Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Pub
Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
» A estrada mais longa. EN2
por Espsanto Hoje à(s) 15:19

» Ataque às motos e os dados de sinistralidade
por AMCosta Ontem à(s) 19:36

» [Via Verde] Pagamento por processamento de foto
por Zecacbr Qui Jan 18 2018, 16:03

» [Novidade] Honda X-ADV 2018
por Serzedo Ter Jan 16 2018, 14:25

» Crónica de um Domingo azarado...
por LoneRider Ter Jan 16 2018, 05:27

» Eskimós 2018
por k u p Seg Jan 15 2018, 22:29

» Rota dos Balcãs - 2017
por Vítor Soares Seg Jan 15 2018, 14:38

» Lés a Lés 2018
por LoneRider Sab Jan 13 2018, 21:02

» [Notícia] Airbags obrigatórios no MotoGP em 2018
por Serzedo Qui Jan 11 2018, 16:11

» Calendários de Mototurismo FMP - 2018
por AMCosta Qui Jan 11 2018, 14:23

» Aluguer de Motos em São Miguel
por viteze Dom Jan 07 2018, 15:14

» [Legislação] Tarifas das inspeções técnicas a veículos rodoviários
por Serzedo Qua Jan 03 2018, 11:10

» Outono no Gerês
por nunomsp Sex Dez 29 2017, 16:55

» N2 Aljustrel a Pedrogão Grande
por Espsanto Qui Dez 28 2017, 22:39

» [Novidade] Royal Enfield Himalayan, uma aventura “low cost”
por Espsanto Qui Dez 28 2017, 21:49

» Será "mototurismo" ou "moto-turismo"?
por laabreu Sex Dez 22 2017, 11:31

» Benelli Scrambler
por tmr77 Ter Dez 19 2017, 22:50

» [Revista] YAW - a primeira publicação, alimentada a gasolina.
por Serzedo Seg Dez 11 2017, 18:25

» Evento de Natal do M&D dias 2 e 3 de Dezembro Actualizado 01/11/2017
por carlos lopes Sex Dez 08 2017, 13:26

» [Legislação] Conduzir motas aos 14 anos...
por nunomsp Qui Dez 07 2017, 12:24

» [Novidade] MV Agusta Turismo Veloce - 2018
por LoneRider Sex Dez 01 2017, 18:14

» [Notícia] Moto Clube do Porto distinguido pela FIM
por LoneRider Sex Dez 01 2017, 18:05

» [Ocupar tempo] Fazer réplicas de motas em papel
por Serzedo Qui Nov 30 2017, 12:43

» 2017 - Normandia e Vale do Loire
por hugo machado Qua Nov 29 2017, 09:28

» Serra da Estrela - Cores de outono
por carlos lopes Ter Nov 28 2017, 21:18

» [Entrevista] André Pires - GP Macau & Isle of Man TT
por carlos lopes Seg Nov 20 2017, 20:41

» De Moura a Baucau "Out of the Box"
por Espsanto Sex Nov 17 2017, 21:53

» Caminito D´Del Rey
por Espsanto Ter Nov 14 2017, 19:31

» [Notícia] Fim da revista Motociclismo?
por Serzedo Seg Nov 13 2017, 16:56

» [Novidade] Yamaha Tracer 900 GT - 2018
por piratao Dom Nov 12 2017, 20:42

» [Novidade] Agora o Motos & Destinos também no Topic'it
por Espsanto Sex Nov 10 2017, 23:11

» [Notícia] Miguel Oliveira vence Grande Prémio da Austrália
por carlos lopes Ter Nov 07 2017, 20:29

» De Lisboa a Sagres pela Costa Vicentina
por Nfilipe Dom Nov 05 2017, 15:34

» PARQUE NATURAL DE SOMIEDO - Viagem de Verão
por Espsanto Sex Nov 03 2017, 23:31

» AJUDA PARA CASTANHEIRA DE PERA
por Panzer Tank Dom Out 29 2017, 13:51

» O Caminho de Mota para a India
por Joao Luis Dom Out 29 2017, 10:03

» 3 dias pelo Alto Alentejo e Beira Baixa
por LoneRider Sex Out 27 2017, 19:20

» Viagem a Évora na nova (usada) mota
por Cesar Filipe Sex Out 27 2017, 19:15

» O regresso a Monsanto
por Cesar Filipe Qua Out 25 2017, 00:38

» TRAVELER´S EVENT
por banglentininkas Seg Out 16 2017, 10:22

» Costa Alentejana
por Pedro Rodrigues Qui Out 12 2017, 00:11

» Volta ao Mundo de Francisco Sande e Castro
por Espsanto Ter Out 10 2017, 22:07

» Redescobrindo o Brasil
por Espsanto Ter Out 10 2017, 21:54

» 2017 - Milão/Stelvio/Dolomitas/Liubliana/Verona
por Espsanto Ter Out 10 2017, 21:27

» Uma Viagem ao Centro do Mundo...
por Joao Luis Seg Out 09 2017, 13:55

Tempo
Al!ve FM

Quarta-feira das 21h às 24h Burn - A hora dos motards

Mapas
Flux RSS


MSN 
AOL 


Doação por Paypal

Férias 1983

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Férias 1983

Mensagem por Rui em Seg Mar 07 2011, 23:07

Férias em Forvel 125 1983

Na segunda quinzena de Agosto de 1983 eu e o meu amigo João decidimos fazer umas férias de moto até um destino que preenchia o nosso imaginário, São Pedro de Moel. Como ele tinha uma “pequena” Casal de 2v decidimos ir ambos na minha “enorme” Forvel 125 com motor Hodaka a 2 tempos. Eu na altura ainda fumava e deu-me para comprar este charuto. A moto tinha custado 80 contos nova (400 euros para os mais novos) e era feia q.b. Eu tirei-lhe logo uns autocolantes que trazia e, quando juntei mais algum dinheiro, pintei os guarda-lamas à cor e lá ficou mais apresentávelzita. Tinha vontade própria e sabia que eu não morria de amores por ela e que só a comprara porque a guita não dava para mais. Então, ressentida, pregava-me umas partidas. Ora aproveitando aselhice ou distracção minha, ora por ter pneus de “plástico”, ou por lhe ter posto um descanso lateral soldado ao quadro e que engatava nas guias, a descer passeios, ou por ter problemas de embraiagem, enfim…volta e meia, mandava-me ao soalho. Eu comparava-a a um cavalo manhoso, chateava-se e aqui vai. O problema com a embraiagem era este: Ao fazer ponto de embraiagem ela patinava e agarrava logo de seguida, como quem faz kits, mas só e quando lhe dava na veneta. Acho que lhe dava um certo gozo pôr-me a apanhar bonés: patinava, esperava que o motor subisse de regime e agarrava, voltava a patinar e voltava a agarrar. Estão a ver a cena, a roda da frente com vontade própria, aos saltos. Isto acontecia em qualquer altura mas mais quando o motor estava bem quente. Uma vez, a sair do Liceu de Gaia onde estudava à noite, quis armar aos cucos com um arranque à Fangio, ela fez a “habilidadezinha” dela. Grande cavalada sem eu contar, desviou-se da trajectória e só parei nas grades do liceu para gáudio de todos (e todas) os que assistiam…

Bem… no dia combinado lá fui ter a casa do João para amarrarmos as trouxas e partir para férias. Quando a moto estava já prontinha começou a chover para benzer a viagem, pelo que decidimos arrancar apenas quando parasse. Primeiro porque não tínhamos morto ninguém, segundo porque não tínhamos ninguém à espera, terceiro porque simplesmente não tínhamos fatos de chuva. Além disso fato de chuva era coisa de velhote ou de cócó, que eu me recusava a usar. Choveu toda a manhã e toda a santa manhã esperámos. Lá arrancámos após o almoço. Fomos pela estrada nacional 1, não para fugir às portagens mas, porque aquilo que veio a ser conhecida por A1 começava no Porto acabava nos Carvalhos de onde nós saímos. O resto estava ainda em construção.
À saída da Branca, apanhámos um susto tremendo. De repente ouve-se aquilo que parecia um estouro porque o silenciador do escape tinha saído disparado. Era um escape horrível, cromado, a fazer lembrar os antigos “rabo de peixe” mas a alargar para a extremidade e bojudo. Sem a panela silenciadora transformava-se num megafone. A moto ao ralenti parecia uma metralhadora pesada a disparar. Parámos. A panela jazia uns 30 metros antes e foi fácil de localizar mas a “porca da fêmea” que ao soltar-se, dera o sinal de partida ao silenciador, deu-nos uma tanga... Quando eu já estava a começar a flipar lá apareceu.



(Reparem na qualidade do top case e do saco depósito feitos à medida para este modelo).


No devido lugar, continuamos até Leiria onde parámos para um cigarro e retomámos o resto da viagem



(reparem nos veículos que me rodeavam ainda muito actuais na altura)

pela Marinha Grande até São Pedro de Moel. Instalámo-nos no parque de campismo.




Como tínhamos sido escuteiros, tínhamos aprendido, à custa de alguns petiscos intragáveis e muita ráfia a confeccionar as nossas próprias refeições.



Para nossa admiração, S. Pedro de Moel, à noite, era uma pasmaceira e por isso a meio do dia seguinte decidimos ir para a Nazaré e ficar no Orbitur. Chegámos do meio para o fim da tarde. Fizemos o check in e lá fomos devagarinho na moto à procura de uma zona que tivesse miúdasdebaixo do olhar atento de alguns estrangeiros. Tudo malta nova. Fui lá abaixo dar a volta e toca a fazer ponto de embraiagem para subir. A moto lá devia estar cansada ou o que foi e brindou toda a plateia com uns pinotes da roda a frente. Boa disposição geral e bom tema de conversa porque ninguém estava a perceber porque raio estava eu a fazer aquelas piruetas. Deixei a moto lá quietinha, tirámos a bagagem, montámos a tenda e fui buscá-la mais tarde quando estava mais “calma”.



O parque tinha pouca gente e na zona onde decidimos ficar estavam quatro francesas e um motard belga que era barman e viajava pela Europa numa Honda CB 400 dourada. Uma das francesas era muito espaçosa, outra estava a ser o alvo das atenções do belga e as outras duas eram muito amigas, demasiado amigas, mas eram todos impecáveis.





(A aprender a comer tremoços...)



Passámos uma semana muito divertida. No regresso, perto de Pombal, fomos alcançados pelo belga que seguia também em direcção ao Norte. Parámos para tomar um café e como ele não tinha destino obrigatório ficou decidido que então ficaria em minha casa dois dias antes de seguir para a Bélgica.
A sua moto tinha a grade traseira partida, e um aloquete em U inutilizado por ter perdido a chave. Levei-o a um mecânico amigo que lhe soldou a grade por tuta-e-meia e fui com ele à rua dos Caldeireiros, ao Porto, para que, com uma chave mestra, lhe fosse feita uma nova chave para o cadeado. Achou tudo baratíssimo.
Como era barman, demos-lhe a provar bagaço de vinho verde caseiro. As aguardentes do centro da Europa embora tenham um cheiro intenso têm um paladar suave enquanto que o bagaço, especialmente o de vinho verde, dissimula, por detrás daquele cheirinho adocicado, toda a pólvora que contém. Le Belge, como lhe chamávamos pois nunca soubemos o seu nome, meteu o seu nariz de expert no balão e acenou com a cabeça num misto de surpresa e aprovação. Então, sorveu um gole demasiado grande e pensávamos que morria. Quando os vapores do bagaço lhe chegaram à goela desatou a tossir, ficou transfigurado, os olhos raiados de sangue e banhados em lágrimas, sem conseguir falar e quando o conseguiu fazer disse: “Ça c’est fort, ahn?” com voz de falsete. Baptizou a bebida com o nome de Hot Stuff e como fazia questão de comprar algum, e daquele não havia à venda, uma amiga minha ofereceu-lhe uma garrafa para levar para a Bélgica. Estava morto por praxar os amigos. No dia seguinte Le Belge, depois de quase de 2 horas para conseguir pôr a moto a trabalhar lá partiu com o seu Hot Stuff. Passados 10 dias acabaram-se as minhas férias e entrei para o serviço militar. Devo ter ganho gosto pelas férias em moto e no ano seguinte fiz a viagem a Andorra que também já contei...
avatar
Rui
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


http://www.com4riding.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias 1983

Mensagem por Rui Ribeiro em Ter Mar 08 2011, 00:09

Esta ainda não conhecia Rui!!
Espectáculo eheheheh

A forma como vocês viajavam na altura é que era uma moca do caraças!!
Hoje precisamos de tudo ... dantes não havia nada!! lol!

________________________
Rui Ribeiro
avatar
Rui Ribeiro
A tirar a carta
A tirar a carta


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias 1983

Mensagem por Rui em Ter Mar 08 2011, 00:16

@Rui Ribeiro escreveu:Esta ainda não conhecia Rui!!
Espectáculo eheheheh

A forma como vocês viajavam na altura é que era uma moca do caraças!!
Hoje precisamos de tudo ... dantes não havia nada!! lol!

Obrigado Rui. Dantes já havia o mais importante que era o espírito... V

PS: este João é o "nosso" JLoureiro Fixe
avatar
Rui
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


http://www.com4riding.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias 1983

Mensagem por Rui Ribeiro em Ter Mar 08 2011, 00:21

@Rui escreveu:
@Rui Ribeiro escreveu:Esta ainda não conhecia Rui!!
Espectáculo eheheheh

A forma como vocês viajavam na altura é que era uma moca do caraças!!
Hoje precisamos de tudo ... dantes não havia nada!! lol!

Obrigado Rui. Dantes já havia o mais importante que era o espírito... V

PS: este João é o "nosso" JLoureiro Fixe

Se não dissesses, não o reconhecia!!
Abraço aos dois.

________________________
Rui Ribeiro
avatar
Rui Ribeiro
A tirar a carta
A tirar a carta


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias 1983

Mensagem por LoneRider em Ter Mar 08 2011, 08:53

Muita fixe Rui!

Acho que hoje tens sauddes da Forvel!
No fundo, no fundo era uma mota espectacular, ema verdadeira acrobata! Twisted Evil Twisted Evil






P.S.: Merito atribuido!

________________________
Vrummm V

ENDLESS ROAD
avatar
LoneRider
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


http://loneride.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias 1983

Mensagem por Helder em Ter Mar 08 2011, 12:09

@Rui Ribeiro escreveu:Esta ainda não conhecia Rui!!
Espectáculo eheheheh

A forma como vocês viajavam na altura é que era uma moca do caraças!!
Hoje precisamos de tudo ... dantes não havia nada!! lol!

Sem duvida, nós hoje temos top-case, sacos de depósito, intercomunicadores, fatos xpto e tudo o resto.

O prazer esse penso que seja mais ou menos o mesmo.

E ainda por cima não era proibido fumar nos restaurantes, só isso já marcava a diferença. Há lá coisa melhor do que fumar uma cigarrada quando e onde se quer e não quando e onde nos deixam.

Muito boa crónica, toma lá mais um mérito. Bolas que daqui a pouco esgoto o meu crédito de hoje e ainda pouco passa do meio-dia Laughing
avatar
Helder
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias 1983

Mensagem por Serzedo em Ter Mar 08 2011, 12:53

Excelente, maravilha, que belos tempos eram, eu ainda não era nascido Laughing

"V"

________________________
Google+ | | Mototurismo a dois | | Spritmonitor.de
Andar de mota é uma arte e cair... faz parte!! Fábio Pereira é o meu nome, Serzedo a minha terra.
avatar
Serzedo
Manda chicotadas.
Manda chicotadas.


http://www.mototurismoadois.pt.vu

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias 1983

Mensagem por Luís Azevedo em Ter Mar 08 2011, 14:10

Excelente Rui. Esse baú é só preciosidades.
Levas um mérito bem merecido.
avatar
Luís Azevedo
Ainda é motorato!
Ainda é motorato!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias 1983

Mensagem por carlos lopes em Ter Mar 08 2011, 19:35

Como é bom reviver velhos tempos Very Happy
Ese esses velhos tempos tiverem a ver com motos e passeios cheers cheers
avatar
carlos lopes
Já conduz... mal!
Já conduz... mal!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias 1983

Mensagem por carlosferreira em Ter Mar 08 2011, 22:49

Belos passeios em outros tempos
avatar
carlosferreira
Motociclista a começar.
Motociclista a começar.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Férias 1983

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum