Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Pub
Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
» Passeio a Santiago de Compostela
por Cesar Filipe Ontem à(s) 22:01

» [Crónica] - N2 de Faro a Chaves em 2 dias e meio!
por sat_ON_fire Ontem à(s) 16:01

» Redescobrindo o Brasil
por Espsanto Ontem à(s) 15:09

» TRAVELER´S EVENT
por Espsanto Ter Ago 15 2017, 21:54

» As melhores estradas para conduzir... em Portugal!
por Saulo wds Ter Ago 15 2017, 11:29

» [Notícia] Rossi 'enxotou' ministra checa
por Serzedo Sex Ago 11 2017, 12:30

» gp. aparecida, valpaços, xassos...
por Serzedo Sex Ago 11 2017, 12:10

» SIERRA NEVADA - Las Alpujaras
por Carlospira Qui Ago 10 2017, 22:31

» Competição
por Rico Sousa Ter Ago 08 2017, 15:32

» Escócia 2017
por Swift Ter Ago 08 2017, 11:46

» Casamento Nádia & Fábio
por Gomes88 Seg Ago 07 2017, 20:42

» [Notícia] Mig44 3.º no GP da Repúlica Checa
por Serzedo Dom Ago 06 2017, 16:36

» Viagem a Évora na nova (usada) mota
por Serzedo Qua Ago 02 2017, 14:15

» 22º Encontro Mundial dos Amigos 2CV
por Espsanto Seg Jul 31 2017, 10:31

» BMW CKLT Jantar das Terças Feiras By João Luis
por Joao Luis Qui Jul 27 2017, 23:01

» Rodagem dos 1000kms
por Carlospira Qua Jul 26 2017, 13:51

» [Notícia] Max Biaggi despede-se do motociclismo
por carlos lopes Ter Jul 25 2017, 21:07

» [Encontro] Porto recebe passeio de motos clássicas
por Espsanto Qui Jul 20 2017, 22:40

» AJUDA PARA CASTANHEIRA DE PERA
por Joao Luis Ter Jul 18 2017, 22:58

» GRANADA ( Al Andaluz II parte)
por nunomsp Ter Jul 18 2017, 10:50

» [Teste] Suzuki V-Strom 1000 - Fiel Companheira
por nunomsp Ter Jul 18 2017, 10:19

» Benelli trk 502 ABS
por klebsiela Qui Jul 13 2017, 07:29

» Bósnia 20 anos depois
por Carlospira Ter Jul 11 2017, 05:55

» [Notícia] Miguel Oliveira surpreendido com 3.° lugar
por Serzedo Seg Jul 10 2017, 23:51

» [Legislação] Estacionamento para pessoas com deficiência
por Serzedo Sex Jul 07 2017, 09:37

» O Caminho de Mota para a India
por Joao Luis Qua Jul 05 2017, 18:37

» VIAGEM PELO AL ANDALUZ
por Elisio FJR Ter Jul 04 2017, 11:55

» 2016 - Les Pyrénées e Côte d'Azur
por hugo machado Ter Jul 04 2017, 09:22

» Normandia 2013
por Serzedo Ter Jul 04 2017, 00:33

» [Notícia] Mig44 foi 2.º no GP da Alemanha
por so.usa Seg Jul 03 2017, 21:22

» Em busca do Marco Lés a Lés
por k u p Qua Jun 28 2017, 10:35

» Picos da Europa / Junho / 2017
por Espsanto Ter Jun 27 2017, 21:54

» [Evento] Oficina de Fotografia de motociclismo
por Serzedo Seg Jun 26 2017, 12:31

» Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia
por Carlos Balio Sab Jun 17 2017, 05:25

» LÉS a LÉS 2017
por Espsanto Ter Jun 13 2017, 09:13

» Comparativa Off-Road entre 1190R, GS1200, AT e Super Tenere
por carlos lopes Seg Jun 12 2017, 21:16

» Rota N2 - Guia
por Serzedo Seg Jun 12 2017, 16:36

» [Lista] 10 melhores sport-touring por Visor Down
por Rico Sousa Sab Jun 10 2017, 18:02

» XI Concentração Motard Moto Clube da Guarda
por Tuta Qui Jun 08 2017, 23:08

» [Ensaio] Suzuki V-Strom 650 - 2017
por Serzedo Sex Jun 02 2017, 10:56

» Viagem até Mont-St-Michel (França)...
por Espsanto Seg Maio 29 2017, 13:29

» [Destino] Um Stonehenge no Alentejo
por Serzedo Seg Maio 29 2017, 10:32

» Dia do Motociclista em Castelo Branco
por Cesar Filipe Dom Maio 28 2017, 13:59

» Fomos dar uma volta de barco....em Veneza com passagem pelo berço (da Ducati)
por Tuta Sex Maio 26 2017, 23:23

» [Notícia] Porto Extreme XL Lagares - Enduro (27/05/2017)
por Serzedo Qua Maio 24 2017, 14:49

Tempo
Al!ve FM

Quarta-feira das 21h às 24h Burn - A hora dos motards

Mapas
Flux RSS


MSN 
AOL 


Doação por Paypal

Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Seg Maio 15 2017, 01:12

Depois de aqui ter contado o relato http://motosedestinos.forumeiros.com/t4073-em-busca-do-marco-les-a-les ,e já me sentindo familiarizado com o Fórum volto agora para contar algumas das minhas andadas pela minha terra. Ainda mais quando o convite me vem assim:

@Rico Sousa escreveu:

Obgdo. O meu desejo de rolar no Brasil de moto é grd.
Entretanto lerei com att as andadas pra servirem de mote. Venham elas.


Convido a vocês a acompanhar a quarta etapa de uma grande viagem que eu realizei através de toda a fronteira Brasileira. A viagem no total ultrapassou 50 mil km. Mas o trecho que conto aqui são dos últimos 26 mil km, que, em 42 dias, foram rodados quase que na totalidade na Amazônia.

Obs: Este relato foi previamente contado num Fórum brasileiro o qual ao final darei os créditos, o que não farei agora pela premissa de que prefiro que acompanhem por aqui.
Peço que tenham paciência, o relato é longo, assim como a viagem o foi, alguns textos são longos e espero que valha a pena serem lidos. Contarei em capítulos e espero que ao contar eu possa mostrar vocês um Brasil conhecido por muito poucos, desconhecido até mesmo pela maioria dos brasileiros.

Porque Rota das Fronteiras? Como puderam observar tenho uma certa paixão por "Marco" especialmente os de fronteira e foram eles que me inspiraram percorrer milhares de km pelo Brasil e pelos outros dez países que fazem fronteira com este continente chamado Brasil.

avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Seg Maio 15 2017, 01:21

Rota das Fronteiras


Antes porem algumas considerações:

Um dia me foi perguntado por um amigo, Saulo, porque viaja só?


O que me motiva a ir sozinho? Existe algo na vida todas as pessoas e cada um da o valor e o usa conforme as suas necessidades " O tempo".
É mais ou menos assim. Passei dos meus 20 aos 45 anos achando que não tinha tempo para nada, eu estava ocupado, trabalhando, vendo filho crescer... Sempre com o nobre pensamento em acumular segurança para um futuro melhor para mim e para família, ou seja se alguém me chamasse para ir a esquina eu não poderia ir porque me faltava tempo.
Bom não sei se você sacou, mas um dos motivos de viajar solo é " o tempo" sempre que sobrava para mim faltava para alguém e vice versa. Agora imagina a maioria das pessoas trabalham 20, 30 anos e quando conseguem tempo você acha que vão querer gastar este tempo precioso rodando por Rota das Fronteiras por Exemplo? É muito raro as pessoas darem valor igual ao tempo e é justo que cada um use o seu conforme seus sonhos. Por isso eu sempre digo quando você tiver tempo e estiver pronto para fazer algo não espere que alguém tenha tempo ou esteja pronto ao mesmo tempo que você, isto é raro e se esperar poderá perder uma oportunidade unica, sabe porque? porque o tempo passa!
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Seg Maio 15 2017, 01:28

Rota das Fronteiras


Nesta semana dou inicio ao mais longo trecho da Rota das Fronteiras que também sera a mais longa Trip que eu já tenha feito em Duas Rodas.
Calculei 45 dias para concluir esta ultima etapa da Rota das Fronteiras, se tudo correr como o planejado ao terminar esta Trip serão 50.000 km rodados somente para realização deste sonho que é conhecer o Brasil pelos extremos das fronteiras, de quebra estarei realizando outro sonho que é conhecer todos os estados do Brasil sobre duas rodas e com a mesma Moto.
Tenho fé que tudo correra bem, apesar de viajar Solo tenho certeza que nunca estarei sozinho Deus esta comigo e terei a honrosa companhia de vocês.

Assim sera a primeira parte do Roteiro, a que considero a mais fácil.

Nos dias 22 / 23 e 24 me desloco para Comodoro - MT iniciando ali a ultimo trecho da Rota das Fronteiras, a Rota que eu escolhi para chegar a Comodoro foi, São Paulo / Jatai - GO / Barra do Garças - MT / Chapada dos Guimarães - MT / Campo Novo dos Parecis e finalmente Comodoro. serão 2500 km somente para me deslocar até o lugar onde eu já havia chegado antes através da Rota das Fronteiras e será lá que eu vou considerar que estarei começando a Trip.

1° dia - 600 km - Comodoro - MT / Pimenteiras do Oeste MT / Pimenta Bueno - RO
2° dia - 400 km Pimenta Bueno / Costa Marques
3° dia - Reservado a explorar a região do Rio Guaporé e fronteira com Bolivia
4° dia - 750 km Costa Marques / Porto Velho
5° dia - 350 km Porto Velho / Guajará Mirim
6° dia - 700 km Guajará / Xapuri / Epitaciolândia
7° dia - 450 km Brasiléia / Assis Brasil / Rio Branco
8° dia - 650 km Rio Branco / Cruzeiro do Sul
9° dia - 650 km Cruzeiro do Sul / Rio Branco
10° dia - 750 km Rio Branco / Humaitá

Segunda parte Mais dificil

Este é o primeiro trecho, em alguns lugares pode ser que eu fique um dia a mais dependera do momento.
Em Humaitá me preparo para Chegar em Manaus através da BR 319 este é o único trecho que não me sinto confortável em fazer Solo,
estou em contato com o pessoal da região e provavelmente terei a companhia de outros Motociclistas, porem caso não coincida nossas datas sigo Solo.
alguns dizem ser possível vencer os 680 Humaitá / Manaus em apenas um dia em todo caso reservei dois dias para esta travessia.

13° Manaus / Boa vista
14 ° Boa Vista / Santa Helena de Uiarém - VN
15° e 16° dia Explorar região Monte Roraima - Se o clima colaborar farei um Sobrevoo de helicóptero ao Monte Roraima com uma rápida parada no Marco da Triplice fronteira.
17° dia Santa Helena de Uiarém / Lethem - Guiana
18° - Reservado a chegar no Extremo Norte do Brasil este trecho não estava previsto porem farei o possivel para alcançar em homenagem ao Mestre Atobá que alguns meses antes me convidou a fazer parte da Trip de Extremo a Extremo, caso eu chegue até lá tenho certeza que será uma bela homenagem ao Mestre.
19°Lethem / Boa Vista
20° Boa Vista / Manaus
21° e 22 °Moto fica em Manaus sigo de avião para Tabatinga fronteira extrema Brasil / Colombia/ Peru
23° Embarco junto com a Moto descendo o Rio Amazonas " Este trecho ainda tenho duvidas se vou direto a Belém ou desço em Santarém e sigo para Macapá também de barco calculo 6 dias de barco neste trajeto.
29° Macapá / Oiapoque
30° Oiapoque / Macapá
33° Macapá / Belém
34° Belém / Marajó
35° Marajó / Belém

Calculo mais uns sete dias de Belém a São Paulo totalizando os 45 dias planejados, que poderão ser alguns dias a mais ou a menos.


avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Seg Maio 15 2017, 01:43

Rota das Fronteiras


Vou iniciar a quarta Etapa da Rota das Fronteira Lá em Comodoro - MT,
porem o caminho que escolhi para chegar até lá também é surpreendente!

Entrei em Minas através da ponte sobre o Rio Grande entre Colômbia SP e Planura - MG,
depois me embrenhei por estradas de terra entre Frutal, Itapagipe e Campina Verde.
desatento sofri a primeira pane seca fora de estrada, por sorte que foi bem no meio da pequena vila.
fui salvo pela hospitalidade Mineira, o Romeu tirou dois litros de gasolina da sua Moto,
me serviu água fresca, e antes de ir embora tocou moda de viola...Depois segui para São Simão - GO, onde conheci as Cataratas do Itaguaçu, em Jataí novamente troquei o asfalto da BR 158 e adentrei 100 km de Chão batido, em Barra do Garças refresquei o calor nas Praias do Araguaia, e agora enquanto descanso na Chapada dos Guimarães faço este relato para vocês.
Fala verdade quem anda de Moto, tem ou não tem história pra contar?










As Cataratas do Itaguaçu - São simão - Goiás








Estrada Goiás 184 - 100 km delicioso estradão de terra batida, alternativa a BR 158 entre Jataí e Caiapônia - Goiás.








Praias do Araguaia entre Aragarças - GO e Barra do Garças - MT







Pelo poeirão nas rodas e na relação percebe-se por quais caminhos se chega aos lugares fantásticos.
Se quisermos conhecer as belezas do Brasilzão temos que por a roda na terra!
















avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Seg Maio 15 2017, 01:57

Rota das Fronteiras


Ontem sai da Chapada dos Guimarães e segui rumo ao Norte do Mato Grosso, passei pela Barragem do Manso , entre Bom Jardim - MT e Nobres paguei R$ 10,00 de pedágio para rodar pelas terras da fazenda do Grupo EMAL, rodei 40 km pela estrada do Açúcar e economizei quase 100 km de asfalto, antes passei pelas vilas de Roda D'água, CCoqueiral e Bom jardim perfazendo todo o Complexo Turístico da Cerquinha, depois ainda por estradas de terra segui para Diamantino, depois peguei a BR 386 estrada perigosa sem acostamento e em alguns trechos mal conservada, achei que as estradas de terra estavam até melhor! Em Campo Novo dos Parecis, meu GPS não acusava, porem conversando com o frentista do Posto ele me falou de um Atalho de 60 km pela estrada dos Índios, não pensei duas vezes, e segui...fiquei surpreso ao saber que a tal estrada dos Índios é asfaltada, mais surpreso ainda quando tive que pagar outro pedágio de R$ 10,00 agora para os Índios, Em Sapezal já quase chegando em Comodoro precipitou uma chuva forte que me fez vestir toda a capa, um km depois o sol voltava a arder, para não perder tempo nem parei para tirar a capa, foi assim que eu cheguei em Comodoro.



Chapada dos Guimarães



Estrada da Barragem do Manso



Vila Roda D'água



Vila Coqueiral





Pedágio da Fazenda EMAL - Estrada do Açúcar









Ponte sobre o rio Papagaio - Sapezal - MT
























avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Rico Sousa em Seg Maio 15 2017, 19:51

O aperitivo é saboroso, imagino a refeição. V

________________________

... e vamos com calma!
FJRico
avatar
Rico Sousa
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Seg Maio 15 2017, 22:07

@Rico Sousa escreveu:O aperitivo é saboroso, imagino a refeição. V

Pelo menos para mim, a refeição foi completa e com sabor de Amazônia!!!
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Seg Maio 15 2017, 22:16

Rota das Fronteiras


Comodoro era o ultimo município de fronteira do estado do Mato Grosso que me faltava para conhecer, na verdade para o efeito que eu desejo para Rota das Fronteiras não basta conhecer o Município eu tenho que chegar literalmente na Fronteira, mesmo que seja somente pata avistar o País vizinho que geralmente esta do outro lado do rio e aqui no caso de Comodoro é o rio Guaporé. Na manhã de ontem eu já estava com tudo preparado para partir em direção a antiga fazenda Confap a 100 km estradão de terra, lugar mais próximo da fronteira em Comodoro, porem fui desestimulado por um fazendeiro que estava hospedado no mesmo hotel que eu estava, e que havia chegado da Confap no dia anterior...Ele me disse assim, melhor você não ir para lá, não tem nada para ver, choveu a estrada não esta tão boa e tem uma ponte caída e alem do mais, segundo ele, eu não conseguiria chegar na beira do rio Guaporé para avistar a Bolívia. Dito isto achei de bom senso não arriscar e me dei por satisfeito por ter chegado em Comodoro a ultima cidade de Fronteira ao Norte do Mato Grosso...Apontei minha Moto em direção a BR 364 meu destino agora são as cidades da Fronteira do estado de Rondônia. 350 km depois lá estava eu no meu primeiro encontro com a fronteira Brasil / Bolívia no Estado de Rondônia as margens do magnifico rio Guaporé na cidade de Pimenteiras do Oeste.
















avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Seg Maio 15 2017, 22:26

Rota das Fronteiras


Agora sim a Trip esta com cara de Fronteira, passei dois dias em Costa Marques, valeu cada centímetro rodado para chegar lá, neste trecho o Rio Guaporé serpenteia toda a Fronteira com a Bolívia, uma pena que ele esteja com níveis água bem acima do normal para esta época e as praias do Guaporé ainda estão cobertas. Visitei o forte Príncipe da Beira, este sim não poderia deixar de visitar, é um belíssimo Marco da nossa Fronteira. Com três reais paguei a travessia da pequena chalana e atravessei para a Bolívia onde fui conhecer a vila de palafitas chamada de Vista Buena, é incrível! construíram uma vila inteira de lojas sobre as palafitas, dentro da floresta na margem do Guaporé e de frente para Costa Marques " lá vendem de tudo, desde bebidas, elétrico eletrônicos, até as mais variadas quincalharias"...



Forte Príncipe da Beira - Costa Marques - RO





Vila de Palafitas - ribeirinhos de Costa Marques




Do Outro lado do Rio Vista Buena - Bolívia










Porem a visita que mais me chamou a atenção foi ao Parque Ecológico Lagoa Azul onde fui recebido pelo sr. Bernardo, proprietário da reserva particular, ativista fervoroso defensor da natureza, o que era para ser uma visita de 15 minutos se estendeu por mais de três horas na companhia do sr. Bernardo, homem simples, vive da floresta, mas não se deixe enganar, com certeza o mais sábio defensor da natureza que eu já tive a oportunidade de conhecer, me contava a historia de cada arvore do caminho com a mesma empolgação das vezes que discursou e palestrou "segundo ele ao lado de Chico Mendes" na ONU e em outros 11 países da America Latina...Ter tido a oportunidade de conhecer este homem, que deixou de fazer o que estava fazendo, para passar horas ao lado deste desconhecido, só pode ter um único sentido...Mas isto eu guardo e levarei sempre comigo... quem quiser mudar o seu paradigma que venha até aqui!! Uma coisa eu posso garantir eu e o seu Bernardo temos algo em comum, a paixão pela Moto, ele fez questão de emparelhar as guerreiras para o registro do momento.



Bernardo, Motociclista e Ativista ecológico.



















avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Seg Maio 15 2017, 22:31

Rota das Fronteiras


Vou falar um pouco do desempenho da Moto...
Desde quando eu fiz a revisão de 50.000 km observei durante a Trip que ela esta esta consumindo muito combustível, a média que antes variava em 24 e 26 km por litro baixou drasticamente, está entre 18/ 19 km por lt, comprometendo inclusive a autonomia, que antes eu achava perfeita.

No restante ela continua excepcional, ela copia o piso independente se no asfalto ou na terra,
ela chega permitir a mim, saltar as asas! O saldo negativo por enquanto, foi que passei por um buraco criminoso e acabei amassando a roda, porem nada que não de para continuar rodando, desde que eu não ultrapasse a velocidade de 140 onde se percebe nitidamente a falta de balanceamento. Por enquanto vou manter assim até chegar em Manaus la eu vejo se vou precisar mexer. Outra que esta sofrendo muito é a Relação, a poeira domina totalmente me obrigando a fazer como o Matsuo já havia comentado lavar toda vez que saio da terra, o problema é que as vezes se anda mais de 100 km para encontrar o primeiro lugarejo com algum tipo de apoio.
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Seg Maio 15 2017, 22:38

Rota das Fronteiras

De costa Marque segui para Porto Velho, rever o rio Madeira 30 anos depois é de arrepiar o rio parece ainda muito mais imponente que antes, espetáculo este reencontro!! Curiosidade, Porto Velho é um o maior município de Fronteira do Brasil. Eu não sabia, olhando os mapas me dei conta que ele vai até a fronteira com a Bolívia e divisa com o Acre, então fiquei curioso e fui pesquisar.

" Se destaca também por ser a capital brasileira com maior área territorial, estendendo-se por pouco mais de 34 mil km² (sendo mais extenso que países como Bélgica e Israel), sendo também o mais populoso município fronteiriço do Brasil (e a única capital inserida nesse contexto), além de ser, ao lado de Rio Branco e Teresina, a única capital estadual que faz fronteira com municípios de outro estado. É a única capital estadual que faz fronteira com outro país, a Bolívia."



Catedral Metropolitana de Porto Velho



Perguntei pra mocinha do hotel que me indicasse os lugares históricos da cidade para eu visitar,
um dos que ela falou foi as Três Caixas de Água, eu não conheço a história, alguém conhece?







Eu não poderia sair de Porto Velho sem conhecer um Pouco do que foi a Ferrovia Madeira Mamoré.
Assim foi minha rápida passagem por porto Velho.











avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Seg Maio 15 2017, 23:01

Rota das Fronteiras


Forte Príncipe da Beira

Há muitos anos, bem antes de um dia imaginar realizar a Rota das Fronteiras, li uma matéria que eu encontrei numa revista antiga dos anos 70, que contava a história de um forte construído pelos portugueses no coração da amazônia. Não me recordo de toda narrativa da historia contada na revista, o pouco que me lembro é que eles contavam a saga do primeiro caminhão a sair de São Paulo e chegar a Costa Marques mais de 60 dias depois..Pois é, aquela aventura ficou na minha cabeça e eu pensei comigo; Um dia eu vou a Costa Marques.

Muito tempo passou depois que eu li aquela revista, até que um dia planejei a Rota das Fronteiras e traçando a Rota percebo que o caminho traçado beirando o rio Guaporé fronteira com a Bolívia me levaria até costa Marque e o Real Forte Príncipe da Beira, Desde quando parti de São Paulo muitos dias atrás sonhei com este lugar, quando passei pelas divisas do estados e cheguei em Rondônia me dei conta que estava bem próximo de realizar a grande aventura que eu havia me inspirado numa revista publicada a mais de 40 anos, me dei conta que a parti dali eu mesmo escreveria a minha história que um dia sonhei realizar em sobre duas rodas. Não pensem que chegar aqui mesmo nos dias de hoje me faltou a aventura, rasgar as estradas no coração da amazônia ainda hoje uma saga...Pelo menos é assim que eu gosto de pensar!!!









O Forte Real Príncipe da Beira esta a pouco mais de trinta km do centro da cidade, há uma estrada em ótimas condições mantidas pelo exercito para chegar lá, mas eu escolhi rasgar uma trilha serpenteando as curvas do Guaporé sempre avistando do outro lado da margem a Bolívia. Porque foi assim que eu sonhei a Rota das Fronteira. Cheguei ao forte por caminhos que ninguém hoje em dia quer chegar, mas garanto a vocês que foram estes últimos 30 km que me deram o verdadeiro sabor da aventura o mesmo sabor da história contada há 40 anos naquela revista.






O Real Forte Príncipe da Beira, na margem direita do rio Guaporé, fronteira natural entre o Brasil e a Bolívia, é o mais antigo monumento histórico de Rondônia. Sua construção foi iniciada em 2 de junho de 1776 pelo engenheiro Domingos Samboceti, que faleceu de malária durante a obra; e concluída em 20 de agosto de 1783 pelo capitão engenheiro Ricardo Franco de Almeida e Serra.
Sua construção teve o objetivo de consolidar a posse da coroa portuguesa sobre as terras à margem direita dos rios Guaporé e Mamoré, no extremo noroeste do Brasil. Localiza-se há mais de 3.000 km do litoral, em ponto ainda hoje de difícil acesso, e em pleno coração da grande floresta Amazônica. Suas coordenadas geográficas são: 12° 25' 47'' de latitude sul, 64° 25' 22" de longitude oeste, e a altitude 220 m.










Quer chegar aqui também? então vamos lá, corte o estado de São Paulo, siga as Minas Gerais, por Goiás vá rasgando estradões, e venha subindo todo estado do Mato Grosso em Rondônia seguindo pela BR 364 passe primeiro por Vilhena siga até Pimenta Bueno chegando lá dobre a esquerda passe por Nova Estrela, Rolim de Moura, São Miguel do Guaporé, e é aqui que a aventura começa é aqui pelas estradas de terra que vou rasgando a floresta e mais algumas horas estarei a margem do Mais belo dos rios de Fronteira o Guaporé.
Costa Marque e as praias do Guaporé é linda, porém na vila antiga beirando a margem do rio ainda é do mesmo jeito que imaginei que este lugar fosse quando li pela primeira vez aquela revista de aventura.
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Qua Maio 17 2017, 12:51

Rota das Fronteiras

As Rodovias BR 364 e a BR 425 que ligam Porto Velho a Guajará Mirim, sofreram com a catástrofe da maior cheia do Rio Madeira dos últimos tempos, em alguns trechos a BR 364 as placas de sinalização ficaram submersas, percebe-se nitidamente na foto as marcas que a cheia deixaram nas placas pelo caminho afora, os 140 KM da BR 425 foram totalmente destruídos, alguns trechos segundo moradores ficaram mais de 60 dias submersos, Não sei como que Guajará suportou o isolamento, a hotelaria de Guajará ficou 90 dias sem receber um hospede sequer. No momento as duas BR estão em recuperação, mesmo assim BR 425 é uma das piores estradas que eu já passei de Moto, nem é chão, nem é asfalto!!









A maior cheia do Rio Madeira de Todos os tempos, No Trecho Porto Velho a a Guajará Mirim as rodovias BR 364 e a BR 425 é serpenteada pelo Rio Madeira.
Nas fotos a seguir percebo como foi avassalador a quantidade de águas que deixaram estas Rodovias interditadas por meses, para se ter uma ideia Guajará e o estado do Acre ficaram sem acesso por rodovias com o restante do Pais por quase 90 dias. Alguns meses depois as cidades parecem se recuperar, quanto as BRs 364 até que suportou bem apenas um trecho de 50 km muito ruim, porem a BR 425 os 150 km que dão acesso a guajará foi completamente destruída...Verdadeira catástrofe!! Rodar estes 150 km da 425 mesmo já em recuperação foi extenuante!



Esta foto é enigmática, não sei se conseguem observar a diferença das cores na vegetação ao lado esquerdo delimitando a altura que a cheia atingiu, na placa do lado direito que fica a mais de um metro de altura em comparação ao nível da rodovia também se percebe a marca que a cheia deixou. Incrível imaginar que a margem do rio esta a 1 km ou mais da margem da rodovia...Comparo esta cheia catastrófica a um Tsuname , só que em câmera lenta!!










avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Qua Maio 17 2017, 13:01

Rota das Fronteiras


Guajará Mirim - BR


Guajará Mirim, cidade relativamente Grande banhada pelo Madeira /Mamoré confesso que esperava um pouco mais da cidade, vamos levar em consideração os noventa dias que ela ficou isolada pelas cheias dos rios, com certeza esta cidade já deve ter tido sua imponência no passado. É no Porto que o Burburinho de fronteira acontece, os barcos atravessam pelo rio para Bolívia em ritmo frenético, achei a cidade do outro lado Guayaramerin a mais bela cidade de fronteira Boliviana que eu já passei até agora, o movimento de Guayaramerin faz Guajará parecer uma cidade fantasma se formos comparar a movimentação de pessoas, Motocicletas e lojas. E por falar em Motocicletas nunca vi tantas em movimento em um mesmo lugar, mais incrível ainda é a quantidade de pessoas numa mesma Moto, variam de três a cinco e ninguém usa capacete. Gostaria de postar as fotos de Guajará porem a internet esta muito lenta e não consigo Baixar. Segue algumas de Guayramerim - BO - Foda perceber que a Internet da Bolivia é melhor que a nossa, as fotos que eu fiz lá baixaram instantaneamente.



Igreja Matriz da cidade



Hoje a Locomotiva é apenas um Monumento em frente ao Porto na Linha da Fronteira com a Bolivia.

Curiosidade, não sei se sabem, a Ferrovia Madeira Mamoré foi uma imposição da Bolívia como parte do tradado da venda do território do Acre ao Brasil.
A Historia da Fronteira do Brasil é muito rica, uma pena que a maioria dos Brasileiros desconhecem . Maioria esta que eu também me incluo, apesar de pesquisar tudo sobre fronteiras, muitas coisas descobri aqui.







O Rio Madeira que aqui em Guajará recebe as águas de outro impressionante e importante rio de fronteira, o Guaporé...Espetacular!!


Guayaramerin - Bolívia














Esta foto é impressionante! segurança na Bolívia é levada ao cumulo do imaginário...
O cara pilota descalço, atendendo celular, levando duas crianças, todos sem capacete e numa avenida movimentada. assim é a fronteira na Bolívia!!



























avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Qua Maio 17 2017, 22:49

Rota das Fronteiras


Numa localidade chamada Extrema em Rondônia me despedi das fronteiras rondonienses e o Acre me me recebe de de braços abertos como quem diz, seja bem vindo! Deixei a BR 364 segui pela Rodovia Estadual AC - 474 passei por Acrelândia e logo já estava novamente na Fronteira com a Bolivia em Placido de Castro na primeira cidade fronteiriça do Sudoeste do Acre, lá o limite da Fronteira é apenas uma ponte de madeira sobre o rio Abunã sem nenhuma espécie de controle Aduaneiro, no outro lado, na Bolivia uma pequena vila, " Não existe no Mapa" não consegui identificar o nome do lugar, ruas de terra, e muitas lojas de igual a muitas outras que eu tanto vi nestas fronteira, quincalharia para todos os gostos, também há equipamentos elétricos eletrônicos e automotivos com preços irrisórios, tudo voltado para o consumo dos Brasileiros...o lugar uma pobreza de dar dó...Assim foi meu primeiro encontro com a fronteira Boliviana no Acre.
Depois segui para Epitaciolândia cidade gêmea com Brasileia e as duas fazem fronteira com a Bolivia na cidade de Cobija, capital do Departamento de Pando, esta sim uma grande cidade Boliviana, chega ser Bonita e agradável, comparando-a com as outras cidades fronteiriças da Bolivia, mais bonita inclusive que as vizinhas Brasileiras Brasiléia e Epitaciolândia. Porem antes passei por Capixaba, fronteira seca, uma pequena vila paupérrima, porem muito importante para o registro da Rota das Fronteiras, foi lá que encontrei o Primeiro Marco De Fronteira no Estado do Acre. Neste mesmo trecho passei também por Xapuri, o lugar merece um post só para ele, quando eu tiver tempo eu pósto. De Brasiléa/ Epitaciolândia segui para a Tripice fronteira Brasil - Bolivia - Peru em Assis Brasil, e assim foi que eu conheci toda fronteira do Sudoeste do Acre.

As fotos estão em ordem conforme relato acima.















Ponte que ligam as cidades gêmeas Brasiléia a Epitaciolândia



Nova ponte da fronteira Brasil - Bolivias - Brasiléa / Cobija , esta sim com estrutura Aduaneira completa.



Portal de entrada de Cobija - BO









Pessoal eu gosto de fazer relato detalhado tentando mostrar as particularidade de cada lugar, mas fazer isto durante a viagem é quase impossível,
porem acho que da para ter uma ideia do que é a Rota das Fronteira. Vendo as fotos assim parece que foi fácil chegar até lá...Mas não foi, mais dificil são encontrar os passos de fronteiras não oficiais, que por incrivel que pareça são os que mais me interessam.

Hoje estou em Cruzeiro do Sul , com duas horas a menos de fuso em relação a são Paulo,Extremo do Acre, ontem estive em Mancio Lima o Município de fronteira mais ao Extremo Oeste do Brasil, olhem lá no mapa é lá que eu estou, para chegar aqui foi uma saga, nem sei se algum dia vou conseguir contar!! Estou cada vez mais fascinado pela Rota das Fronteiras.




















avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Qua Maio 17 2017, 22:53

Rota das Fronteiras

Xapuri não é só Chico Mendes, esta cidade teve papel importante nas fronteiras atuais do Brasil.







A Revolução Acreana foi a disputa pelo território do que hoje é o Acre entre Brasil, Bolívia e Peru.
No final do século XIX, a região que hoje conhecemos como estado do Acre passou por momentos de muita instabilidade. Três países tinham interesse no território: Brasil, Bolívia e Peru. O embate entre os três passou para o campo de batalha e gerou um conflito que durou aproximadamente quatro anos.










avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Qua Maio 17 2017, 23:00

Rota das Fronteiras - Em Busca do marco K 0-25


Desde o destacamento Corixó no Mato Grosso e por todo estado do Acre a Fronteira é banhada e demarcada por grandes rios, tais como o Guaporé, Madeira, Abunã, entre outros, mas era sabido por mim que existia um trechinho de Fronteira seca entre o Acre e a Bolivia e é lá que reina o Marco k 0-25. Só que entre saber que existe e encontrar é quase uma saga, as extensões territoriais do Acre são imensas. Eu já tinha desistido voltei para a cidade e enquanto eu abastecia a Moto perguntei ao frentista se ele conhecia o tal lugar, ele disse que não, mas me disse para perguntar na barreira da policia rodoviaria, eles deviam saber, é mesmo, porque não pensei nisto antes?
Acontece que nem eles os rodoviarios sabem onde fica o tal Marco K 0-25 , porem me disseram que havia um lugar em que se chegava por estradas na Bolivia chamado de Vilinha e que talvez fosse lá...Fui, e eis que fui recompensado!!




















avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Sex Maio 19 2017, 20:10

Rota das Fronteiras

A Fronteira mais ocidental do Brasil

Se olharmos o mapa do Acre vamos perceber que a BR 364 corta 80% dos municípios do Acre,
De Rio Branco a Mâncio Lima " A cidade mais ocidental do Brasil" são mais de 800 km praticamente em linha reta pela 364,
A BR-364 é considerada uma das estradas federais que oferecem maior risco à vida dos usuários.
O trecho da rodovia que passa por eternas obras tem 792 km de extensão total dentro do Acre.
Com certeza foi uma das estradas mais perigosas que já passei, o que faz dela tão perigosa é a quantidade de buracos e a falta de acostamento
e por pouco eu não entro no malfadado indice, ao ultrapassar uma carreta o motorista sem perceber que eu estava ao lado, joga a carreta para esquerda tentando escapar de um buraco, para não ser engolido pela carreta me embrenhei no meio no mato e num lance de pura sorte consegui retornar a BR sem cair.
E pela primeira vez o governador do Acre, Tião Viana anunciou oficialmente que a BR-364,
rodovia que liga todas as regiões do Estado, não irá mais ser fechada durante o período do inverno. Eu Duvido!!

Mesmo com todos estes contras, valeu muito a pena ter conhecido aquela vasta e desabitada região,
o povo é receptivo, o calor é sufocante, porem sempre há uma água fresca em qualquer porta que bater,
a paisagem é monótona a quantidade enorme de rios é que dão o toque especial a viagem.
A Viagem foi rendendo e fui passando por Sena Madureira, Manoel Urbano, Feijó, Tarauracá,Rodrigues Alves, Cruzeiro do Sul e finalmente Mâncio Lima, todas as cidades são pequenas no maximo 30.000 habitantes com exceção de Cruzeiro do Sul, não acreditei quando vi o tamanho daquela cidade nos confins do Acre.
Rodei quase dois mil km entre ida e volta até rio Branco, para dizer a verdade a viagem valeu a pena somente pelo registro das Fronteiras e principalmente a de Mâncio Lima a mais ocidental. Tentei agendar uma ida a até a nascente o Rio Moa na Serra do Divisor porem foi tão burocrático que desisti da ideia..Me contentei com uma foto diante da Prefeitura da cidade, só eu sei o que me custou chegar até ali, me sinto recompensado!



Ao longo de 43 anos, a estrada foi sinônimo de problemas durante o inverno Acreano, período de muita chuva. Por conta da geografia local e da falta de infraestrutura, trafegar pela rodovia era impraticável, e, por isso, ela permanecia fechada, ilhando por quase seis meses praticamente a metade do Estado.



O que faz a estrada ainda mais perigosa é a alternância de asfalto perfeito e de repente grandes crateras





















avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Carlos Balio em Sab Maio 20 2017, 10:46

Fabulosa Saga Palmas
Podes continuar Saulo, e obrigado por me fazeres sonhar com uma viagem assim..
Tens toda a razão... O tempo passa, e por vezes sem darmos conta.
avatar
Carlos Balio
Já sai à rua a conduzir.
Já sai à rua a conduzir.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Sab Maio 20 2017, 11:09

@Carlos Balio, Muito obrigado!
A Amazônia é instigante e o melhor ainda esta por vir.
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Sab Maio 20 2017, 11:14

Rota das Fronteiras


Pessoal, conexão com internet aqui pelas bandas do norte de Roraima é quase um luxo, a Trip continua como programado, atravessei o grande rio Madeira, as longínquas savanas Roraimenses, passei pela Venezuela, e estive em Lethen, Guiana Inglesa, hoje retorno a Manaus, deixo a Moto na revisão e tento ir a Tabatinga.



Fronteira Brasil / Venezuela











avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Sab Maio 20 2017, 11:20

Rota das Fronteiras


Estou em Manaus e la se vão os primeiros 10.000 km da quarta etapa da Rota das Fronteiras, enquanto espero ser feita a revisão de 60.000 km vou tentar atualizar o relato da Trip.
Antes disso, se vierem para Manaus confiantes na concessionaria BMW esqueçam!
Apesar deles estarem ao lado da Montadora, não tem peças nenhuma no estoque, é foda!!
A relação da Moto esta no osso, poxa vida, relação é coisa simples! qual moto não esta sempre trocando? pois é, eles não tem relação da Sertão em estoque, pior ainda me disseram que a ultima foi vendida a um mês..E não repuseram o estoque? sacanagem com quem esta numa viagem longa!
O suporte da seta lado esquerdo quebrou, também não tinham para trocar, eles iam ver se encontravam uma, quando eu falei que era na garantia ai é que ela não apareceu mesmo...Pois é mesmo assim deixei lá para fazer a revisão, com a certeza que me entregariam a Moto até as dezoito horas...enquanto eles faziam a revisão fui dar uma volta pela cidade, cheguei lá por volta das 17:30 e a Moto toda desmontada e tiveram a cara de pau de me dizer que a Moto só ficaria pronta no outro dia e o outro dia a concessionaria " Sabado" fecha as doze horas e se não der tempo só na segunda feira....Total desrespeito!

Só que eu não tenho sangue de barata, disse que eles fizessem o que quisessem, mas se eles não me entregassem a Moto naquele dia ainda eles veriam um Motociclista em dia de furia, não me responsabilizaria se eu começasse a quebrar tudo...Foi assim que ficamos todos lá até as oito da noite!

Resumindo, ajudei no que pude, por sorte, pelo menos o mecânico foi dedicado e atencioso, quando terminou a revisão eu já estava cansado e como era tarde dispensei que lavassem a Moto... Fala verdade, Pode estas coisas?

Hoje vou tentar adaptar uma coroa, a corrente e o pinhão estão em excelentes condições, porem a coroa esta uma lamina só, tão afiada que capaz de cortar a mão só de encostar! falei em adaptar porque não encontrei o kit completo.. Vou comprar uma coroa Rifel, levar num torneiro para ajustar na medida do cubo e refazer a furação... Vou ver no que dá e seguir!

Todo este atraso porque a porra da concessionaria não tem em seu estoque um item básico, a relação!! Desculpem o palavrão, mas eu tenho que dizer, é foda!
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Sab Maio 20 2017, 11:22

Rota das Fronteiras


Eu estava no hotel em Rio Branco - AC e as seis da manhã liguei para o operador dos barcos em Porto Velho, ele me disse que o barco sairia as 14 h daquele mesmo dia e a próxima só dali a três dias, de rio Branco a Porto Velho são 520 km, Pensei comigo, da tempo! e fui! Só que eu tinha me esquecido do fuso, Porto Velho esta uma hora adiantado em relação a Rio Branco, puts sete hora para arrumar a tralhas e seguir para Porto Velho, mesmo alguns trechos da estrada estando ruim acreditava que daria tempo e acelerei sem dó....Outro atraso, cheguei na balsa do rio Madeira estavam trocando o rebocador, mais uma hora perdida, eu fulo da vida, se eu perdesse aquele barco teria que ficar três dia em Porto Velho...Toda vez que me lembrava disso acelerava ainda mais!! Cheguei em Porto Velho em cima da Hora, fui direto ao que eles chamam de Porto, por sorte o Barco estava lá ainda.
avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Sab Maio 20 2017, 11:31

Rota das Fronteiras


O valor da minha passagem poderia ter saindo mais barato porem acho que perceberam minha pressa, de setecentos acabou saindo por 500 para mim e para Moto, com todas as refeições inclusas, teria apenas que comprar uma rede e esperar o barco carregar e pronto, partir para Manaus...Chegava um caminhão de bananas descarregavam para dentro do barco e eu pensava, agora vamos partir, e assim foi mais três caminhões de bananas até que eu pudesse embarcar a Moto.

Já viajei de Barcos, muitas outras vezes, inclusive aqui pelo Amazonas, sempre muito sossegado, só que não aconteceu o mesmo desta vez, pelo menos no primeiro dia não! Acontece que a ganancia dos donos dos barcos aqui é sem limites, sabidamente o barco estava sobrecarregado, o pior ainda é que a Marinha faz de conta que vistoria...Fiquei preocupado, na hora da vistoria da Marinha perguntei se meu nome estava na lista de passageiros, não estava! nem o meu e de muitos outros, eu insisti para que colocassem meu nome lá, os outros passageiros, principalmente para os nativos da região, dão a minima para segurança. Partimos a Seis da Tarde com quatro horas de atraso!







Cozinha do Barco / Em alguns momento eu mesmo preferi preparar me peixe.

Logo que entrou a noite percebi um bouburinho, fui ver o que era, demos conta que o barco estava fazendo água pelo motivo de excesso de gargas, aquilo me deixou em pânico, agarrei meu salva vidas e atei forte, imaginei que o barco ia afundar! fui acalmado pelos tripulantes que disseram que era normal, eu sabia que não era normal, mas fazer o que? só que o pior estava por vir, de madrugada escuto um estrondo de madeira quebrando, pulei feito serelepe da minha rede e corri lá para cima ver o que acontecia, todas as luzes do barco apagadas, percebi que o barco tentava ancorar na beira de um barranco, eu o único passageiro acordado!! confesso meus joelhos tremiam sem controles, eu já quase morri afogado, tenho pânico de águas... Mais uma vez fui ver com o comandante o que acontecia, ele disse que estavam tentando ancorar o barco e iam com uma lancha rápida analisar a profundidade do rio, sabem como é feito isto? da maneira mais moderna que há...pegam a lancha e com um varão vão medindo a profundidade do rio e vão mapeando com boias acesas assim o pratico pode seguir...Tudo isto em plena madrugada... Enfim duas horas depois conseguimos passar por aquele banco de areia... foi assim o que chamei de noite do pânico! no primeiro porto que passamos em Humaitá, eles percebendo que o barco realmente estava com sobrepeso, repassaram para outro barco duas mil caixas de cervejas, e assim seguimos um pouco mais tranquilos, depois do segundo dia abandonei o salva vidas, percebi que apesar da irresponsabilidade dos donos do barco, o comandante era competente, então só ai relaxei!




Durante a viagem, 5 dias pelo rio Madeira eu mesmo preferi preparar meu peixe assado.



Enfim com trinta horas de atraso chegamos em Manaus, as mercadorias do barco só iriam comecar a descarregar no dia seguinte, eu perturbado com o atraso, por trinta reais consegui ajuda para retirar a moto do barco...Menos de uma hora depois eu já estava na BR 174 com destino a Boa Vista...Como é bom rodar de Moto, este vento no rosto não o que pague!!

avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Saulo wds em Dom Maio 21 2017, 12:05

Rota das Fronteiras


Oiapoque


Para mim hoje é dia de comemoração!!
Estou em Oiapoque - AP, é aqui depois de passar por 95% das cidades de Fronteira do Brasil que eu encerro o que chamei de Rota Das Fronteiras.
Pernoitei num hotel que fica bem enfrente ao rio Oiapoque e da janela vejo toda fronteira da Guiana Francesa. Para mim este momento tem sabor especial,
a sensação de sonhar e poder realizar um sonho é indescritivel! Porem não pensem que foram apenas flores, Ontem faltando alguns kms para chegar no Oiapoque tomei um chão de abalar as estruturas, meu pé ficou preso embaixo da Moto e ninguém para me ajudar a tirar a perna de lá, a principio pensei que havia quebrado a perna, de tanto que doía, depois de alguns segundos percebi que já não doía tanto e consegui forçar a Moto para cima até tirar minha perna lá de baixo, foi tenso!! Porem nada grave, nem comigo nem com a Moto...E assim cheguei no Oiapoque.

Talvez hoje eu inicie meu caminho de volta, só que agora não mais pela Rota das Fronteiras. Agora é Riscando o Mapa!











avatar
Saulo wds
Zero à direita
Zero à direita


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil - Rota das Fronteiras / Uma Saga pela Amazônia

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum