Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Pub
Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
» Evento de Natal do M&D dias 2 e 3 de Dezembro Actualizado 01/11/2017
por Panzer Tank Hoje à(s) 13:55

» [Entrevista] André Pires - GP Macau & Isle of Man TT
por Serzedo Ontem à(s) 10:41

» Caminito D´Del Rey
por Espsanto Ter Nov 14 2017, 19:31

» N2 Aljustrel a Pedrogão Grande
por Joao Luis Seg Nov 13 2017, 22:39

» [Notícia] Fim da revista Motociclismo?
por Serzedo Seg Nov 13 2017, 16:56

» [Novidade] Yamaha Tracer 900 GT - 2018
por piratao Dom Nov 12 2017, 20:42

» Rota dos Balcãs - 2017
por Vítor Soares Dom Nov 12 2017, 18:34

» [Novidade] Agora o Motos & Destinos também no Topic'it
por Espsanto Sex Nov 10 2017, 23:11

» [Notícia] Miguel Oliveira vence Grande Prémio da Austrália
por carlos lopes Ter Nov 07 2017, 20:29

» Serra da Estrela - Cores de outono
por Rico Sousa Dom Nov 05 2017, 18:47

» De Lisboa a Sagres pela Costa Vicentina
por Nfilipe Dom Nov 05 2017, 15:34

» PARQUE NATURAL DE SOMIEDO - Viagem de Verão
por Espsanto Sex Nov 03 2017, 23:31

» AJUDA PARA CASTANHEIRA DE PERA
por Panzer Tank Dom Out 29 2017, 13:51

» O Caminho de Mota para a India
por Joao Luis Dom Out 29 2017, 10:03

» 3 dias pelo Alto Alentejo e Beira Baixa
por LoneRider Sex Out 27 2017, 19:20

» Viagem a Évora na nova (usada) mota
por Cesar Filipe Sex Out 27 2017, 19:15

» O regresso a Monsanto
por Cesar Filipe Qua Out 25 2017, 00:38

» Teste drive novas trails
por tmr77 Dom Out 22 2017, 17:17

» [Legislação] Conduzir motas aos 14 anos...
por Serzedo Qui Out 19 2017, 15:02

» TRAVELER´S EVENT
por banglentininkas Seg Out 16 2017, 10:22

» Costa Alentejana
por Pedro Rodrigues Qui Out 12 2017, 00:11

» Volta ao Mundo de Francisco Sande e Castro
por Espsanto Ter Out 10 2017, 22:07

» Redescobrindo o Brasil
por Espsanto Ter Out 10 2017, 21:54

» 2017 - Milão/Stelvio/Dolomitas/Liubliana/Verona
por Espsanto Ter Out 10 2017, 21:27

» Uma Viagem ao Centro do Mundo...
por Joao Luis Seg Out 09 2017, 13:55

» Exposição de motas antigas - Matosinhos
por Serzedo Qui Set 28 2017, 09:44

» [Notícia] Mig44 foi 2.º no GP de Aragão
por Serzedo Seg Set 25 2017, 09:40

» BOA NOVA
por Serzedo Qui Set 21 2017, 14:20

» BMW CKLT Jantar das Terças Feiras By João Luis
por Joao Luis Ter Set 19 2017, 22:42

» [Notícia] Ana Carrasco é primeira mulher a vencer num Mundial
por carlos lopes Seg Set 18 2017, 21:54

» picos da europa 2017
por Carlospira Qua Set 13 2017, 21:46

» [Notícia] Federação de Motociclismo oferece árvores
por Serzedo Qua Set 13 2017, 09:40

» Casamento Nádia & Fábio
por Serzedo Ter Set 12 2017, 20:34

» No Cabo de Gata
por Saulo wds Seg Set 11 2017, 12:45

» como transportar moto do brasil para portugal
por luisfilipe Sex Set 08 2017, 22:00

» Mais do mesmo... mas diferente: Tomates aos Picos!
por Joao Luis Qua Set 06 2017, 18:16

» De Lisboa aos Picos da Europa (4 dias)
por diariodoviajante Seg Ago 28 2017, 11:53

» 4 dias por Toledo, Segóvia e Ávila
por diariodoviajante Seg Ago 28 2017, 11:50

» [Ensaio] Suzuki V-Strom 650 - 2017
por Cesar Filipe Sex Ago 25 2017, 17:03

» [Crónica] - N2 de Faro a Chaves em 2 dias e meio!
por nunomsp Qua Ago 23 2017, 22:30

» planear viagens com o TyretoTravel
por nunomsp Qua Ago 23 2017, 22:17

» Diário do Viajante
por diariodoviajante Ter Ago 22 2017, 14:20

» Passeio a Santiago de Compostela
por Cesar Filipe Qua Ago 16 2017, 22:01

» As melhores estradas para conduzir... em Portugal!
por Saulo wds Ter Ago 15 2017, 11:29

» [Notícia] Rossi 'enxotou' ministra checa
por Serzedo Sex Ago 11 2017, 12:30

Tempo
Al!ve FM

Quarta-feira das 21h às 24h Burn - A hora dos motards

Mapas
Flux RSS


MSN 
AOL 


Doação por Paypal

Aragão por Lone Rider-As Cinco Villas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Aragão por Lone Rider-As Cinco Villas

Mensagem por LoneRider em Qua Abr 29 2015, 19:26

Ainda não está feita, ainda a tenho que acabar e estou ha mercê do meu computador.
Mas preparem-se para fotos torcidas, desfocadas e queimadas pela luz de sitios sem jeito nenhum, donde nada aconteceu e sem nada para contar.

Porque é que abri este topico agora?

Não faço a mais mínima ideia.

________________________
Vrummm V

ENDLESS ROAD
avatar
LoneRider
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


http://loneride.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aragão por Lone Rider-As Cinco Villas

Mensagem por ssousa em Qua Abr 29 2015, 19:33

Deixa-te de tretas e publica "mazé" as fotos e a crónica que já deixaste a malta curiosa. ;-)

________________________
Abraço Serrano
Sérgio Sousa
avatar
ssousa
Zero à direita
Zero à direita


http://www.casadocomendador.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tauste e Ejea de los Caballeros

Mensagem por LoneRider em Sex Maio 01 2015, 13:19

Se o maior problema do homem é a sua mulher, o maior problema de um motard é uma mulher que lhe diga o que tem que fazer e como o tem que fazer!
Durante a semana previa aos dias santos de Pascoa, o whatsapp fervilhava de ideias de como passar esses dias previos ha uma viagem....

-Podiamos estar em casa, fazer umas comidas saudaveis, beber uma garrafinha de verde e há noite saimos a ver as procissões!
-Nem pensar! Estou farta de estar em casa!
Vais fazer o que eu te digo porque eu é que sei!
Vamos ver as Cinco villas!
Tauste, Sadaba, Ejea de los Caballeros, Sos del Rey Catolico e Uncastillo!

-Mas….

-Nem mas, nem meio mas. Não queres “rodar-me” para depois irmos a Portugal?
- As Cinco Villas é bonito e tem um trajecto interessante.

Quando eu vi o mapa fiquei convencido e depois o San Google terminou com as minhas duvidas.
E foi assim que a “miuda” impos a sua vontade.

Quinta feira santa, feriado em Espanhã, sol a brilhar e o Cierzo que nos dava descanso depois de toda a semana a soprar forte e frio.
Dorothy marcava no campo seco, depois das cheias do Ebro, a sua sombra e a de dois corpos agarrados a ela. Ao lado direito as varandas do Ebro, do outro lado o Ebro....
O destino era ver mais uma das torres Mudejar desta vez a de Tauste!

1 Tauste

Tauste era uma praça forte moçulmana até há chegada dos Cristãos em 1105 debaixo do comando de Alfonso I o Batalhador.
Esta igreja, agora consagrada a Santo Antão, foi mandada edificar por ele.
Tauste tem um centro urbano acidentado, labirintico e com marcas das varias fases da historia.

2 Tauste 2

Mas o principal objectivo de hoje é outro, pelo que voltaremos mais tarde para descobrir Tauste!
Já alguem ouviu falar da Nobreza Baturra!?

3 Baturros

Pois bem....
Esta menina, quis que lhe fizesse esta foto, evocando as “Jotas” e o sei baile caracteristico.

A estrada chama por nós.
Para tras deixamos o Rei Moncayo e o seu manto de neve e atravessamos todo o campo de Tauste até há bonita vila de Ejea de los Caballeros, donde Jaime I instituiu a figura de “Justicia Mayor de Aragon”. Uma especie de Tribunal Supremo de hoje, que tinha por função resolver os pleitos que surgissem entre a Coroa e Familia Real e os Nobres do reino.
Mas antes tinha la estado outra vez o Batalhador, como o proprio nome indica, fartou-se de dar há espada!
Foi isso e construir igrejas como esta, a de Santa Maria, edificada em mil cento e trocó passo....

4 Ejea de los Caballeros

Como podem calcular Alfonso I o Batalhador, foi o principal cristianizador da comarca, no seu caminho até Sara Custa (Zaragoza), a Capital do Reino!

5 Portico

O pórtico de estilo românico da Igreja de Santa Maria.

6 Ejea de los Caballeros

E esta é a de San Juan, do sec XIII, donde Dorothy se deixou fotografar junto ao seu portico.

7 Ejjea de los Caballeros 4

Sair de Ejea, olhar para o horizonte e ver os grandes maciços rochosos dos Pirineus, que se erguem no horizonte deixando para trás a planície.
As curvas, primeiro rápidas e depois cada vez mais lentas e técnicas, vão fazendo adivinhar o que nos reserva o passeio!
Ao contrario do “Ai! Ai! Ai!” das primeiras curvas (de ha quase um ano atrás) Carolina a cada curva deixa deslizar um “uuuuuuuuiiiiiiiii!” a cada curva, logo seguido de uma gargalhada cargada de adrenalina!

________________________
Vrummm V

ENDLESS ROAD
avatar
LoneRider
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


http://loneride.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aragão por Lone Rider-As Cinco Villas

Mensagem por Carlos Balio em Dom Maio 03 2015, 10:51

Como sempre espetaculares estas narrativas Palmas
Aqui vai o merecido 273
avatar
Carlos Balio
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Sadaba e Sos Del Rey Catolico

Mensagem por LoneRider em Dom Maio 03 2015, 22:00

Hoje dia 22 de Março de 1479 de Nosso Senhor venho aqui contar os dias mais gloriosos da minha vida...
Tudo aconteceu quando El Rei D. Afonso V me encomendou a mais ousada façanha da minha vida ao destinar-me a Alfort, no reino da Áustria, para participar nos jogos que o senhor Wassler organizava. A vontade do Senhor meu Rei era de representar o seu reinado e a Ordem dos Cavaleiros da Cruz de Cristo, para alem de contar de primeira mão a todos as grandes empresas do Rei na descoberta do novo mundo e do caminho marítimo para as índias.
Como Monge e Cavaleiro da Ordem da Cruz de Cristo, dispus-me a viajar de imediato, levando comigo a minha inseparável e sempre obediente égua, um puro sangue lusitano de seu nome Doroteia.
Alfort era uma praça forte, com uma disposição no cume de um rochedo, todo ele amuralhado que protegia a casa do seu senhor, a igreja e parte da povoação que lhe dava nome há fortaleza. Nela já se acumulavam todo tipo de comerciantes, saltimbancos e as delegações dos diferentes reinados que acudiam os jogos.
Numa praça central, muito próximo do palácio do Senhor daquelas terras, estava há vista de todos um chapéu, de tecido e feitura nobres, vigiado por dois guardas e que era sinal de respeito ao Senhor daquelas terras. Todo aquele que passasse perante ele devia prostra-se ante ele em sinal de respeito ao senhor daquelas terras.
Infelizmente não era consciente de tal lei e ao vê-lo, desde o alto da minha montada, nada fiz, provocando assim a ira dos guardas e o meu consequente cativeiro nas masmorras da fortaleza. Foram-me retiradas as credenciais, a espada e a minha égua, atirado para uma masmorra fétida donde os ratos andavam há sua vontade. Em frente ouvia uma voz de criança que conversava com alguém, com uma voz entre-cortada pelo desespero e o medo.
Como pode ser que ponham uma criança num local como este? Que terá feito?
Ajoelhei-me perante a parede da masmorra e nas minhas preces ao Pai Todo Poderoso, pedi que velasse pela alma de tão atormentada criança.
Acordei com o abrir da pesada porta de ferros da masmorra, os guardas levaram-me para uns aposentos onde tinha há minha disposição todas as minha pertenças, assim como a minha espada. Lavei-me, vesti a minha túnica e tratei de comer algumas das frutas que me foram levadas. Dispunha-me para as orações de matines quando alguém pede autorização para entrar:

-Hola! Soy el Caballero de la Ordem del Hospital Fernando de Osma, hablais la lengua del Rey de Castilla?
-Aquí Irmão Cavaleiro, só se fala a língua do reino de Portugal. No entanto consigo entender-vos se falais com calma. Alegro-me pela sua presença aqui, sinal de que Deus não nos abandonou, pois a minha chegada aqui foi um quando acidentada - e fazendo-lhe uma vénia com a minha espada- Eu sou Cavaleiro da Ordem da Cruz de Cristo, Rui, Senhor das Terras do Valdoeiro!

Vinha a mando do Senhor Wassler que apresentava formalmente as suas desculpas pela atitude grosseira dos seus guardas, convidando-me para o banquete que dava inicio aos jogos. Os meus votos não me permitiam a participação em tal evento, contudo aceitei com o objectivo de conhecer de perto os meus possíveis adversários nos jogos.
Fernando de Osma tinha uma personalidade afável e mostrava-se preocupado pelo meu bem estar. Perguntou-me pela viagem e por noticias do reino e explicou-me o porque de atitude tão dura perante a minha chegada. Existiam rumores que ganhavam força sobre uma possível rebelião e poucos dias antes tinham sido presos pai e filho por não mostrar sinal de obediência ao senhor das terras. Ao que parece, em sinal de mesericordia o Senhor Wassler desafiou Tell, Guilherme de nome. Tell tem fama de ter uma pontaria e um manuseamento da besta como ninguém, pelo que o Senhor destas terras disse-lhe que se acerta numa maçã que lhe concederá a liberdade a ambos, pai e filho.

O banquete oferecido foi toda uma demonstração do poderio do Senhor daquelas terras, havia porcos e vacas inteiras em cima de braseiros, bebia-se uma fermentação de cevada de sabor agrido, muito longe dos aveludados vinhos das minhas terras, mas ao que parecer os bávaros adoravam.
Aproveitei para degustar as carnes secas e as compotas de frutos da zona, assim como pedi gentilmente que me cedessem para viagem de volta e fazer um obséquio ao meu Senhor El Rei Afonso V.
Quando o sol se levantou, o castelo estava imerso numa neblina matinal densa e fria. Na praça estava montado o palco de personalidades, tinha chegado a hora de Tell cumprir com o seu desafio.
Em poucos instantes as praça encheu-se de gentes, assim como de todos os participantes dos jogos, Guilherme e seu filho foram dispostos em lados opostos da praça:

- Meus súbditos, viemos todos aqui hoje para ver que eu, como vosso Senhor e Senhor das Terras que vos dá o pão, que sou bondoso e que não condeno sumariamente aos que não respeitam a lei destas terras. Todos vós sabeis que Guilherme Tell não obedeceu há regra e por isso deveria ser condenado, juntamente com o seu filho há morte, mas eu dou a minha palavra de que se ele acerta na maçã com a sua besta a uma distancia não inferior a 50 passos, tanto ele como o seu filho sairão daqui com vida e com o meu perdão!
Mas, como vosso senhor, decidi aumentar a exigencia do desafio lançado, pelo que Guilherme Tell tem que acertar na maçã que será colocada sobre a cabeça do seu filho!

Ouvir aquelas palavras e a forma como foram ditas, tão eloquentemente e sem desejo nenhum de que tivera um final feliz, fez-me erguer os olhos aos ceus....
E o som do dardo ecoou por toda a praça, Deus era misericordioso e a Maçã abriu-se em duas suculentas metades com o filho de Tell ileso.
Os Camponeses desataram em jubilo mas Wassler não ficou contente e ordenou a prisão de Tell provocando a ira das gentes humildes que invadiram a praça obrigando os guardas a desembainhar as espadas. Estava naquele momento muito próximo do filho de Tell e ao ver a lamina levantar-se contra o jovem decidi tomar parte.
Ao guarda torci-lhe o braço de esgrima e desferi-lhe um golpe no mesmo costado, ficando assim o jovem debaixo da minha custodia até que o pai se juntasse a nós para que pudéramos fugir para lugar seguro.
Ao cair da noite, depois de inúmeros gestos e tentativas de comunicar pudemos por fim determinar que Wassler era demasiado tirano, que os jogos eram um motivo para ver jorrar sangue nobre nas suas terras sem se ver manchado a sua reputação. Já não fazia nada ali a minha missão tinha sido um fracasso pelo que me foi encomendado, mas quis Deus que ajudasse a que a justiça chegasse aquelas terras!
Doroteia mordeu-me a mão enquanto dormia, era hora de seguir de volta ao meu reino.
O caminho fez-se penoso, o inverno foi duro e estive retido na companhia dos Irmãos de Cister em Jaca, donde tive a sorte de orar olhando para o Santo Gral, tesouro guardado pelos Cavaleiros da Ordem do Templo até há sua extinção.
Quando as neves deixaram abrir passagem a ocidente, eu e Doroteia seguimos viagem pelo caminho do Apostolo Tiago.
Ao fim da primeira jornada, apartei-me do caminho para descansar a Doroteia e pernoitar.
Já enrolado na minha manta aproveitando do calor de Doroteia e do braseiro que me assou o coelho que se me cruzou pelo caminho, oiço os cascos de cavalos, que puxavam a uma carruagem. A comitiva parecia importante, pois havia uma escolta de guardas reais com o dístico do reino de Aragão.
Mas o som das espadas fez-me estar alerta. Tratava-se de uma emboscada contra a comitiva.
Era tempo de actuar, pois o reino de Aragão era a casa de origem daquela rainha que se fez santa pela sua obra de caridade, a Rainha Santa Isabel!
Em instantes montei na Doroteia para manchar a minha espada de sangue, a dos saqueadores! Enquanto com a minha espada, desferia golpes mortais em nome de Deus, Doroteia, apoiada nas suas patas traseiras, desferia patadas com os seus cascos dianteiros, deitando uns quantos saqueadores por terra. Em poucos minutos o assalto tinha fracassado, com o chefe da guarda a ler as minhas credenciais e agradecer em nome do Rey João II de Aragão pela ajuda prestada.

- Deixai-me ver tão humilde homem!- dizia uma voz feminina desde dentro da carruagem- Deixai-me agradecer-lhe em nome da rainha de Aragão!

Fiquei muito feliz ao ver que a bordo seguia uma jovem mulher que no seu ventre levava o futuro de Aragão e, como se veria mais tarde, o futuro da Peninsula e do mundo inteiro!
Fui convidado a desviar caminho até Sos, donde, na casa dos Senhores de Sos, a familia dos Sada, assisti ao jubilo de ver uma vida vir ao mundo, em toda a sua gloria. Tinha acabado de nascer o pequeno Infante e herdeiro da Coroa de Aragão Fernando!
Mais tarde, foi conhecido por Fernando, o Rei Católico.




18 Sos entrada

Esta é a entrada ao Centro Historico de Sos del Rey Catolico.
Aqui nasceu o Rei que uniu todos os reinos hispanos da Peninsula, terminou com a reconquista aos mouros (quase mil anos depois de o Rey Pelayo a ter começado) ao vencer um longo assedio em Granada e “lançou” um portugues de nome Cristovão em busca de um segundo caminho para as indias!

19 Sos Rua 1

Sos, como se chamava em 1479, ao ver a importancia do acontecimento adoptou o mesmo acontecimento para se passar a chamar Sos del Rey Católico.
O seu centro historico tem um estado de concervação irreprensivel, o que atrai a vila medieval milhares de turistas ao ano.

20 Sos Rua 2

Não é facil regressar aqueles tempos e imaginar os cascos dos cavalos soando nas calcadas, os comerciantes de frutas e verduras nas praças, sempre animadas pelo bobo e suas acrobacias.

21 Carolina

E as mulheres aragonesas, de encantos mil, de deixar qualquer cavalheiro com os sentimentos perdidos...

22 Sos Casa

Nas casas, as flores, o sol e o excelente dia, tudo parecia celebrar a Primavera.

23 Esfera Armilar

Em frente há casa dos Sada, esta esfera armilar me remete ao mais importante simbolo da nossa aventura, na descoberta do novo mundo!
Parecia uma premeditação do que sucedeu ha mais de 500 anos naquela casa!

24 Casa dos Sada

Hoje casa museu, foi aqui que Fernando II de Aragão nasceu.
É importante dizer que foi um Rey bastante astuto, inteligente e com uma capacidade de negociação acima da media!
Ao casar-se com a Rainha de Castela, lançou na Peninsula as bases necessarias para a prosperidade na peninsula.
Mas nem tudo foram coisas boas, instituiu a Inquisição, percussora de muitas perseguições injustas e do desterrro de Judeus e Mouros das terras que habitavam desde há muito tempo.

25 Sos Arco

Mas Sos tem muita mais historia alem do seu principal sucesso, foi fundada pelo Rei Ramiro I de Aragão como praça forte fronteiriça entre Navarra e as Taifas a sul.
Sos del Rey Catolico foi tambem cenario de fundo para o filme “La Vaquilla”.

26 Cineasta

E aqui temos ao seu realizador, sentado na sua cadeira...
“La Vaquilla” foi rodada em 1985 por uma equipe liderada por Luis Garcia Berlanga, que apesar de se vestir bem, esquecia-se sempre de se calçar!

27 Paisagem

As subidas ao castelo, donde apenas se conserva a Torre de Menagem e vestigios da muralha, as paisagens são assim!

28 Portico da Catedral

Pelo caminho esta a entrada há igreja, com este portico de nos deixar boquiaberto.

29 Torre de Menagem

Aqui a temos!
Esta é a Torre de Menagem do Castelo de Sos.

30 Sos del Rey Catolico

Com estas vistas ao povo!

31 Los Reyes Moteros

Pelo povo pudemos ainda encontrar as cadeiras dos protagonistas do filme rodado por garcia Berlanga mas...
Esta imagem deve ser vista como algo especial, como que a reedição da união entre Portugal e Aragão, como outrora foi a união entre Isabel e Dinis, mantendo-se a santidade na Aragonesa, mas desta vez por ter suficiente paciencia para aturar-me!

32 Cineasta Dois

Já estava na hora de voltar há estrada, mas queria pedir um autografo ao Luis mas ele não me respondeu. Como castigo teve que me segurar no capacete para fazer esta foto!


Última edição por LoneRider em Seg Maio 04 2015, 13:12, editado 1 vez(es)

________________________
Vrummm V

ENDLESS ROAD
avatar
LoneRider
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


http://loneride.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aragão por Lone Rider-As Cinco Villas

Mensagem por Carlospira em Seg Maio 04 2015, 09:58

Boas,

Mais uma excelente voltinha por terras de nuestros hermanos !!!!
Muito boas fotos e explicações históricas do que e onde que...
Carreguei aí muitas vezes perto de Tauste ( Bunuel , na fábrica das eólicas. )

Mais um Mérito então para a próxima.

Um braço

________________________
CARLOS PIRES
Mama Sumae !!
avatar
Carlospira
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Uncastillo, o Pozo Pigalo e Biel

Mensagem por LoneRider em Seg Maio 04 2015, 13:50



A estrada volta a torcer-se em curvas rapidas, de bom asfalto e um dia que convidava a torcer a orelha à Dorothy!
As Paisagens são deslumbrantes, com os picos dos Pirineus cobertos de neve como que despedindo-se do inverno, deixando-se lentamente derreter pelos raios de sol!
Sol esse que já aquecia o suficiente para nos fazer suar debaixo das protecções...

33 Un Castillo

Como seria de esperar as curvas acabam-se....
E aparece no horizonte as ruinas de um dos castelos mais valentes de toda a idade media. Era tão importante que deu o seu nome ao povo, derivando de la Fabla Aragonesa de “Um Castelo” para o Castelhano de Uncastillo! Ou seja “Um Castelo” ou “O Castelo”!

34 Uncastillo 2

Trata-se de mais uma perola medieval, onde viveram as tres culturas, onde reis se fizeram famosos nas batalhas, onde Almanzor mandou executar os cavaleiros que fez prisioneiros.
Guardem este Nome (Almanzor) pois eu já sei onde ele perdeu o Tambor!

36 Uncastillo 3

Com Dorothy a descansar era tempo de queimar calorias pelas ruas de Uncastillo, todas elas estreitas e ladeadas por casas centenarias, tecendo uma trama labirintica que deixaria os intrusos desorientados.

37 Uncastillo 4

Apesar de tremida (seria muito melhor com o Shaker do Barman nas mãos que com uma maquina fotografica), aqui podemos ver uma das maiores dificuldades para conquistar o castelo. Estava asente num massiço rochoso elevado de muito dificil acesso.

38 escadaria

Tanto que, para se poder aceder as mesmas escadarias foram talhadas na rocha.

39 Accesso

Do castelo apenas existe as fundações da muralha a Torre de Menagem e parte do palacio real que foi construido posteriormente.

40 Palacio

O palacio!

40.1 Torre de menagem

A Torre de Menagem que nos dias de hoje alberga um museu que conta a historia do povo e do Castelo.

41 Construção

Desde a sua construção, materiais utilizados e tecnicas utilizadas....

41 Contrução 2

...até as ferramentas e as artes utilizadas para a construção do mesmo!

42 Arma 1

Uma besta, arma tão popular na Idade Media como a Espada do Cavalheiro!

43 Arma 2

Mas a Torre guardava-nos as vistas...

44 Uncastillo

Uncastillo!

45 Palacio

O Palacio Real de Pedro IV El Parcimonioso.

46 Ruinas e Uncastillo

E as ruinas, vista aerea que nos faz tomar noção do grande que era o castelo...

47 Santa Maria

Esta é a Igreja de Santa Maria, que dá acesso ao entramado de ruelas do centro antigo.

48 Portico

Mais um portico Gotico de beleza rara, poluido pelas convocatorias ao culto....

49 Torre e Portico

Uma vez mais, Dorothy e estrada. Desta feita com um piso abandonado desde há muito, cheio de lombas, sujo e necessitado de manutenção.
Ate derivarmos por um caminho de “cabras”, nada mais que 8km de caminho de terra batida, felizmente seco, mas cheio de buracos, pedras soltas e areia nos flancos.
Nada apetecivel para a Dorothy que reclamou o mau trato que lhe estavam a dar.

50 Dorothy

La chegamos ao sitio do crime, onde ouvimos o murmulho das Aguas, e o verde nos trouxe de volta há tranquilidade!
Pozo Pigalo é fruto da teimosia do rio Arba, que queria passar por ali e foi vencendo as rochas que se opunham.

51 Piscina Natural

Em Março as agua são pouco convidativas, mas dentro de 3 ou 4 meses havera muitos metidos nela!
A paragem é diferente, rodeada de pinhais que conferem o fresco necessario para fazer um picnic em pleno verão, com o premio de poder-se tomar uma banhoca!

52 Cascata

E aqui esta o Arba, que pouco a pouco demonstra que agua mole em pedra dura, tanto bate até que fura!

54 Liescas

E aqui esta Luesia, outro posto avançado mandado construir pelo Batalhador, donde actualmente sobressaem o que resta da torre e a Igreja Matriz.
Era tempo de regressar, era tempo de fazer a estrada cheia de curvas, desta vez com o piso em muito melhores condições, para visitar o berço do esplendor de Aragão!

55 Torre de menagem de Biel

Este palacio fortificado, que outrora foi parte de um majestoso castelo, viu nascer Alfonso I o Batalhador, que foi senhor de Biel e depois de coroado, Rei de Aragão e, por se ter casado com a Dona Urraca (rainha de Castela), Imperador da Peninsula. Foi ele que arrebatou Sara Custa (Zaragoza) e cristianizou grande parte do territorio aragonês que hoje conhecemos. Foi ele o predecessor de toda uma epoca de Gloria em Aragão, que culminou com a Conquista de Valencia 300 anos depois, com o dominio do mar mediterraneo e com a conquista dos Reinos de Napoles e Cecilia.

56 Biel

Biel hoje é um povo pacato, sereno, mas no seco X e XI foi a base de assalto a territorios dominados pelos mouros em praças fortes como El Frago que durante anos a fio alternou entre ambos bandos dada a sua posição estrategica.

As Cinco Villas foram, portanto, importantes no desenvolvimento económico de Aragão, os seu campos ferteis, planos e aráveis, para alem de regados pelos rios que desciam do Pirineu (Arba, Aragão, entre outros) permitiam aos senhores daquelas terras não sofrer de problemas de abastecimento.
Como se fosse pouco, naquelas terras nasceram pessoas relevantes na historia, tanto de Aragão como da Peninsula e, tambem se pode dizer, do Mundo.
A estrada para casa foi feita com calma, num debate meio aceso sobre como voltar para ver o tanto que ficou por ver e os objectivos que teriamos que concretizar num futuro breve.
Uma voltinha de 380 km, com caminhos há mistura, muitas curvas e umas quantas viagens ao passado que nos fizeram tomar consciencia de como era a vida naquele então!

________________________
Vrummm V

ENDLESS ROAD
avatar
LoneRider
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


http://loneride.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aragão por Lone Rider-As Cinco Villas

Mensagem por Rambo em Seg Maio 04 2015, 18:33

Bonita aula de História!
avatar
Rambo
A tirar a carta
A tirar a carta


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aragão por Lone Rider-As Cinco Villas

Mensagem por Zecacbr em Seg Maio 04 2015, 19:10

Muito bem, és uma autentica enciclopédia histórica!!

Saia mais um  Mérito
avatar
Zecacbr
Já conduz... mal!
Já conduz... mal!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aragão por Lone Rider-As Cinco Villas

Mensagem por Carlospira em Ter Maio 05 2015, 08:14

cheers cheers cheers cheers cheers cheers

Motard Motard

________________________
CARLOS PIRES
Mama Sumae !!
avatar
Carlospira
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aragão por Lone Rider-As Cinco Villas

Mensagem por Elisio FJR em Ter Maio 05 2015, 11:32

Não entendi nada!!!!!!!!!!!!

Parece que arranjaste uma mulher de 1,85m e a Dorothy parece uma 250 cm3!!!

Mas dei 1 M à mesma!!!

________________________
MY LIFE IS A HELL!!!
avatar
Elisio FJR
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aragão por Lone Rider-As Cinco Villas

Mensagem por LoneRider em Qui Maio 14 2015, 01:00

Obrigado Elísio! Fixe

________________________
Vrummm V

ENDLESS ROAD
avatar
LoneRider
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


http://loneride.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aragão por Lone Rider-As Cinco Villas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum