18 2018, 14:32

» Melhor ferramente para planear rota - GPS
por k u p Seg Abr 16 2018, 17:13

» [Legislação] Tarifas das inspeções técnicas a veículos rodoviários
por Serzedo Seg Abr 16 2018, 15:19

» 603km
por Espsanto Qui Abr 12 2018, 23:31

» [Notícia] Em Espanha as motas têm dísticos ambientais...
por MotardFeio Qui Abr 12 2018, 08:52

» A escalada da velocidade ao longo da história
por MotardFeio Qui Abr 12 2018, 08:47

» Picos de Europa de Suzuki Vanvan
por Capt.Akimoto Qua Abr 11 2018, 23:37

» Viagens na minha terra (Serra da Freita)
por Capt.Akimoto Qua Abr 11 2018, 15:00

» Parque Natural do Alvão
por nunomsp Ter Abr 10 2018, 22:37

» [Notícia] Miguel Oliveira 3.º no GP da Argentina
por Serzedo Seg Abr 09 2018, 09:23

» O casamento
por Gomes88 Ter Abr 03 2018, 23:00

» Almoço Solidário no Vimeiro de Alcobaça
por Serzedo Seg Mar 26 2018, 16:22

» Aniversário M&D 2018
por Espsanto Qui Mar 15 2018, 11:19

» Lés a Lés 2018
por MotardFeio Seg Mar 12 2018, 15:19

» [Recomendação] Nova classe de portagem apenas para motas
por MotardFeio Sex Mar 09 2018, 08:01

» [Concurso] Crónica INTERNACIONAL do ano 2017!
por Vítor Soares Ter Mar 06 2018, 21:10

» OS LESMAS EM MARROCOS 26.03 A 02.04.2016
por Paulo Jesus Dom Fev 25 2018, 11:06

Tempo
Al!ve FM

Quarta-feira das 21h às 24h Burn - A hora dos motards

Mapas
Flux RSS


MSN 
AOL 


Doação por Paypal

O Gerês aqui ao lado

Ir em baixo

O Gerês aqui ao lado

Mensagem por Luís Azevedo em Seg Set 20 2010, 23:09

Crónica de uma viagem ali ao lado. O Gerês.


Finalmente venho experimentar uma crónica. Sem expectativas muito elevadas face a algumas obras de verdadeiros especialistas que aqui publicam, vamos ver se sai daqui alguma coisa que se aproveite.

Ao fim de algumas negociações lá se chegou a acordo sobre um passeio de curta distância. O destino escolhido foi o Gerês (e mais qualquer coisa) de onde já aqui apareceram algumas informações importantes em crónicas de viajantes.

Realmente o planeamento das viagens é uma componente interessante. Desde logo porque a antecipação necessária para planear obriga a viver a viagem ainda antes do arranque e por outro lado é uma actividade que nos ocupa o cérebro com aquilo que nos dá gosto, afastando os pensamentos sobre as rotinas e problemas do dia. Agora na crónica, estende-se a alegria de recordar.

Ferramentas para planeamento: Google Earth; Mapsource e booking

Sem grandes ideias e quase nenhum conhecimento (triste verdade) sobre a região, a ideia geral foi fazer pequenas etapas em termos de quilómetros, alojamento com conforto (nem sempre conseguido) e procurar locais de beleza natural (em cheio).


Dia 1

Enquanto procurava planear esta viagem, deparei-me com um destino que me surpreendeu. Grande adepto de locais com água (quente) e reconfortante e tendo como referencia a CALDEA em Andorra, descubro a existência de um local perto do Gerês (componente mais qualquer coisa) descubro o El Palacio del Agua situado na localidade de Mondariz-Balneario, Espanha.

Porreiro. Afinal até é uma viagem internacional. A alegria não se deve a qualquer gozo particular nesse aspecto (já que o propósito era mesmo descobrir o Portugal - para nós - desconhecido) mas o facto de ter acesso a gasolina mais barata.

No Booking encontrei o hotel balneário mondariz [N42 13.619 W8 27.952] que permitiu a aquisição de um pacote conjunto com os dois acessos ao Spa.

Estando o destino do primeiro dia escolhido, a aproximadamente 234 km no papel, falta encontrar um itinerário interessante. Tudo muito tranquilo e fácil para convencer a pendura estreante. Com um destino destes qualquer coisa pelo meio servia. Mas não foi qualquer coisa o que se apresentou. Foi a cidade de VIANA DO CASTELO.

Aproveitou-se todas as famosas SCUT A29 e A28, enquanto são de borla. No inicio era incontornável passar na Basílica de Sta. Luzia [N41 42.073 W8 50.069] (O Sacré Couer de Portugal) de onde se pode admirar, além da própria, uma vista privilegiada da cidade.





Depois foi perder-nos um pouco e aproveitar a cidade para confirmar que é um destino de eleição. As fotos. Enfim. Servem apenas de aperitivo.





Hora de almoço - muito bom e barato - na esplanada que se vê na fotografia à esquerda.

Obviamente que esta paragem para reabastecimento humano, que a máquina, essa é mais eficiente e incansável. Apenas iria beber em Espanha (bebida mais leve em impostos). A partir de Viana aproveitámos a velhinha “alternativa” (dizem) até entrar em Espanha em Tui, naquela pequena ponte que não fotografei, porque está sempre na memória de quem já a atravessou (na verdade a máquina fotográfico ainda estava enferrujada). Abastecimento nas bombas da Campsa na Avenida de Portugal, em Tui, porque o cálculo até correu bem e o tanque estava quase vazio (não partiu cheio).

Depois foi sempre a rolar pela N550, A55 até O Porriño, depois Ponteareas e finalmente até ao Hotel. Check in e verificação imediata que a escolha foi acertada. Moto na garagem, malas para o quarto, viajantes para a água…

Não é a Caldea, mas não está a mais de 1000 Km de distância e a água é quente (apesar de demasiado cloro para o meu gosto). A ligação entre o quarto e o SPA faz-se por uma ligação subterrânea entre os dois edifícios, valeu a pena a aposta, face a outros hotéis certamente mais acessíveis. Lá dentro perdemo-nos e fomos ter às termas em vez do SPA. De moto é mais fácil orientarmo-nos!

Depois de tanta agitação aquática, chegada a hora do jantar. Uma costeletita chamada de “Chuleton”:



Uma pequena volta pedestre pelas imediações do hotel para digerir o jantar espartano a que fomos condenados…







À custa de mil perigos ainda consegui tirar uma fotografia paparazzi do interior do SPA



Boa noite e até amanhã

avatar
Luís Azevedo
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Gerês aqui ao lado

Mensagem por Luís Azevedo em Seg Set 20 2010, 23:22

Dia 2


Saída madrugadora, com a hora limite do pequeno-almoço sob controlo, lá conseguimos sair por volta das 10h30m locais. Dada a velocidade estonteante ganhámos ao fim de 40 minutos de viagem uma hora (passámos a fronteira).

Primeiro destino do dia: MELGAÇO. Pequena volta para desentorpecer as pernas e apreciar mais um monumento. O Castelo, e a sua torre de menagem. Foi dentro das muralhas deste Castelo que organizaram o Jantar do Lés-a-Lés em 2002. Como é que eu sei? Estava lá!






Nas imediações encontra-se o Solar do Alvarinho, onde se encontram em exposição algum do melhor néctar da região. Local interessante para visitar e provar… Mas a manhã ainda estava a começar.



E estava na hora de regressar. Ainda estávamos a começar o dia.

Começaram novamente os problemas com a tomada do isqueiro, que perdia a energia e não alimentava o GPS. Não é que não se fizesse sem ele, mas gostava de ficar com o trajecto registado para localizar as fotos visto que é uma funcionalidade porreira para mais tarde saber por onde encontrámos alguns locais favoritos. O que vale é que a moto estava à sombra e a manutenção foi menos escaldante.





O trânsito estava na hora de “pontas” afiadas. Situações que se viriam a repetir várias vezes.

Entretanto, encontrámos o “Gregório”. E “Alco aça”, essa terra estranha ou será que a JAE inventou aqueles jogos para completar a letra em falta? Esta dava para o “nós por cá”. É evidente que esta fotografia tem outra coisa mais importante. Fica para quem quiser investigar em casa





Encontrámos algumas das belezas naturais à sombra.



Próxima paragem: Santuário de Nossa Senhora da Peneda.

Certamente um local a visitar, principalmente pelo enquadramento natural. Fotografias? Na internet arranja-se grandes trabalhos fotográficos. Assim, fica aqui um exclusivo: A novela da TVI a ser gravada.

Enfim, como todas as novelas, uma enorme discussão sobre a lavagem das escadas, o actor começa a fingir que faz qualquer coisa e depois molha-se tudo e ele aparece mais em cima e mais cansado. Ficam então umas imagens que não apareceram de certeza.







Mas também fica o meu modesto postal



Apesar do calor, ainda lá está a queda de água



Entretanto aquilo estava por conta deles. Tudo bloqueado! Ao tentar encontra forma de sair por ali agradeci ter ido de moto (como se fosse só por isso) já que havia ruas e ruelas que de carro não passava. E a passagem. Não tenho capacidade de descrever nem fotografar a beleza.

Apenas me ocorre: Só eu sei porque não fico em casa…





E o Gerês começa a abrir o livro…



Como se vê pela fotografia anterior, não havia necessidade de ir ver melhor ao miradouro, até porque estava tão bem sossegado (guardado)



Mas todas as viagens têm várias facetas. Esta teve um lado negro. Os incêndios foram uma constante. O muito calor apenas ajudava aqueles que querem destruir.



Quanto ao escritório dos trabalhadores locais. Muito stress. Os telefones não paravam de tocar.



E de facto chegou a hora de almoço. E como é bom andar por aqui. Come-se bem e barato. Mesmo ao lado do castelo de Lindoso encontra-se este conjunto de espigueiros. Parece que esta visão comunitária se estendeu às caixas do correio.





E lá voltámos a Espanha, ou será na Galiza. Tenho de mandar um e-mail para a Garmin…



Sabemos que existem algumas coisas interessantes por aqui, mas como as primeiras amostras não revelavam muito, decidimos atestar (não que fosse muito necessário, mas a bomba estava lá e por aqui é mais barato).

Voltar para Portugal pela Portela do Homem é outra das coisas que um viajante tem mesmo de fazer. Porquê não sei explicar. Até tem uma portagem que não custou nada a pagar.





Paga-se e recebe-se instruções para não parar. De resto é muita natureza e verdura (até no GPS)





E lá continuava o stress no trabalho



E lá seguimos a subir em direcção à Casa da Pedra Bela. A panorâmica aqui é muito bonita, mas o ar estava nublado com os incêndios e o que ficou na fotografia não faz justiça ao local. Na internet encontra-se muito melhor. Mais uns bichos e a natureza…







Seguindo, em direcção à Cascata no Rio Arado, por um estradão de terra, nada que a TDM não faça com uma perna às costas. Junto à Ponte sobre o Rio Arado há uma subida a pé [N 41.722511 ,W -8.129382] para o paraíso. Mais tarde, disseram-nos que o paraíso era mais em cima. Motivo para voltar para revisitar.





No regresso, encontrámos outra vez o posto de reabastecimento de água fresca, numa das muitas fontes de água fresca, apesar de um calor abrasador.



Já a caminho do hotel, começa-se a vislumbrar o local que nos aguarda para passar a noite.

O Rio Caldo





Destino: Pensão Eco Salvador. É daquelas que podia correr melhor. Fotografias interessantes no booking, boas opiniões, preço relativamente elevado e é verdade. O nome é pensão e foi isso que tivemos. A simpatia da dona, a praia fluvial e a piscina são o lado mais positivo. Quanto à moto, no parque privativo, ao lado da recepção. Impecável. Mas a ausência de ar condicionado com aquele clima tornou o descanso muito complicado.

Depois de instalados, vamos dar às pernas e procurar um restaurante para jantar, aproveitando para conhecer a paisagem:







Lá encontrámos o restaurante da Marina. Bem servidos!



Uma última experiência fotográfica

avatar
Luís Azevedo
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Gerês aqui ao lado

Mensagem por Luís Azevedo em Seg Set 20 2010, 23:29

Dia 3

Novo dia, novos passeios. O que está mais próximo, mesmo à vista do quarto da pensão? São Bento da Porta Aberta:





Próxima paragem, Campo de Gerês, passando o Cruzeiro de S. João de Campo.



Campo de Gerês visita-se a pé.





Para descansar, continuámos de moto.

Inversão de marcha. Direcção Montalegre. O zig-zag também funciona. E nestas paisagens não custa nada.







Primeira paragem: Barragem de Salamonde. Tem um semáforo para fazer circulação alternada.





Perto de Cabril





Até que chega a hora de uma paragem para abastecer os viajantes no alpendre com esta vista.







Destino final: Montalegre, com o seu magnífico castelo.





Aqui situa-se o posto de turismo com o ecrã “touch” onde nasce uma brilhante ideia. Visitar Pitões das Júnias, a sua cascata e o extra do Mosteiro. Lembrava-me de ter visto isto no “Viajar de Moto”. Obrigado pela dica ao Castrejo.

Chegados ao destino, aguardava-nos uma longa (bem longa) caminhada até à cascata





E um regresso ainda mais difícil. Muito… Mas depois, chegamos ao Mosteiro de Nossa Senhora das Júnias.





E estava na hora de regressar ao Rio Caldo e à sua (muito) quente pensão, deixando as operárias a trabalhar em paz.

avatar
Luís Azevedo
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Gerês aqui ao lado

Mensagem por Luís Azevedo em Seg Set 20 2010, 23:32

Dia 4

Novo dia. Abandonar o Rio Caldo e chegar às novas instalações. Bem mais interessantes. Hotel Casa de Samaiões. Com ar condicionado e muito boas condições…

O dia começa com velhos problemas. A tomada do isqueiro, mas fruto do relax das férias, abordei o problema com calma e finalmente percebi o que estava em causa.

Agora já sei o jeito que aquilo precisa.

Mas é a história é sobre a viagem e o que encontrámos?

Mais paisagens magníficas na tranquilidade de Currais.







Próxima paragem: Barragem do Alto Rabagão. Alguém trabalha para o jantar e água a perder de vista.





Próximas paragens: Vilarinho de Negrões e Rio Beça





E num instante estávamos a descansar…





Fim do dia
avatar
Luís Azevedo
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Gerês aqui ao lado

Mensagem por Luís Azevedo em Seg Set 20 2010, 23:40

Dia 5

Este dia foi escolhido para mostrar à pendura a zona de boticas tendo como referência o prólogo do lés-a-lés que no momento em que foi feito parecia uma coisa fantástica.

No âmbito deste passeio foi mais uma volta. Para não haver mal entendidos: o prólogo desenrolou-se numa bela região, mas nós já tínhamos encontrado paisagens ainda mais interessantes para conhecer.

Mas, mesmo assim, experimentámos, lembrando o próprio modo de o fazer - através do road-book. No entanto, impunha-se outra atitude, mais calma, sem horários, aproveitando pausas maiores ou desvios ocasionais ou, como veio a acontecer, deixar o road-book de lado.

Momento de pausa



Uma garagem especial



Hora de ponta bovina



As montanhas continuavam belas






O Rio Beça apreciado com mais calma:






Mais outro local que merecia um olhar mais demorado.



E o transito que continuavam caótico



O forno comunitário no “controlo 1” que continua aberto (mas desta vez não vimos pão) e o moinho de água. Uma aldeia muito especial





A centésima fotografia não poderia calhar em melhor local do que em Vilarinho seco, embora ainda tenha ficado muito para ver.



Este café no lés-a-lés estava muito movimentado, hoje estava fechado – eventualmente para almoço.



Seguiu-se o alto Rabagão



Voltámos via rio Beça passando por Carvalhelhos até que a fome exige uma paragem na Albergaria Rio Beça [N41 40.884 W7 42.160].

Acabados de parar estava uma PAN a arrancar, não sem antes o colega simpaticamente nos fazer aquele sinal internacional de que aqui estávamos bem servidos. Não havia hipóteses de errar, quase duas da tarde tudo saberia bem, mas de facto come-se muito bem.

Depois de almoço, aproveitando que tínhamos de regressar a Samaiões via Chaves, abandonámos road-book e voltámos ao sabor do vento. Visitar Chaves.





Surgiu uma visita ao Museu da Região Flaviense na Praça de Camões.



Lá se encontrava um multibanco com várias moedas de: Asses; Dupôndios; Sestércios; Antonianos e outras pedritas mais pesadas como as colunas:





A senhora na recepção informa-nos que o bilhete de acesso dava para visitar o Museu Militar de Chaves. Mais ainda, se quiséssemos, podíamos deixar os casacos e capacetes na recepção, que ela guardava enquanto íamos à torre de menagem (contornando o edifício pela praça), onde estava a exposição. Que tal sobre a simpatia?



Já Este Senhor não largava o capacete




Paragem para uma bebida fresca numa esplanada junto ao rio e voltar para a piscina no Hotel…

Já tinha dito que estava calor?

Mas parece que alguém ainda tinha frio no cérebro e decidiu pegar fogo aquilo tudo...



A noite foi muito atribulada para os Bombeiros e não só. Houve hóspedes do hotel a sair...

avatar
Luís Azevedo
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Gerês aqui ao lado

Mensagem por Luís Azevedo em Seg Set 20 2010, 23:46

Dia 6

Hoje o vento ia na direcção Nordeste. Olhando o Mapa, saiu a opção Vinhais – Capital do fumeiro. A paisagem continua deslumbrante:





À entrada de vinhais, dada a aturada preparação rigorosa da viagem, surpreende-nos a placa para o Parque Biológico de Vinhais.





Como se pode ver, continua a haver viados, mas aqui não é um símbolo, é o animal a sério e até soprava. Ao lado os três porquinhos…





Tanto planeamento (não foi assim tanto) e uma intuição leva-nos aqui por acaso!

Lembra as palavras de um seleccionador:

E o...



Sou eu?

Entrámos em vinhais para andar um pouco:





Almoçamos, mais uma vez, esplendidamente. O nome não me lembro mas a localização ficou na memória do GPS [N41 50.152 W7 00.021].

Regresso ao Hotel nas calmas para mais piscina…

Dia 7

O regresso, com um pequeno desvio a Espanha em Chaves (para dar de beber à montada) e daí até casa, sempre pelas A24 e A25.

Essa parte muito pouco interessante, como todos os finais de festa...

Chegámos ainda antes da hora do almoço. Lembrando afinal que apenas estivemos:

No Gerês, aqui ao lado...
Foi bom reviver este "vá para fora cá dentro"
avatar
Luís Azevedo
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Gerês aqui ao lado

Mensagem por Serzedo em Ter Set 21 2010, 00:41

Muito fixe e já testei o mérito... funciona Very Happy

"V"

________________________
Google+ | | Mototurismo a dois | | Spritmonitor.de
Andar de mota é uma arte e cair... faz parte!! Fábio Pereira é o meu nome, Serzedo a minha terra.
avatar
Serzedo
Manda chicotadas.
Manda chicotadas.


http://www.mototurismoadois.pt.vu

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Gerês aqui ao lado

Mensagem por carlosrosa em Ter Set 21 2010, 09:22

Toma lá mérito pelas fotos e pela cronica está muito boa cheers

Abraço
avatar
carlosrosa
Já conduz... mal!
Já conduz... mal!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Gerês aqui ao lado

Mensagem por Rui Ribeiro em Ter Set 21 2010, 10:04

Excelente Luís Azevedo!
Para uma estreia está óptima ... por este andar não volto a postar nenhuma Laughing

Vou experimentar o sistema de méritos!!!

________________________
Rui Ribeiro
avatar
Rui Ribeiro
A tirar a carta
A tirar a carta


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Gerês aqui ao lado

Mensagem por PORTUGALMOTORCYCLETOUR em Ter Set 21 2010, 10:42

Crónica excelente cheers e com humor
Razz
Parabéns pela viagem e obrigado pela partilha.
avatar
PORTUGALMOTORCYCLETOUR
Zero à direita
Zero à direita


http://www.portugalmotorcycletour.webs.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Gerês aqui ao lado

Mensagem por Luís Azevedo em Ter Set 21 2010, 12:19

@Rui Ribeiro escreveu:Excelente Luís Azevedo!
Para uma estreia está óptima ... por este andar não volto a postar nenhuma Laughing

Vou experimentar o sistema de méritos!!!

A estreia já foi em tempos idos, Rui. No primeiro fórum que conheci Smile

Pela primeira vez não me compreendeste. A ideia é, ao contrário, que mandes muitas e boas e ainda melhores que esta. Motard
avatar
Luís Azevedo
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Gerês aqui ao lado

Mensagem por JLoureiro em Ter Set 21 2010, 14:23

Tunga, já tens mérito.

Relato ilustrado com boas palavras e belas fotos.
Abraço.

________________________
»S Pedro do Sul by Moto
avatar
JLoureiro
Zero à esquerda
Zero à esquerda


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Gerês aqui ao lado

Mensagem por Constancio em Qua Mar 02 2011, 11:22

Excelente crónica!
Os meus parabéns.

Abraço,

________________________
António Constâncio.
avatar
Constancio
Zero à esquerda
Zero à esquerda


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Gerês aqui ao lado

Mensagem por Helder em Qua Mar 02 2011, 19:44

Um bom passeio com fotografias e crónica à altura.

Mérito

________________________
avatar
Helder
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Gerês aqui ao lado

Mensagem por Trophyvitor em Qua Mar 02 2011, 20:35

É o que faz abandonar o MdP...perde-se crónicas fabulosas!!!

Grande Tdmê!!!!

Belas fotos e bela narrativa!!!

Toma lá uma chicotada!!
avatar
Trophyvitor
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Gerês aqui ao lado

Mensagem por Sérgio Oliveira em Qua Mar 02 2011, 22:48

Gostei de ler e de ver as fotos!

Muitos desses locais conheço bem - retrataste-os com rigor!

Abraço,
Sérgio

________________________
Para saber basta viajar ou ler...
www.wizard.com.pt
Aequo Animo
avatar
Sérgio Oliveira
A tirar a carta
A tirar a carta


http://www.wizard.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Gerês aqui ao lado

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum