Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Pub
Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
» Redescobrindo o Brasil
por Saulo wds Hoje à(s) 11:02

» BMW CKLT Jantar das Terças Feiras By João Luis
por Joao Luis Ontem à(s) 22:42

» Uma Viagem ao Centro do Mundo...
por Joao Luis Ontem à(s) 21:59

» [Notícia] Ana Carrasco é primeira mulher a vencer num Mundial
por carlos lopes Seg Set 18 2017, 21:54

» Rota dos Balcãs - 2017
por Vítor Soares Seg Set 18 2017, 13:51

» picos da europa 2017
por Carlospira Qua Set 13 2017, 21:46

» [Notícia] Federação de Motociclismo oferece árvores
por Serzedo Qua Set 13 2017, 09:40

» Casamento Nádia & Fábio
por Serzedo Ter Set 12 2017, 20:34

» No Cabo de Gata
por Saulo wds Seg Set 11 2017, 12:45

» como transportar moto do brasil para portugal
por luisfilipe Sex Set 08 2017, 22:00

» AJUDA PARA CASTANHEIRA DE PERA
por Joao Luis Sex Set 08 2017, 01:37

» Mais do mesmo... mas diferente: Tomates aos Picos!
por Joao Luis Qua Set 06 2017, 18:16

» TRAVELER´S EVENT
por mistralV104 Sex Set 01 2017, 21:26

» De Lisboa aos Picos da Europa (4 dias)
por diariodoviajante Seg Ago 28 2017, 11:53

» 4 dias por Toledo, Segóvia e Ávila
por diariodoviajante Seg Ago 28 2017, 11:50

» [Ensaio] Suzuki V-Strom 650 - 2017
por Cesar Filipe Sex Ago 25 2017, 17:03

» O Caminho de Mota para a India
por Saulo wds Qui Ago 24 2017, 12:52

» [Crónica] - N2 de Faro a Chaves em 2 dias e meio!
por nunomsp Qua Ago 23 2017, 22:30

» De Lisboa a Sagres pela Costa Vicentina
por nunomsp Qua Ago 23 2017, 22:22

» 3 dias pelo Alto Alentejo e Beira Baixa
por nunomsp Qua Ago 23 2017, 22:21

» planear viagens com o TyretoTravel
por nunomsp Qua Ago 23 2017, 22:17

» Diário do Viajante
por diariodoviajante Ter Ago 22 2017, 14:20

» Passeio a Santiago de Compostela
por Cesar Filipe Qua Ago 16 2017, 22:01

» As melhores estradas para conduzir... em Portugal!
por Saulo wds Ter Ago 15 2017, 11:29

» [Notícia] Rossi 'enxotou' ministra checa
por Serzedo Sex Ago 11 2017, 12:30

» gp. aparecida, valpaços, xassos...
por Serzedo Sex Ago 11 2017, 12:10

» SIERRA NEVADA - Las Alpujaras
por Carlospira Qui Ago 10 2017, 22:31

» Competição
por Rico Sousa Ter Ago 08 2017, 15:32

» Escócia 2017
por Swift Ter Ago 08 2017, 11:46

» [Notícia] Mig44 3.º no GP da Repúlica Checa
por Serzedo Dom Ago 06 2017, 16:36

» Viagem a Évora na nova (usada) mota
por Serzedo Qua Ago 02 2017, 14:15

» 22º Encontro Mundial dos Amigos 2CV
por Espsanto Seg Jul 31 2017, 10:31

» Rodagem dos 1000kms
por Carlospira Qua Jul 26 2017, 13:51

» [Notícia] Max Biaggi despede-se do motociclismo
por carlos lopes Ter Jul 25 2017, 21:07

» [Encontro] Porto recebe passeio de motos clássicas
por Espsanto Qui Jul 20 2017, 22:40

» GRANADA ( Al Andaluz II parte)
por nunomsp Ter Jul 18 2017, 10:50

» [Teste] Suzuki V-Strom 1000 - Fiel Companheira
por nunomsp Ter Jul 18 2017, 10:19

» Benelli trk 502 ABS
por klebsiela Qui Jul 13 2017, 07:29

» Bósnia 20 anos depois
por Carlospira Ter Jul 11 2017, 05:55

» [Notícia] Miguel Oliveira surpreendido com 3.° lugar
por Serzedo Seg Jul 10 2017, 23:51

» [Legislação] Estacionamento para pessoas com deficiência
por Serzedo Sex Jul 07 2017, 09:37

» VIAGEM PELO AL ANDALUZ
por Elisio FJR Ter Jul 04 2017, 11:55

» 2016 - Les Pyrénées e Côte d'Azur
por hugo machado Ter Jul 04 2017, 09:22

» Normandia 2013
por Serzedo Ter Jul 04 2017, 00:33

» [Notícia] Mig44 foi 2.º no GP da Alemanha
por so.usa Seg Jul 03 2017, 21:22

Tempo
Al!ve FM

Quarta-feira das 21h às 24h Burn - A hora dos motards

Mapas
Flux RSS


MSN 
AOL 


Doação por Paypal

Redescobrindo o Brasil

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Ter Ago 01 2017, 14:56

Segundo a lenda foi no dia 22 de abril do ano de 1500 que as Terras de Vera Cruz foram avistadas pela primeira vez pelo português Pedro Alvares Cabral e assim descobriu-se o Brasil.
Através deste Tópico venho apresentar a vocês algumas andadas que este Motociclista tem feito por todos os cantos do Brasil.
Existe um termo que eu gosto de usar que é Motofotografia e é através da Motofotografia recheada de algumas histórias que eu convido a todos vocês a virem comigo a Redescobrir o Brasil.

Ou seja, o titulo Redescobrir o Brasil é uma alusão simplista ao descobrimento do Brasil pelos portugueses sem nenhuma finalidade histórica a não ser mostrar um pouco desta terra através do olhar Motociclistico. Vou relatar aqui histórias aleatórias de algumas viagens já realizadas, mostrando a vocês partes de um país pouco conhecido e muitas vezes desconhecido até mesmo pelos próprios brasileiros. Então meus amigos bora Redescobrir o Brasil!




avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Ter Ago 01 2017, 15:07

E a primeira história que eu venho contar é sobre uma grande travessia realizada na praia do Cassino, já ouviram falar desta praia? Constando no Guiness Book como a maior praia em extensão do mundo com mais de 254 km de comprimento, que se estende desde a cidade de Rio Grande até o Chuí no extremo sul do pais fronteira com o Uruguai. Bora lá!!

avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Ter Ago 01 2017, 15:20

Cassino - A maior praia do mundo

Você pensa o que? Trips de Motos nos rendem lições para o nosso dia a dia até mesmo fora das estradas.
Quando estiver fazendo algo e alguém desmotiva-lo de alguma forma, persista e vá até lá, não desista porque alguém disse que não vai dar certo.

Dito isto eu explico, Uma noite antes de chegarmos ao Chui, um amigo que passava o final de semana em Ermenegildo " Praia que disputa com Cassino serem as maiores do mundo," nos ligou e disse, não venham, vocês não terão maré, as ondas estão batendo nas pedras.

Ficamos sabendo que num posto do Chui haviam alguns frentistas que costumavam subir para Rio Grande pela praia com suas Motos, e aproveitamos que iriamos abastecer fomos até lá pedir dicas, mais uma vez a dica não era boa, A questão era que havia chovido muito os ultimos três dias e segundo eles as lagoas estavam transbordando fazendo com que os riachos que se formam pela praia estariam muito altos, portanto não aconselhavam nossa subida, e para diminuir ainda nossa esperança, na noite anterior insistiu em chover novamente.

Diante dessas noticias desanimadoras. Na véspera marcamos todos de irmos pelo menos comemorar o fato de termos Chegado ali no Chui, e assim fizemos... Vamos comemorar o hoje porque o amanhã só amanhã.

Com este pensamento mantivemos nossa programação de estarmos todos as 9:00 hr. na Barra do Chui, com os pneus já descalibrados com 22 Libras, com combustível reserva, água e alimento para as seis horas de travessia e com nossas Motos na areia, então, poderíamos decidir de daria ou não para nós .





Já na faixa de areia dura, constatamos o que as previsões oficiais estavam certas, a maré começou a vazante exatamente as nove horas, e o vento sul soprava a nosso favor, e foi assim que decidimos. Vamos fazer o que viemos aqui para fazer, vamos subir pela maior praia do mundo.




Andamos 30 km pela praia e a tenção inicial já tinha idi embora, foi quando chegamos no Hermenegildo ali fomos surpreendidos pelas ondas, no mesmo instante me veio aquele pensamento, Puts, aquele nosso amigo que ligou ontem tinha razão, não vamos conseguir.

Desatolamos a Moto do Luis que ficou entre a as ondas a areia e as pedras, Foi quando um morador nos avisou que por ali não conseguiríamos passar, nos disse para sair da praia e dois km a frente retornássemos para areia porque aquele era o único desvio dos 244 km que tínhamos pela frente.

Saímos da praia para fazer o contorno e confesso que naquele momento cheguei a pensar em desistir, mas me lembrei do ditado, " Para traz nem para tomar impulso" e assim acabei ficando corajoso novamente.



Fizemos o atalho de dois km e novamente na praia, de agora em diante seriam mais 214 km sem nenhuma outra saída, ou iriamos até o fim ou voltávamos, Fomos!!

Era pura satisfação, estávamos ali fazendo algo que a anos planejávamos fazer, aquela Trip era um mito pessoal afinal se tratava da Maior Praia do Mundo, eu só não estava totalmente confiante, porque tinha lido vários relatos falando de um tal Conchal " Lugar onde se acumulam restos de conchas formando uma especie de cama fofa de restos de conchas e que conforme a maré poderíamos ter que atravessar por cima dos seus quarenta km de cama fofa do conchal. Para quem é péssimo em areia , ficava imaginando como seria neste tal conchal...



Com a maré continuando a baixar eu ia ficando cada vez mais confiante, a areia dura mais próximo da água as vezes dava impressão que parecia que estávamos no asfalto, mesmo assim continuava aguardando o tal conchal, a Trip tinha tomado o rumo que desejávamos.





Já tínhamos rodado mais de 100 km e tudo que se parecia com civilização tinha ficado para traz, somente o mar a nossa direita e areia a esquerda e assim até chegarmos no farol Abardão, inclusive foi lá no Abardão que ficamos sabendo pelos marinheiros que tomam conta do farol que o pior da Trip já tinha passado, que era o tal Conchal. Quer dizer que o Tal conchal já passou?









Aqui uma foto do temido canchal que passamos sem se quer dar conta que era este o tal

O Pior já passou! Passou e nem percebemos? Muitas coisas na vida são assim, perdemos tanto tempo com preocupações que vão passar e nem vamos perceber. Vamos aproveitar o momento, e aproveitar o momento naquele dia era simplesmente curtir a Trip pela maior praia do mundo, ali num lugar que a natureza ainda é quase intacta e principalmente ao lado de bons e velhos amigos.









Com certeza para mim e acredito que para muitos que atravessam a Praia do Cassino, o ponto alto da Trip seja os restos do que um dia foi o Navio Altair.

Eu tinha onze anos quando ele encalhou ali, e desde aquela época ele esteve em meu imaginário, a principio quando garoto como navio fantasma.

Depois já como Motociclista eu desejava muito fazer parte da historia daquele navio, nem que fosse apenas como espectador de uma cena prestes a acabar, porque, do que ele já foi, resta pouco para que o Altair de adeus ao lugar que mesmo encalhado ele foi por muito tempo o Artista principal.









Com a foto abaixo faço minha homenagem a todos que fizeram parte da vida daquele graneleiro que um dia foi chamado de Navio Altair.



Estando aqui neste momento, como Motociclista eu me sinto muito realizado.

Muitos Motociclistas desejam o Atacama, o Ushuaia, O Alasca...

Eu desejei muito estar aqui.


avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Espsanto em Ter Ago 01 2017, 22:08

Mais uma viagem fabulosa,Saul!São paisagens de dimensões inimagináveis por cá na velha Europa.
Tenta ver algo semelhante em Angola, uma praia deserta de 200Km
http://advrider.com/index.php?threads/angola-its-not-like-they-said.269251/page-10

Espsanto
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Qua Ago 02 2017, 13:15

Espsanto escreveu:Mais uma viagem fabulosa,Saul!São paisagens de dimensões inimagináveis por cá na velha Europa.
Tenta ver algo semelhante em Angola, uma praia deserta de 200Km
http://advrider.com/index.php?threads/angola-its-not-like-they-said.269251/page-10


Ainda não tinha visto esta aventura por Angola. Espetáculo!!

Saiba que levou alguns anos até que pude realizar a Trip pela Praia do Cassino.
Antes fizera duas tentativas Solo, a primeira a mais de 20 anos fui impedido pelos ventos do sul,
a segunda vez por erro no cálculos nas tabuas das marés e por fim em 2014 realizei tal sonho em companhia de grandes amigos.
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Qua Ago 02 2017, 13:51

A segunda história que eu trago tem lá suas pegadas portuguesas!!
Veja vocês as maravilhas que os portugueses eram capazes de construir tão longe da Europa.

Assim como os portugueses se lançavam nas distancias dos mares do mundo, me lancei estradas a fora em busca do Forte Príncipe da Beira. vejam só como são as distâncias aqui no Brasil, da minha casa até as proximidades do Forte são 3100 km, é isto mesmo!! três mil e cem quilômetros para ir e outro mesmo tanto para voltar. Será que valeu a pena!! Então bora lá Redescobrir o Brasil.


O Real Forte Príncipe da Beira, na margem direita do rio Guaporé, fronteira natural entre o Brasil e a Bolívia, é o mais antigo monumento histórico de Rondônia. Sua construção foi iniciada em 2 de junho de 1776 pelo engenheiro Domingos Samboceti, que faleceu de malária durante a obra; e concluída em 20 de agosto de 1783 pelo capitão engenheiro Ricardo Franco de Almeida e Serra.

Sua construção teve o objetivo de consolidar a posse da coroa portuguesa sobre as terras à margem direita dos rios Guaporé e Mamoré, no extremo noroeste do Brasil. Localiza-se há mais de 3.000 km do litoral, em ponto ainda hoje de difícil acesso, e em pleno coração da grande floresta Amazônica. Suas coordenadas geográficas são: 12° 25' 47'' de latitude sul, 64° 25' 22" de longitude oeste, e a altitude 220 m.

Fonte: http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=575235
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Qua Ago 02 2017, 13:56

Real forte Príncipe da Beira - Costa Marques - RO


Há muitos anos, bem antes de um dia imaginar realizar a Rota das Fronteiras, li uma matéria que eu encontrei numa revista antiga dos anos 70, que contava a história de um forte construído pelos portugueses no coração da amazônia. Não me recordo de toda narrativa da historia contada na revista, o pouco que me lembro é que eles contavam a saga do primeiro caminhão a sair de São Paulo e chegar a Costa Marques mais de 60 dias depois..Pois é, aquela aventura ficou na minha cabeça e eu pensei comigo; Um dia eu vou a Costa Marques.

Muito tempo passou depois que eu li aquela revista, até que um dia planejei a Rota das Fronteiras e traçando a Rota percebo que o caminho traçado beirando o rio Guaporé fronteira com a Bolívia me levaria até costa Marque e o Real Forte Príncipe da Beira, Desde quando parti de São Paulo muitos dias atrás sonhei com este lugar, quando passei pelas divisas do estados e cheguei em Rondônia me dei conta que estava bem próximo de realizar a grande aventura que eu havia me inspirado numa revista publicada a mais de 40 anos, me dei conta que a parti dali eu mesmo escreveria a minha história que um dia sonhei realizar em sobre duas rodas. Não pensem que chegar aqui mesmo nos dias de hoje me faltou a aventura, rasgar as estradas no coração da amazônia ainda hoje uma saga...Pelo menos é assim que eu gosto de pensar!!!


Quer chegar aqui também, então vamos lá, corte o estado de São Paulo, siga as Minas Gerais, por Goiás vá rasgando estradões, e venha subindo todo estado do Mato Grosso e em Rondônia seguindo pela BR 364 passe primeiro por Vilhena siga até Pimenta Bueno chegando lá dobre a esquerda passe por Nova Estrela, Rolim de Moura, São Miguel do Guaporé, e é aqui que a aventura começa, é aqui pelas estradas de terra que vou rasgando a floresta e mais algumas horas estarei a margem do Mais belo dos rios de Fronteira o Guaporé.
Costa Marque e as praias do Guaporé são lindas, porem na vila antiga beirando a margem do rio ainda hoje é do mesmo jeito que imaginei que este lugar fosse quando li pela primeira vez aquela revista de aventura.









O Forte Real Príncipe da Beira esta a pouco mais de trinta km do centro da cidade, há uma estrada em ótimas condições mantidas pelo exercito para chegar lá, mas eu escolhi rasgar uma trilha serpenteando as curvas do Guaporé sempre avistando do outro lado da margem a Bolívia. Porque foi assim que eu sonhei a Rota das Fronteira. Cheguei ao forte por caminhos que ninguém hoje em dia quer chegar, mas garanto a vocês que foram estes últimos 30 km que me deram o verdadeiro sabor da aventura o mesmo sabor da história contada há 40 anos naquela revista.















avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Qui Ago 03 2017, 10:32

Benção do Papa Francisco O Papa Chico




Em março de 2013 o Papa Francisco foi eleito o 266° Papa, por coincidência na época de sua eleição eu viajava pelo norte da Argentina e eu não fazia ideia que o motivo dos Argentinos estarem comemorando pelas ruas fosse o eleição do Papa... me lembro que fiquei curioso com as comemorações fora de época " Embora parecesse, não era final de Libertadores, sequer de Copa do Mundo" parei num certo lugar para perguntar do que se tratava a comemoração, foi quando fiquei sabendo que um Argentino havia acabado de ser escolhido para ser o novo Papa.
Me lembro que no momento enciumado pensei comigo, tinha que ser um Argentino? Nisso minha viagem pela Argentina acabou e eu voltei para o Brasil....Passado o tempo, o próprio Papa na primeira entrevista que concedeu a um jornalista brasileiro respondeu minha indagação, não sei se vocês se lembram desta entrevista? ele disse assim: Se Deus é brasileiro o Papa é Argentino! Lembram disso? Pois é, depois desta entrevista comecei a me simpatizar com o tal Papa Chico, nessa mesma entrevista ele conta adorava futebol e que era torcedor fervoroso do San Lorenzo, eu fiquei intrigado com tal declaração, não imaginava que Papas torciam para times, ali nascia em mim os primeiros indícios de admiração por aquele Argentino.
Nisso passarão-se alguns meses de sua eleição quando fiquei sabendo que a primeira viagem internacional do novo Para seria para o Brasil, então pronto, eu que não sou católico fiquei de vez cativado pelas expectativas da visita daquele padre Argentino ao Brasil. Foi quando imaginei pela primeira vez, vou fazer romaria e vou de Moto até o Papa no Rio de Janeiro.....E é assim que eu vou contar como foi que Eu Estive Lá.
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Qui Ago 03 2017, 10:38



Benção do Papa Francisco O Papa Chico



Certas coisas acontecem e mesmo estando acontecendo não sabemos o porque! Eu que não sou católico, nem budista, nem crente, nem de religião nenhuma, antes que digam então é ateu? tenho uma fé imensa em Deus, ateus não tem esta fé! E continuando o assunto, eu não sei porque mas aquele Papa me conquistou, não para ser uma de suas ovelhas e sim para ser um grande admirador e por esta admiração é que rodei de São Paulo ao Rio de Janeiro debaixo de muita chuva para ver mesmo que de longe o Papa.
Cheguei no Rio um dia antes do Papa, a cidade estava tomado por jovens de todo o mundo, que estavam lá por causa da Jornada mundial da Juventude católica e também o primeiro evento internacional do pontificado do novo Papa.







Me emocionei muito, eu e meu filho eramos os únicos motociclista a acompanhar aquela multidão de jovens de todas as partes do mundo, naquele momento eu já não me perguntava mais, o que estou fazendo aqui neste frio tomando chuva? um sentimento que religião nenhuma supre tomou conta de mim, O sentimento de amor ao próximo! eu tenho certeza era o sentimentos de todos naquele momento!

Lembram quando eu disse que certas coisas acontecem e mesmo estando acontecendo não sabemos o porque? estávamos ali eu e meu filho acompanhando a Jornada da Juventude Católica quando alguns policiais que faziam a segurança do lugar nos questionaram o que fazíamos de Moto numa avenida que estava aberta somente aos romeiros que faziam suas jornadas a pé? contei a eles que eu estava ali " O Papa que me perdoe, menti!" em nome dos Motociclistas de todo o Brasil que também desejavam estar ali para ver o Papa e que não puderam estar presentes, eles o Policiais e também Motociclista se comoveram com a nossa " Fé" e nos disseram assim o Papa não ira passar por aqui, porem como percebemos a sua nítida abnegação e vontade de ver o Papa te conto que o Papa estará na catedral Metropolitana a menos de uma hora e se vocês quiserem escoltamos vocês até as proximidades da Catedral...Foi assim que descobri que mesmo não sendo Católico, milagres acontecem!! Basta ter fé! E foi assim, que eu e o Danilo o meu filho fomos escoltados até a Catedral e privilegiado por forças divinas pudemos sentir a emoção que sentimos na presença do Papa...E assim eu contei como foi que Eu Estive Lá.













Só quem esteve ali naquele dia chuvoso poderá entender o que nos leva a sentir certas emoções,
foi inevitável, meus olhos insistiam em marejar e mesmo não sendo católico desejei muito que este Papa fosse muito feliz por todo o seu Papado!...Não cheguei a toca-lo, mesmo assim me sentirei abençoado pelo restante de minha vida...Enquanto eu rodar sobre uma Moto aquele será um dia que eu jamais esquecerei!
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Rico Sousa em Sex Ago 04 2017, 19:57

Sem nada q se possa comparar com a trip da praia, me fez lembrar qdo - 1972/74 - o gozo q tinha em andar de mota na areia da praia curtindo longas derrapagens em slide, era uma trail 125. Claro q de volta a casa, trabalheira para pôr a brilhar a dita q ficara suja de areia e algas. Fazia tudo parte da diversão.

________________________

... e vamos com calma!
FJRico
avatar
Rico Sousa
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Sab Ago 05 2017, 12:44

Rico Sousa escreveu:Sem nada q se possa comparar com a trip da praia, me fez lembrar qdo - 1972/74 - o gozo q tinha em andar de mota na areia da praia curtindo longas derrapagens em slide, era uma trail 125. Claro q de volta a casa, trabalheira para pôr a brilhar a dita q ficara suja de areia e algas. Fazia tudo parte da diversão.

Rico, Ainda hoje sempre que posso em viagens pelo litoral eu coloco minha moto na areia.
Já a alguns anos venho realizando um projeto antigo que é percorrer por todo litoral brasileiro priorizando sempre pela areia da praia. São mais de 9.000 kms de praias mais de 70 % delas já percorridas logo eu conto como foi.

Para nós amantes das Motos colocar a moto a brilhar depois de qualquer Trip é sensação unica de reconhecimento dedicação para ela que nos leva e nos traz de volta e principalmente nos leva tudo novamente.
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Sab Ago 05 2017, 12:57

Rota Campos de Cima da Serra



A Rota dos Campos de Cima Serra é um trechos de 100 km de estradas de terra entres os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, trecho que eu recomendo que se faça em dois dias porem eu eu percorri todo o trecho em apenas um se eu puder outro dia volto e demoro ainda mais. Viajar pelo Rio Grande Do Sul em alguns momentos nos remetem a paisagens alentejanas tenho certeza que o alentejano se sentira em casa estando aqui.

Viajar por esta região é descobrir sentimentos, simbologias, conhecer a essência de um povo e envolver-se com suas encantadoras belezas naturais. A cultura gaúcha e a natureza exuberante são os principais atrativos dos Campos de Cima da Serra. Contada por pessoas, por paisagens, pelo sabor da típica comida gaúcha, pelo vento, pelo fogo de chão, pela hospitalidade e pelo misticismo que envolve as rodas de chimarrão. Quem visita os Campos de Cima da Serra sente-se em casa e descobre porque a tradição do gaúcho é tão forte e capaz de tornar uma região inteira inesquecível.



Última edição por Saulo wds em Sab Ago 05 2017, 13:25, editado 1 vez(es)
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Sab Ago 05 2017, 13:11



Rota Campos de Cima da Serra


Esta Rota eu podia escolher sair de São Joaquim - SC 98 km ou de Bom jardim da Serra, qualquer caminho que escolhesse seriam 90 km Off até São Jose dos Ausentes, eu preferi sair de Bom Jardim, Passei a noite na Pousada Encantos da Serra que fica bem em frente ao inicio da estrada para São José dos Ausentes. Logo cedo antes das sete, mesmo com aquele frio tipico da serra já estava tudo pronto, enquanto tomava aquele saboroso café,ouvia as ultimas recomendações do seu Jair dono da pousada, que ainda me dava as ultimas dicas do caminho.









Esta frase escrita na Carroceria de um caminhão na entrada de uma das fazendas da região, deu todo o tom da minha viagem, no dia anterior quase fui desencorajado por algumas pessoas que me desaconselharam não ir por aquele caminho por causa das chuvas que tinham caído dois dias antes,
Ou Seja se eu não tivesse fé não teria ido, " Quem tem fé voa" eu Voei, eu Fui!

Um Pouco mais a frente eu pude constatar que realmente "Quem tem Fé Voa"
Os primeiros e únicos obstáculos daquele trecho foram fáceis, afinal eu tinha Fé, e um bom par de pneus.







Passado aquele obstáculo os Campos da Serra ainda em Santa Catarina vem me dar boas vindas.







Guarita de Apoio na divisa dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, em caso de cheia do Rio Pelotas ninguém passa.



Quando eu Passasse por aquela ponte eu estaria no Rio Grande do Sul.
Agora sim eu vou poder dizer que a Expedição Farroupilha vai começar.


Ponte de Madeira sobre o rio Pelotas divisa de Estado SC/RS


Passar por esta ponte sobre o rio Pelotas na Divisa dos estados era uma realização que a tempos eu perseguia,
inclusive foi num relato do Rigon Hoch que eu me inspirei neste trecho da Trip,
Os anos se passaram e agora eu estava ali e perceber que poucas coisas mudaram desde que li aquele relato, emocionante!!










Agora sim, estou em terra Farrapa


A roda segue girando e o mate de erva buena
vai ter que pular um banco, pois a “querreira” não veio!
A notícia que me deram é que foi ferida na guerra.
Pealada caiu por terra, sem forças para levantar.
Mas sei que se recupera, já viu feridas mais feias.
E ela também faz jus ao sangue gaúcho de luz...
que corre por suas veias!

Bianca Bergmann



Espero poder demonstrar em fotos um pouquinho da sensação que eu tive ao passar por caminhos tão belos na Rota dos Campos de Cima da Serra,
Foram um pouco mais de 100 km de estradas de Chão off extremamente fácil, valeu cada centimetro percorrido ali. Passei rapidamente por São José dos Ausentes e logo segui para Bom Jesus, Jaquirana. A meta do dia era mais 100 km de estradas de terra, passando pelo Passo do Inferno ou Passo Do Esse e chegar a tarde em Canela.















avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Ter Ago 08 2017, 20:30



Estrada do Inferno


Desde a primeira vez que houvi falar na tal Estrada do Inferno ela sempre esteve em meu imaginário sonho de um dia poder atravessar por caminhos que realmente eu poderia posteriormente contar aquela que Teria sido a minha grande aventura. O tempo passou e nunca que chegava a oportunidade daquela aventura. E agora mesmo sabendo que aquela Estrada do inferno que povoava meus sonhos não existia mais, fiz questão de inclui-la no roteiro da Expedição Farroupilha.

Outro fator de importância imposta por mim mesmo era o fato daquele ser o ultimo trecho da BR 101 em que eu ainda não tinha passado, quando estive na cidade de Touros- RN a alguns anos eu pensei comigo, " Esta BR 101 tem significado especial para mim, ainda vou passar de Moto pelos doze estados que ela cruza" E hoje eu estava ali concluindo aquele ultimo trechinho que faltava para a realização daquele pensamento.


Eis abaixo a Estrada do Inferno que por muitos anos povoou meu imaginário



ônibus da Palmares passando por Bujuru
Foto Retirada do Blog: http://vibesulpassado.blogspot.com.br/2 ... da-do.html


E estas são as imagens da atual Estrada do Inferno, que de inferno, restou apenas o fortíssimo vento lateral.















Quando eu olhei para a imagem do GPS eu reparei que estava exatamente naquela faixinha estreita de terra entre o Mar e a Lagoa dos Patos,
que toda vez que olhava o mapa do Brasil dizia a mim mesmo, será que um dia eu passo por ai?





Já com a Moto dentro da Barca enquanto aguardava a travessia de São José do Norte a Rio Grande meus pensamentos iam e vinham felizes, afinal tinha acabado de realizar a Trip que desde meus tempos de Mochileiro na juventude sempre tinha sonhado fazer. Agora era só comemorar!!!
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Espsanto em Ter Ago 08 2017, 23:59

As viagens nascem de um desejo. Esta iniciou-se com uma memória que durante anos se manteve viva no teu imaginário de juventude. Germinou,cresceu e agora floresceu como uma exótica flor tropical.
O primitivo nómada não morre nunca dentro de nós e quando menos se espera a inquietude desperta-o e obriga-nos a sair pelo mundo. Daí o sentimento de plenitude que sentimos ao viver a aventura de viajar.


"É o vento que me leva.
O vento lusitano.
É este sopro humano
Universal
...
É esta fúria de loucura mansa
Que tudo alcança
Sem alcançar.
Que vai de céu em céu,
De mar em mar,
Até nunca chegar. "

Miguel Torga, in 'Diário XII'

Espsanto
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Qua Ago 09 2017, 13:12

Amigo Espsanto

A vida é o que fazemos dela.
As viagens são os viajantes.
O que vemos, não é o que vemos, senão o que somos.

Fernando Pessoa


Última edição por Saulo wds em Sab Ago 12 2017, 15:17, editado 1 vez(es)
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Sex Ago 11 2017, 08:34

De Norte a Sul no Balanço do Mar


O litoral do Brasil beira 8.000 km de extensão, mais de 2.000 praias que ao longo dos anos tive a oportunidade de percorre-lo desde o extremo norte ao extremo sul, e nestas rodadas foram muito mais de 20.000 km entre idas e vindas beirando o litoral Brasileiro.
Pois bem, recentemente me deu la na cabeça que eu teria que percorre-lo todo novamente, acontece que dessa vez teria que ser como se deve ser, e como é que deve ser? Tem que ser tal qual deu lá na minha cabeça, seguir toda a extensão do litoral brasileiro rodando praia por praia e assim consecutivamente por todas elas que fossem possível rodar sobre uma Motocicleta.
Vejam lá que são 17 estados cobertos pelo litoral, então bora Redescobrir o Brasil através do nosso litoral, para tal feito foram realizadas mais de 17 viagens e a ultima delas aconteceu recentemente e é elas que por estarem frescas na memoria vou contar primeiro. Então vamos lá, apresento a vocês o litoral do Rio de Janeiro.
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Sex Ago 11 2017, 08:46

Rio de Janeiro - De Norte a Sul no Balanço do Mar



Eu e minha Moto já percorremos grandes extensões do litoral brasileiro, juntos estivemos em praias de todos os estados do Brasil, desde o Amapá ao Rio Grande do Sul, porem alguns estados me faltavam aquele gostinho de rodar neles de norte ao sul ou vice - versa . E o Litoral do Rio de Janeiro é um desses que eu conhecia e já havia percorrido varias praias porem nunca havia me dedicado a percorrer por toda extensão de norte ao sul, passando por todas as praias onde fosse possível se chegar pilotando uma Moto.
E não é que um dia desses eu resolvi que faria!! Então fiz assim, dividi a Tripe em duas partes, o litoral sul desde Trindade divisa com São Paulo até a Cidade do Rio de Janeiro fiz em cinco dias e a este trecho da Trip chamei de "Costa Verde", a segunda parte um tanto mais longa em quilometragem foram sete dias desde as primeira praias da Cidade de Niterói até a foz do rio Itabapoana na divisa com o Espirito Santo e a este trecho da Trip chamei de "Costa Azul" .
Agora juntando as duas partes eu venho aqui e conto pra vocês a Trip que chamei " Rio de Janeiro - De Norte a Sul no Balanço do Mar".

Não sei se vocês sabem mas o estado do Rio de Janeiro tem em extensão o terceiro maior litoral do Brasil, perdendo apenas para a Bahia e Maranhão, curioso que o Maranhão tem apenas um quilometro a mais de litoral que o Rio de Janeiro, faram 12 dias para percorrer os tais 639 km desse litoral. Porque tantos dias para percorrer 636 km? É que a proposta foi percorrer o mais próximo possível do mar, hora por estradas que nem constam em mapas, hora por estradas de terra beirando a praia, hora pela própria areia da praia, por restingas, mangues, e atravessando rios, riachos e nunca perdendo de vista o o azul do mar nem o som que causa o Balanço do Mar.


avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Sex Ago 11 2017, 08:56

Rio de Janeiro - De Norte a Sul no Balanço do Mar

Costa Verde / Trecho: Paraty



Depois de alguns meses sem grandes viagens de Moto, dia deste me sai pras bandas do Rio afim de rodar pelas praias da Costa Verde do Rio de Janeiro.
Ao sair a ideia era conhecer todas as praias que se pudesse ir rodando sobre uma Motocicleta desde Paraty até o Grumari já nos limites da cidade do rio.
Pensei iniciar a Trip nas praias de Trindade nos limites com o estado de São Paulo porem como este é um trecho que eu já conheço bem de outras viagens subi costa acima a partir das praias do centro de Paraty e assim vi passar as praias do Pontal e Jabaquara, apesar de belíssima em mente eu tinha ideia fixa de evitar ao máximo rodar pela BR 101, então estradinhas margeando mangues, sambaquis e praias, ruas, avenidas, e qualquer outras estradas ou caminhos alternativos que fossem beirando as ondas e o balanço do mar, estas eu escolhi e assim segui.
Já na Barra do Corumbê um pequeno trecho inevitável segui pela BR 101, logo alcanço a praia Grande, Prainha, a de São Gonçalo e São Gonçalinho daqui percebo que apesar de muito visitadas por muitos turistas os costumes caiçaras ainda estão bem vivos, e foi bem assim que ainda cedo avistei na vila de Tarituba os pescadores na lida com o mar. Novamente pela BR 101 num dos trechos mais belos da estrada estaciono a moto e contemplo de longe a beleza das praias do Iriri e a do Cão Morto. E assim numa contemplação constante sigo até a foz do Rio Manbucaba, e bem ali nos limites do mar de Angra e movido pelo êxtase das belezas do Mambucaba me despeço de Paraty.




Em Paraty o fenômeno da maré alta que na lua cheia invade as ruas do centro histórico me vieram para um breve adeus.



Praia Grande - Paraty / Uma equipe toda em campo.



São Gonçalinho - Paraty



São Gonçalinho - Paraty



Praia de São Gonçalo - Paraty



Praia de Tarituba - Paraty



Praia do Iriri - Paraty



Foz do Rio Mambucaba - Paraty



BR 101 Divisa de Paraty com Angra dos Reis



Mar e ilhotas de Angra, Adeus Paraty!!


Última edição por Saulo wds em Sab Ago 12 2017, 14:04, editado 1 vez(es)
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Sex Ago 11 2017, 09:26

Rio de Janeiro - De Norte a Sul no Balanço do Mar


Costa Verde


Trecho: Praias sul do mar de Angra.




Neste trecho dou conta das praias que vão desde o limite de Paraty ao inicio a Estrada do Contorno já nas proximidades do centro de Angra dos Reis.
A Vila histórica de Mambucaba é onde se iniciam as praias do sul de Angra, o trecho é eletrizante, isto é, se o viajante for como eu e for amante da história, então esse é o lugar. A Vila ainda mantem vivas as cores dos casarios de épocas coloniais, a igreja Nossa Senhora do Rosário se impõe como a guardiã da vila. Toco minha Moto vila adentro meu interesse é a foz do rio Mambucaba, lá sim vejo o amor entre o rio o mar, ali vejo quando eles se tocam pela primeira vez.
Atenção apressadinhos, este trecho definitivamente não é para vocês, aqui se pede que se pilote deliciosamente devagar e assim é que eu chego a antiga fazenda Bracuhy, aqui ainda hoje estão plantadas as ruínas do antigo engenho central do Bracuhy antiga usina açucareira. Logo adiante um grande empreendimento imobiliário, um grande hotel, uma marina e a praia particular para ricos..."Aqui os menos favorecidos até podem entrar mas não antes de deixar o RG na portaria".
Volto para a BR 101 o pequeno trecho de monotonia é quebrado quando passo em frente a antiga fazenda Crataú que por sorte dos estradeiros sua sede fica a poucos metros da rodovia.
Dou por encerrado este trecho apos passar pela praia Brava e de longe avistar arquitetura da usina nuclear se impondo e hoje fazendo parte das belezas dos mares do sul de Angra.



Vila Histórica de Manbucaba - O apogeu da vila ocorreu no século 19, com o comércio de escravos. Restam ainda algumas construções da época, como a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, de 1854.



Toco minha Moto vila adentro meu interesse é a foz do rio Mambucaba, lá sim vejo o amor entre o rio o mar, ali vejo quando eles se tocam pela primeira vez.



Praia de Mambucaba - A praia de 4 quilômetros de extensão é rodeada pela Mata Atlântica



Fazenda Grataú



Localizada próximo ao bairro Frade, em Angra dos Reis, a Grataú foi edificada na encosta de morros, onde havia trilhas que interligava o vale do Paraíba Paulista ao Porto do Frade. Pelas trilhas desciam as tropas de Mulas carregadas de café para a exportação, e subiam objetos importados da Europa, e centenas de escravos para trabalharem nas lavouras cafeeiras. A fazenda pertenceu à Henrique José da Silva, o Barão e Visconde de Ariró. Henrique foi coronel da Guarda Nacional e capitão do Batalhão de Infantaria; na vida política, exerceu cargos de deputado e vereador, além de ter sido chefe do Partido Conservador de Bananal SP. Mas o acontecimento dramático que havia de ser motivo do desenlace do Visconde de Ariró, deu-se no dia 1º de outubro de 1880. Naquele dia um dos seus feitores, para mostra de zelo e dedicação, trouxe para defronte a residência do Visconde, um infeliz escravo, e ali começou açoitá-lo impiedosamente. Aos gritos do pobre escravo que clamava misericórdia, o Visconde determinou que cessasse tal crueldade. Emocionado, sentiu-se mal e na mesma noite perdeu a fala, vindo a falecer em 3 de outubro de 1880. A propriedade, que com o passar dos anos sofreu várias modificações, não está aberta a visitação, podendo apenas ser apreciada e fotografada pela BR 101, que passa em frente.




Ruínas do Engenho Central de Bracuhy


Ruínas do Engenho Central do Bracuhy, Angra dos Reis.
Hoje classificada como patrimônio histórico, a antiga usina é o cartão postal de Bracuhy. Fica na parte baixa do Rio Bracuhy, junto ao acesso ao condomínio de mesmo nome. As redondezas são fartas em vegetação típica de manguezal. Recentemente foi reformada por um empreendimento hoteleiro, mas ainda podem-se ver os fossos e as grossas paredes de pedra. Fica no km 114,5 da Rodovia BR-101.








Porto Marina Bracuhi - Angra dos Reis








Praia marina Bracuhy



Praia Brava - Angra dos Reis



Usina Nuclear - Angra dos Reis
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Sab Ago 12 2017, 14:14


Rio de Janeiro - De Norte a Sul no Balanço do Mar



Costa Verde


Trecho: Angra dos Reis / Estrada do Contorno.




O mar de Angra é generoso na quantidade e nas belezas de suas ilhas ao todo 365, ou seja, uma para cada dia do ano.
Confesso que é nas ilhas que a magica do litoral de Angra acontece, porem as praias do continente não deixam por menos e para mim melhor ainda é que nessas eu posso chegar rodando com a minha Moto. E nisso não há caminho melhor a mostrar os encantos do mar que a Estrada do Contorno. No caminho sinuoso avista-se de bem perto a serra e o mar, praias idílicas, mirantes de se fazer perder no tempo a mirar. Faço continência ao colégio naval que se impõe na belíssima baia e me remeto aos céus em agradecimentos pelas belezas do nosso mar ao avistar a ilhota do Bonfim e nela cravada a ermida do Senhor do Bonfim. Por ultimo já quase no adeus contemplo de longe a lida dos estaleiros, o Verolme e suas grandiosas naves.




Praia do Tanguá - Angra do Reis



Mirante da praia do Tanguazinho / Estrada do Contorno Angra dos Reis.



Praia da Enseada / Angra dos Reis



Praia da Enseada / Angra dos Reis



Mangue nas proximidades da praia da figueira- Estrada do Contorno - Angra dos Reis



Hotel de trânsito do Colégio Naval / Angra dos Reis



Colégio Naval / Angra dos Reis



Estaleiro Verolme - Angra dos Reis
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Seg Ago 14 2017, 13:44

Rio de Janeiro - De Norte a Sul no Balanço do Mar


Costa Verde


Trecho: Mangaratiba.



O trecho Angra Mangaratiba segui um trecho inevitável pela BR, porem vinte e poucos kms depois acessei as estradinhas costeiras e segui confiante, afinal a meta e seguir o litoral o mais próximo que minha Moto pudesse ir do balanço do mar.
E assim segui passando por muitas praias. Me lembro que pensei comigo, que depois de passar pelo mar de Angra seria duro comparar belezas, e na verdade o pensamento se confirmou naquele trecho. Mesmo assim alguns lugares e praias conseguiram surpreender. E assim vi passar as praias de Mangaratiba, Muriqui, Ibicuí e na praia do Saco de Itacuruça acompanhei o treinamento da marinha que simulava o desembarque de tropas na praia.
Porem o mais instigante e curioso deste trecho é a linha férrea que corre paralelamente a areia do mar na maioria das praias da região. Fiquei embasbacado com a beleza atípica daquelas passagens, os trens com mais de duzentos vagões trazem de Minas Gerais minério de ferro que é exportado mundo afora através do porto no terminal da ilha de Guaíba. Três pensamentos me vieram a cabeça o primeiro é que esta deve ser a mais bela estrada de ferro do mundo aja visto que o lugar é eleito como um dos trechos mais belos do litoral de todo o mundo, o segundo pensamento me pergunto, pocha, porque que não há trens turísticos transportando pessoas? seria uma viagem incrível!!, e o terceiro pensamento pude sentir na pele e pensem comigo, já imaginaram esperar ao lado passagem um trem de duzentos vagões passando demoradamente para ir a praia? Pois é, eu senti na pele como tal as pessoas dali. É demorado, porem, é instigante e belo ver o trem passar bem ao lado da praia.



Mangaratiba - RJ



Estradinhas costeira a caminho da praia de Santo Antonio - Mangaratiba



Estrada Junqueira a Caminho da Praia de Ibicuí - Mangaratiba



Pontilhão de acesso ao Terminal da Vale - Ilha Guaíba - RJ



Mirante Junqueira / Vista da ponte linha férrea ao terminal do porto da ilha de Guaíba - Mangaratiba



Para quem vai a praia de Santo Antonio, deixar a Moto ou carro estacionados ao lado da linha, seguir e atravessar a estrada de ferro a pé até a entrada da pequena trilha até a praia.



Praia de Santo Antonio - Mangaratiba - RJ









Estrada de ferro passam em paralelo a maioria das praias de região. Mangaratiba.



Treinamento da marinha de desembarque de tropas - Praia do Saco - Itacuruça



Treinamento da marinha de desembarque de tropas - Praia do Saco - Itacuruça



avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Ter Ago 15 2017, 11:22

Rio de Janeiro - De Norte a Sul no Balanço do Mar


Costa Verde



Trecho: Sepetiba a Guaratiba




Neste trecho me dei conta das mazelas do homem, As praias de Sepetiba que a 40 anos competiam em belezas com Copacabana "segundo os moradores" hoje não passa de um mangue fétido. O odor é forte, jamais imaginei que fosse assim, todas as praias totalmente poluídas e o lugar todo em total degradação. Conversando com os mais velhos fiquei sabendo que antigamente as praias eram limpas e areia branca e o lugar era o preferido dos cariocas, mas com a construção do porto de Itaguaí a dragagem continua a manter a profundidade para o calado dos navios cada vez maiores o lodo removido do fundo aos poucos e com o passar dos anos transformou as praias em mangue.
Por sorte poucos quilômetros depois alcanço Guaratiba que aparentemente me parece não sofreu tanto com o impacto da construção do porto, tanto é que o lugar é conhecido como Polo de Gastronomia. Frutos do mar, peixadas, e caranguejo estão entre as delicias mais encontradas nas dezenas de restaurante do polo gastronômico. Eu provei da peixada de garoupa e da casquinha do siri, aqui se gasta pouco e se come como rei.
Mais adiante segui Ponta de Guaratiba adentro meu rumo era a Ilha da Ponta da Marambaia, pensei que fosse fácil a autorização da Marinha para entrar na ilha, não é, e nem insisti!! A ilha é restrita área Militar, centro de testes de armas do Exercito e da Marinha, pode até ser belo mas há risco de de dar de topo com uma bomba.
Segui então para a ultima praia da Costa Verde a praia da Barra de Guaratiba e assim foi que eu contei como foi rodar por três dias por todas as praias que fossem acessíveis para se conhecer rodando sobre uma Motocicleta toda Costa Verde do Rio de Janeiro desde Trindade nos limites com os os mares paulistas até aqui a Barra do Guaratiba. Porem o final da Trip ainda não é aqui!!



Poluída a baía, os turistas foram embora, a pesca sofreu um duro baque e as casas de veraneio se esvaziaram - o início de um longo processo de decadência que foi se intensificando até os dias de hoje. O transporte público é péssimo, não há um hospital, a violência aumentou, as estradas são perigosas, não há ciclovias, teatros, cinemas, livrarias, sequer um shopping. Suas três praias (do Cardo, Dona Luísa e Sepetiba) são dominadas pela lama (não mais a lama que os banhistas lambuzavam o corpo antigamente e diziam ter propriedades terapêuticas) e alguns barcos de intrépidos pescadores, que conseguem pegar alguma coisa mais para o fundo da baía.



Um certo nó na garganta. Um lugar que um dia foi tão belo , hoje não passa de cemitério de pequenas embarcações.



Ponta da Marambaia - Aquela ponte que tem lá, sai de onde? pra chegar aonde? ( Ela liga Barra de Guaratiba até Restinga da Marambaia. A ponte velha da Marambaia já está desativada há muito tempo, na verdade nem sei há quanto tempo. A ponte nova é chamada de ponte de acesso mas ninguém passa por ela sem autorização da Marinha.



Ponte velha da Marambaia



Distante cerca de 60 Km do Centro do Rio de Janeiro, a Praia da Barra de Guaratiba é a que fica mais distante, aproximadamente 1h30min de moto do centro da cidade. Mas quem vence a distância acaba encontrando outras compensações. Além de vários bares e restaurantes especializados em frutos do mar , há várias traineiras de pescadores que fazem passeios deliciosos pela orla.
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Saulo wds em Qua Ago 16 2017, 12:44

Rio de Janeiro - De Norte a Sul no Balanço do Mar

Costa Verde


Trecho: Estrada da Guanabara.




Consideram a Costa verde o mar que que inicia em Trindade e que balança até a Ponta de Guaratiba, porem eu na minha Trip elevei o tom do verde e considerei e incluí a Costa Verde todo cominho beira mar serpenteando a Estrada da Guanabara. A Estrada é curtinha talvez não atinja sete quilômetros porem não se enganem, é o caminho para os amantes de curvas, lindas paisagens e vistas exuberantes este é o caminho.
A Estrada da Guanabara inicia vindo do sul na Avenida Roberto Burle Marx em Guaratiba e vai até a primeira praia da orla do Rio de Janeiro a praia da Macumba, passando pelo Parque Estadual da Pedra Branca, Grumari, Prainha, Mirante do Roncador e finalmente praia do Secreto e praia da Macumba.
Uma pena eu não ter conseguido tirar uma foto se quer da Estrada propriamente dita, muitas curvas lindas me remeteram a curvas da Serra do Rio do Rastro, domingo e apesar do templo nublado o caminho estava movimentado e não pude parar para fazer as fotos da estrada.



Mirante do Roncador



Estrada da Guanabara



Praia do Grumari





Prainha



Mirante da Praia da Macumba



Mirante com vista a praia da Macumba


avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Espsanto em Qua Ago 16 2017, 15:09

Continuo a seguir a tua viagem povoada de praias com nomes exóticos desse lado do Atlântico.
Ainda há menos de um século tudo era Mata Atlântica
Não posso deixar de notar a degradação da costa junto dos grandes aglomerados populacionais ou industriais de crescimento descontrolado.
Por cá acontece o mesmo: a politica de crescimento das grandes cidades do litoral levou à desertificação do interior e ao despovoamento das aldeias. Os seus habitantes migraram para as grandes urbes e  muitos de nós emigramos para o estrangeiro. Abandonaram as terras e a floresta na posse da família há gerações ou alugaram o terreno a grandes empresas de celulose par plantarem eucaliptos. Plantações de centenas de hectares de eucaliptos, por norma bem cuidados por essas empresas .São rodeados por milhares de hectares de floresta abandonada e matos. Uma mistura explosiva! E começaram os incêndios a partir da década de 70 do século passado. E nasceu a " indústria" do fogo e os incêndios exponencialmente mais violentos a cada ano que passa. Todos os anos o ínicio da época é anunciada,em Junho, pelos políticos de serviço que até Setembro se desdobram em declarações de sucesso,se choveu no Verão, ou a anunciar,quando  não chove, políticas milagrosas para o próximo  ano.
Penso que foi criada uma espiral de destruição que é impossível de reverter.
O que resta da nossa floresta está no Sul do país no montado de sobro e azinho, floresta mediterrânica sustentável que precisa de árvores vivas para extração de cortiça, pasto extensivo e caça. Ou no Norte onde ainda sobrevivem manchas de carvalhos e castanheiros que sobreviveram ao longo de séculos. Também ardem, é próprio do nosso clima, mas resistem e regeneram-se com mais facilidade.
Este ano já arderam 140 000 ha de território ( evito chamar-lhe floresta). A maior parte dos incêndios teve origem criminosa,houve perda de vidas humanas, precisamos de ser educados, temos de nos consciencializar que estamos a destruir uma riqueza que a nossa geração e talvez as próximas nunca conseguirão refazer.
Saúl, tu que atravessaste o meu país de lés a lés viste que a maioria da paisagem já tinha ardido, ardeu este ano ou vai arder nos próximos anos.
Desculpem este desabafo, não é o local próprio... Mas sinto uma ciclópica raiva e impotência pelo o que está a acontecer no meu País.

Espsanto
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Redescobrindo o Brasil

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum